59 coisas que aprendi viajando pelo mundo

Viajar é mesmo uma das melhores formas de aprender sobre os mais diversos assuntos. Em uma viagem, conseguimos entender diferenças, crenças e até nos conhecer melhor. Fizemos uma lista com 59 coisas que aprendemos viajando, mas queremos saber de você. O que você já aprendeu rodando o mundo? Veja a nossa lista e conte pra gente:

EU APRENDI VIAJANDO QUE..

1. Avião é muito mais apertado do que ônibus.

2. Dependendo do ponto de vista, 3h num avião é um voo bem curto.

3. Ter um milhão no dinheiro de alguns países pode não significar tanta coisa. Na Indonésia, por exemplo, IDR 1 milhão é cerca de US$ 75,00.

Aprendi Viajando (Foto: Esse Mundo é Nosso)

4. O Wi-fi é, às vezes, mais importante do que a cama em um hotel.

5. Existe muita gente parecida comigo no mundo.

O que aprendi viajando (Foto: Reprodução)

6. Tem também muita gente bem diferente.

7. Tem muita gente rica por aí e muita gente pobre também.

8. Gente do bem dá para entender pelo olhar. Nem precisamos falar a mesma língua.

9. Gente mal educada existe em todo lugar.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

10. Todos os países têm seus problemas.

11. O metrô é sempre cheio nos horários de pico em quase todas as grandes cidades.

12. O metrô de São Paulo é muito limpo.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

13. Ouvir rádio local e ler as capas dos jornais na banca me fazem entender um pouco mais do lugar.

14. Em praticamente todos os cantos o Brasil é amado.

15. Os brasileiros sabem dar beijos e abraços sinceros como poucas pessoas no mundo.

16. Brasileiro é muito fácil de ser confundido com qualquer outro estrangeiro.

17. Amo a Língua Portuguesa, mas bem que eu queria ter nascido falando inglês.

O que aprendi viajando (Foto: Reprodução)

Foto: Reprodução/YouTube

18. Higiene é uma coisa muito particular em cada cultura.

19. Coxinha e pão de queijo fazem muita falta no lanchinho da tarde.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

20. O pão francês brasileiro é incrivelmente bom.

21. Nada substitui nosso arroz e feijão. Ahh, e o nosso tempero também… Aquele cheirinho do arroz sendo feito.

22. Água tem sabor e em cada lugar é diferente.

23. Roupa é algo muito particular em cada cultura.

24. Mapas são muito importantes para nos entendermos.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

25. O mundo ama a música brasileira, mesmo o Brasil ignorando a música de quase toda a América Latina por exemplo.

26. Música é uma das melhores companheiras de viagens.

27. Eu preciso levar sempre meus fones de ouvido nas viagens.

28. Muitos países amam as músicas do Roberto Carlos.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

29. O peso da mala de ida diminui com o grande número de viagens.

30. O peso da mala continua grande na volta de muitas viagens.

31. Eu não posso comprar lembrancinhas pra todo mundo toda vez que viajo.

32. É muito chato fazer encomendas difíceis para quem vai viajar.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

33. Eu odeio o IOF.

34. Eu tento entender o mercado financeiro para comprar dólar, mas nunca dá certo.

35. Um banho faz toda diferença depois de horas num avião.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

36. Esquerda quase sempre significa água quente num chuveiro de hotel.

37. A mochila fica cada vez mais pesada com tanta câmera, celular, carregador, computador…

38. O respeito está acima de qualquer crença, política ou paixão.

39. Nossa história é importante pra nós, mas que somos só mais um na multidão.

40. Ainda perguntam sobre Carnaval, mas não fazem ideia do que seja um trio elétrico.

41. O McDonalds, o Subway ou o Burger King podem realmente salvar em um momento de desespero gastronômico.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

42. O Rio de Janeiro é mesmo uma das cidades mais lindas do mundo.

43. O Brasil não sabe investir em turismo.

44. São Paulo pode ter todos os defeitos, mas não deixa tanto a desejar perto das grandes cidades do mundo.

45. A chave magnética do hotel sempre vai dar problema em algum momento e não vou conseguir abrir a porta do meu quarto.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

46. A minha cama é maravilhosa.

47. A TV não faz a menor diferença num quarto de hotel.

48. O protetor solar é um item indispensável.

49. Nem tudo no freeshop é mais barato.

50. Existe muito chocolate bom neste mundo.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

51. Tudo pode ser estranho num país, mas quase sempre vai ter uma coca cola para tomar.

52. O corredor no avião é muito melhor do que a janela em voos longos.

53. Os comissários de bordo brasileiros são muito mais simpáticos e educados do que em boa parte do mundo.

54. A descarga do avião vai fazer um barulho alto e eu não vou mais me assustar.

O que aprendi viajando (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

55. O mundo é muito mais bonito do que eu imaginava.

56. O Silvio Santos não passa de um senhorzinho simpático fora do Brasil.

O que aprendi viajando (Foto: Divulgação/SBT)

57. Existem pessoas muito interessantes em todo lugar.

58. Enquanto estamos aqui o mundo continua girando e as coisas acontecendo.

59. Uma vida só é muito pouco para conhecer tantos lugares no mundo.

+ Por que quando eu viajo volto amando ainda mais o Brasil?
+ Como passei a comprar menos pra viajar mais: existe segredo?
+ Podem tirar tudo de mim, menos as viagens que eu fiz

Booking.com

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

9 Comments

  1. Daniel Kmargo disse:

    Em Istambul, alguns vendedores no Grand Bazar me olhavam e tinham certeza que eu era brasileiro sabe por que ? todos diziam que pelo sorriso … diziam que o unico povo que anda sorrindo e brincando é Brasileiro, fiz muita amizade por lá ! O comentario do Murilo é a pura verdade !
    Otimo Post !!!

  2. Cristina disse:

    Concordo com quase tudo que você escreveu… viajando e aprendendo né?

  3. Murilo Pagani disse:

    60- Que sorrir é a melhor maneira de começar qualquer conversa (em qualquer lugar do mundo)!

    Adorei o post!

    abraço,
    Murilo

  4. Clever disse:

    Sílvio Santos é muito mais que um velhinho gente boa uhaeuhaeu

  5. Jessica Silva disse:

    Sobre a 41: MC com maquina para autoatendimento é uma benção, tem foto vc não sente a pressão do atendente melhor invenção HUSAHUSHUAHSUAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *