O que fazer em Olinda: História, cultura e gastronomia

Se você gosta de cidades histórias, vai se apaixonar por Olinda. A menos de 10Km de Recife, é um dos patrimônios mais bem conservados do Brasil, um prato cheio para quem busca história, cultura e gastronomia.

Fundada em 1535 e com cerca de 400 mil habitantes, Olinda tem em seu centro histórico um casario da época colonial, além de igrejas, ateliês e muitos restaurantes.

O QUE FAZER EM OLINDA

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A principal atividade para quem visita a cidade não exige guia nem muito conhecimento da área, já que a melhor experiência é perder-se pelas ladeiras admirando suas casas coloridas e ruas de pedra. O bacana é que você pode fazer tudo a pé, sem estresse.

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A herança portuguesa e o domínio holandês por mais de duas décadas deixaram suas marcas naquela que foi a primeira capital de Pernambuco, hoje Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Assim como outras cidades histórias, como Tiradentes e Ouro Preto, as igrejas são uma das grandes atrações de Olinda.  As mais bonitas e que valem a visita são a do Carmo (Praça do Carmo), Mosteiro de São Bento (Rua de São Bento s/n) e a Igreja da Sé (do Salvador, que fica no Alto da Sé) .

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O Alto da Sé é um dos lugares que eu mais gostei. A grande área plana numa das partes mais altas da cidade proporciona uma vista linda.

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Além de uma feirinha com comidinhas típicas, lojas e bons restaurantes, a atração mais legal ali é visitar o Elevador Panorâmico e Mirante da Caixa d’Água. A entrada é cobrada (R$6 em 2015) e o que se vê lá de cima é pra contemplar por muito tempo: uma visão privilegiada do sítio arqueológico e do mar colorido de Pernambuco.

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Aproveite para fazer uma pausa na caminhada para almoçar em um bom restaurante. São muitas as opções e já fizemos uma lista com alguns que indicamos na cidade.

Na hora das compras das lembrancinhas ou artesanato local, vale visitar o Mercado de Artesanato do Alto da Sé e um mercado escondidinho que é ótimo para souvernirs, o Mercado da Ribeira (Rua São Bento), local usado para venda de escravos antigamente e que tem um simpático pátio rodeado por lojinhas.

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Já no Largo do Varadouro fica o lindo Mercado Eufrásio Barbosa, do século XVII, onde funciona um teatro e centro folclórico. É um bom local para conhecer os famosos bonecos de Olinda se sua visita acontecer fora da época do Carnaval.

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Uma sugestão caso você queira fugir da muvuca da folia, mas mesmo assim sentir o clima do frevo nas ladeiras de Olinda, é visitar a cidade algumas semanas antes do Carnaval. Fomos duas semanas antes da data e todos os fins de tarde e durante as noites as ruas eram tomadas por bloquinhos ao som do ritmo pernambucano, incluindo a participação dos “bonecões”.

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Durante o ano todo, na agremiação Pitombeira dos Quatro Cantos (Rua 27 de Janeiro), que mais tem cara de barzinho, dá pra se divertir com o frevo.

O que fazer em Olinda (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Os museus mais famosos da cidade são o Museu de Arte Sacra, o Museu do Mamulengo e o Regional de Olinda.

Agora se você vai a Olinda esperando curtir a praia, infelizmente a orla da cidade não é muito propícia ao banho de mar. As principais são as urbanas Carmo, Bairro Novo e Rio Doce. Mais afastadas, e com melhor balneabilidade, estão Casa Caiada e Maria Farinha.

 

QUANDO IR

O tempo mais seco vai de setembro a março. Já durante o inverno, principalmente em junho e julho, é a época que mais chove. Os dias de Carnaval são os mais concorridos e também os mais caros.

COMO CHEGAR

Olinda está a apenas 6Km de Recife e a 12Km do aeroporto da cidade vizinha. O acesso de outras capitais do Nordeste se dá pela BR101, seguindo depois pela Av. Agamenon Magalhães, entre Recife e Olinda.

ONDE FICAR

Sem dúvida o melhor lugar para se hospedar é num dos vários hotéis ou pousadas do Centro Histórico. Se preferir, é fácil fazer um bate-volta a partir de Recife (confira dica de hospedagem em Olinda).

 

 Veja também

+ Onde se hospedar em Olinda

+ Dicas de restaurantes na cidade

+ Praia de Boa Viagem em Recife

+ Dica de hotel na capital pernambucana

+ Roteiro a pé pelo Centro de Recife

 

Booking.com

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 10 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

4 Comments

  1. Mantissa disse:

    Maria farinha não ficA em Olinda é sim na cidade do Paulista, um pouco distante, visitem o pontal de Maria farinha não muito propício para banho mas muito bonito!

  2. Webmaster disse:

    Carnaval em Olinda, dizem que é um dos melhores. Muitas ladeiras e animação. É uma festa popular com grande participação popular. Belo artigo.

  3. Com certeza, Fer. É um lugar lindo! Bóra comprar a passagem rs
    bjos

  4. Tenho certeza que vou AMAR Olinda!!! Agora só falta comprar a passagem hahahaha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *