Bebê deixa bilhete pra passageiros: ´Desculpe o barulho, é meu 1º voo´

Existem algumas atitudes bem simples, mas que fazem toda a diferença. Como essa história que conto abaixo, de um voo que peguei no qual um bebê “escreveu” um bilhetinho e deixou chocolates para os demais passageiros do avião.

Eu era um deles, estava quatro fileiras atrás do bebezinho e fiquei totalmente surpreso com a situação. Depois disso, não consegui tirar os olhos dessa fofura durante toda a viagem…

O BEBÊ QUE DEIXOU UM BILHETINHO PROS OUTROS PASSAGEIROS

O Liam tinha apenas sete meses e surpreendeu a todos num voo entre Viena e Berlim. Sua família foi a primeira a entrar no avião. Quando os demais passageiros embarcaram, eles já estavam lá e tinham deixado nos assentos vizinhos um bilhetinho “escrito” pelo bebê, chocolates e protetores auriculares.

Bebê escreve bilhete para passageiros de avião

Foto: Esse Mundo É Nosso

Na cartinha, Liam contava que aquele era o primeiro voo de sua vida e que, como ele estava muito animado com isso, poderia incomodar um pouco, mesmo com todo esforço dos pais. Para amenizar, ele estava presenteando os vizinhos com chocolates e protetores de ouvido. Não é muita fofura pra um voo só?

Abaixo, a tradução livre da cartinha:

Queridos companheiros de viagem,

Deixe eu me apresentar:
Meu nome é Liam e eu tenho apenas pouco mais de sete meses de vida. Esse é meu primeiro voo, então, naturalmente, eu estou super animado! Assim, apesar do esforço dos meus pais para me deixar bem, eu posso fazer um pouco de barulho de vez em quando.
Eu gentilmente peço que você ignore isso. Para o seu conforto, eu preparei alguns chocolates e, para o conforto dos seus ouvidos, alguns protetores auriculares.

Desejo um bom e (tomara) silencioso voo.

Liam.

Bebê escreve bilhete para passageiros de avião (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Foto: Esse Mundo É Nosso

O Liam é tão esperto que além de inglês, no verso do bilhete tinha a versão em alemão, afinal o voo ia da Áustria para a Alemanha, dois países que falam o idioma.

Bebê deixa bilhete para outros passageiros (Foto via Shutterstock)

Por privacidade, não tirei foto do Liam, mas ele estava animado assim (Foto via Shutterstock)

Confesso que tem vezes que a gente entra cansado num avião, só querendo silêncio pra dormir e que o choro de um bebezinho acaba atrapalhando. Sei que esses pequenos sofrem com dor de ouvido e outros incômodos, mas não posso falar que não percebo o barulho.

Quando contei essa história no dia do voo, teve gente que falou que os pais do Liam não tinham obrigação de fazer isso, que é algo natural de uma criança dessa idade… eu concordo, mas foi uma atitude que arrancou suspiros do avião todo. É como a leitora Débora Valença comentou quando divulgamos esse post no Facebook: “Obrigação não é, mas gentileza é sempre bem-vinda. Emocionou”.

+ 10 dicas pra viajar com crianças pequenas de avião
+ Aos 89 anos, vovó russa viaja pelo mundo sozinha

Booking.com

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 10 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

4 Comments

    • Angela disse:

      A demonstração de respeito ao próximo, mesmo sem ter a obrigação de justificar. Trata-se de um ser inocente que chegou ao mundo conhecendo os valores e princípios do que realmente é se tornar um cidadão de bem. Parabéns papai e mamãe! E para vc pequeno Liam, continue assim espalhando amor ao próximo.

  1. Marcelo Lemos disse:

    Que coisa mais fofa!
    Atitudes como esta restauram a minha fé na humanidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *