Dicas da Cidade do México: Quando ir, o que fazer, onde ficar…

Muitas vezes ofuscada pela beleza do Caribe Mexicano, a Cidade do México, uma das maiores metrópoles do mundo, guarda segredos que fazem uma viagem só pra lá já valer muito a pena.

A megalópole respira até hoje a história e a cultura dos povos pré-hispânicos, tem uma vida noturna agitada, opções gastronômicas de dar água na boca, feirinhas e mercados, parques de encher os olhos e atrações excelentes também em seus arredores, como as incríveis Pirâmides de Teotihuacan. Some a isso preços baixos e uma das maiores malhas de metrô das Américas, o que facilita a vida dos turistas. Seja bem-vindo(a)!

 

DICAS DA CIDADE DO MÉXICO

 

QUANDO IR

Cidade do México

O clima é praticamente constante e ameno o ano todo. De maio a outubro, no verão, faz mais calor e as chuvas são abundantes, porém em períodos isolados do dia. Já de novembro a abril, o outono-inverno tem clima mais friozinho, podendo ter temperaturas perto de zero pela manhã. Nessa época o tempo seco prejudica os índices de poluição.

ONDE FICAR

Cidade do México

Os melhores bairros estão na região chamada de Zona Rosa, epicentro do agito com acesso fácil ao metrô. Entre eles La Condesa, La Roma e arredores do Parque Chapultepec. No Centro Histórico há boas opções, mas a noite fica comprometida. Polanco é o bairro da moda, mas é mais residencial e longe do metrô (veja hotéis com desconto).

DINHEIRO

Cidade do México

A moeda é o Peso Mexicano e o melhor é levar dólares americanos. Casas de câmbio podem ser encontradas na Zona Rosa e em alguns lugares do Centro Histórico. Já o real, embora possa ser trocado, tem cotação ruim. Se preferir sacar, caixas eletrônicos são abundantes. Os preços são baixos. Para se ter uma ideia, o metrô custa 5 pesos (US$0.35).

Vai viajar pro México? Encontre o melhor preço no Seguro Viagem

 

Cidade do México

+ Como ir do aeroporto da Cidade do México ao centro

+ Dica de hotel: Room Mate Valentina 

+ Pirâmides de Teotihuacan: Tour pelas ruínas

+ Tour pelo Centro Histórico da Cidade do México

+ Luta Livre: Uma atração super divertida

+ Mirador Torre Latino: A Cidade do México vista de cima

+ Taxback: Como economizar em suas compras

+ Visita à Basília de Nossa Senhora de Guadalupe

+ Conhecendo o Paseo La Reforma e o Bosque Chapultepec

+ San Ángel: Um desconhecido e charmoso bairro

+ 6 coisas para você se sentir num episódio de Chaves no México

 

Booking.com

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 10 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

3 Comments

  1. Orenícia Alves Corrêa disse:

    Muito boas informações pretendo ir em abril por 2 semanas.

  2. Benrique disse:

    Depois de ver muitos relatos positivos e bons preços das passagens aéreas, decidimos ir a Cidade do México. Ainda tivemos a ousadia de fazer um “puxadinho” – vôo interno para Cancun, com cia mexicana. A experiência é sensacional e cabe com folga no orçamento.
    Contei num breve relato no meu blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *