Como é voar TAM para Assunção, no Paraguai

A TAM tem voos diários entre São Paulo e Assunção, no Paraguai, com conexões para as demais cidades da malha. Embora o trecho seja operado pelos A320 (os mesmos utilizados nas rotas domésticas), existem algumas particularidades.

Os preços são razoavelmente baixos por ser uma viagem internacional e a possibilidade de resgate promocional com milhas reduzidas pode ser um convite a conhecer a capital do país vizinho.

De olho em uma dessas promoções, voamos para Assunção no feriado de 9 de julho e contamos aqui como foi nossa experiência a bordo.

Como é voar TAM para Assunção (Foto: Esse Mundo É Nosso)

COMO É VOAR TAM PARA ASSUNÇÃO

Os voos são operados pela TAM Mercosul, subsidiária da TAM criada após a aquisição da paraguaia Lapsa e com sede no país. À primeira vista, é a mesma empresa, mas logo você perceberá que na realidade é como se você estivesse voando mesmo em uma companhia do Paraguai.

CHECK-IN

O check-in em Cumbica (Guarulhos) foi o mais tumultuado. A fila única para todos os voos internacionais em plena véspera de feriado foi um pouco confusa e dava voltas. Eram exigidos que todos os procedimentos fossem feitos por meio eletrônico (seja pela internet ou totem) e apenas o despacho de bagagem acontecia no balcão. Cada passageiro tinha direito a uma franquia de até 23Kg de bagagem despachada tanto na ida como na volta. Já o check-in em Assunção foi bastante tranquilo e feito pessoalmente no balcão.

O AVIÃO

Os A320 tinham uma configuração diferente dos utilizados nos trechos domésticos do Brasil. Havia uma pequena e simples classe executiva. Já o espaço entre as poltronas era o mesmo, mas suficiente para um voo curto.

Como é voar TAM para Assunção (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O VOO

Os comissários não eram brasileiros e a principal língua falada era o espanhol, assim como em todos os anúncios. Mas havia tradução para inglês e português. Os voos duraram apenas 1h40 minutos e foram tranquilos. Houve um atraso de mais de 30 minutos para decolar de São Paulo. Segundo o comandante, uma mala havia sido embarcada por engano e foi preciso abrir o bagageiro para retirá-la. A volta foi pontual.

SERVIÇO DE BORDO

Para um voo de menos de 2h, achei o serviço de bordo razoável. Embora a comida fosse apenas um sanduíche frio e um bolo de sobremesa, havia cerveja e vinho, além de refrigerantes e sucos. Após a refeição, os comissários passaram com um catálogo de produtos duty free vendidos a bordo.

Como é voar TAM para Assunção (Foto: Esse Mundo É Nosso)Como é voar TAM para Assunção (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

 

 

 

 

 

ENTRETENIMENTO

O entretenimento a bordo foi o mesmo dos voos realizados dentro do Brasil. Havia a revista TAM Nas Nuvens (e outras duas revistas, uma paraguaia e uma Red Report). Foram distribuídos fones de ouvidos para o sistema de rádios nas poltronas e os “programetes” exibidos nas TV’s comuns.

CONCLUSÃO

Foi um voo dentro dos padrões TAM dentro do Brasil, com a diferença do idioma dos comissários, serviço de bordo e a classe executiva.

+ Veja dicas do Paraguai

 

 

Booking.com

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 10 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. Ric Cardoso disse:

    Também fui a Asunción no feriado de 9 de julho. Fui para estudar um pouco de Guarani. Só que voei Gol, saca só:
    http://vagabundoprofissional.com/2013/07/11/impre

  2. danipolis disse:

    Oi Rafa!
    Depois do vôo da gol pra Buenos Aires na hora do almoço, que me serviram apenas um lanche de atum e um suco de laranja quente, isso da Tam é um banquete!
    Adorei o post 😀
    Beijos!

  3. Rapidíssimo esse voo, Rafa! Me animei, hein? Vi tuas fotos no insta… Achei simpático. Quero ver os posts 🙂

    • Oi Rapha,
      foi muito legal, nos surpreendemos muito. A cidade é moderna, organizada e bonitinha, com excelente opções de comida e bares. Só próximo da rodoviária é que você vai se lembrar que está no "Paraguai das muambas". No mais é uma surpresa!
      Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *