Cearense mostra lado de Paris sem charme algum e faz sucesso na web

O jovem cearense Max Petterson ganhou fama na internet essa semana ao gravar um vídeo que mostra um lado de Paris sem charme algum. Ele, que atualmente mora na capital francesa, publicou em sua página um vídeo no qual aconselha seus amigos a não viajarem pra Europa no verão.

O motivo? Segundo ele, nos meses de junho, julho e agosto, o calor é “da mulesta, é um negócio pra lhe matar”. “As coisas são quentes, as ruas são quentes, os ônibus não abrem janela”, completa.

Cearense mostra a Paris sem Charme

Mas o pior mesmo, segundo Max, fica por conta de quando as pessoas estão juntas. “Quando você chega num lugar que tem ar-condicionado, está lá todo mundo concentrado. E o povo concentrado, o povo fede, porque a maioria fede. Aí fica o quê? Uma concentração de catinga, uma catinga refrigeralizada“, brinca ele.

Confira o vídeo divertido que está fazendo sucesso e já tem mais de um milhão de visualizações.

 

Sobre o verão em Paris…

Posted by Max Petterson Monteiro on Monday, June 19, 2017

+ Piloto de avião brasileiro arranca suspiros na web
+ Aos 89 anos, vovó russa viaja o mundo sozinha
+ Dicas pra você curtir o melhor da capital francesa

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

5 Comments

  1. DA SILVA disse:

    MARIEBK, Sou Cearense matuto, filho de pai e mãe agricultores, nascido em casa. Hoje trabalho viajando o mundo. 57 países visitados, muito aprendí e muito ensinei. Ainda assim, concordo que Paris não é só luxo e muita gente de lá fede mesmo! Tu quer se passar de chique e viajada e na vdd ta passando é vergonha com um comentário desse tipo.

  2. Franciele disse:

    Nossa, que comentário maldoso e cheio de preconceitos o do amigo a cima(MARIEBK), essa foi a opinião do cara a respeito da experiência de sua viagem, mas você além de tudo foi muito boçal, muito ignorante e muito infeliz em seu comentário! Beleza o cara não curtiu, achou fedorento, mas olha o que você falou bicho, e aí aí? O sujo falando do mal lavado.

  3. ka disse:

    Credo, esse povo acima não tem um pingo de senso de humor… isso é falta de sexo…

  4. mariebk disse:

    Meu caro Max acho que antes de vc viajar para Paris como diz e nao para a Franca prmeiro acoselho vc a viajar pela sua cidade depois que vc viajar muito pela sua cidade vc parte para viajar por outas cidades e municipios dento do seu proprio estado quando tiver viajado muito mesmo so entao vc parte para viajar por outros estados Brasileiros. E ai quando vc aprender o que significa viajar de verdade vc comeca a fazer viajens pela America latina. So no dia e ano em que vc estiver extremamente preparado vc podera ir para Paris como diz. Matuto do interior do Ceara me descupe mais nao pode ir a Paris. Lugares chiques mundo afora nao sao para ser frequentados por matutos que nao foram nem sequer na esquina em seu estado. Aprenda primeiro a viajar!!! vc sabia que existem cursos para pessoas que vao viajar e nao sabem como nem como se comportar? Vc sabia que tem determinados paises que se vc for pego falando mal do pais pode ir preso? Na praca Tiananmen na China onde estive (felizmente eu sou uma pessoa muito viajada) eles tem espioes a paisana que ficam caminhando e escutando as pessoas falarem para ver se derrepente estao falando mal do pais e se te pegarem falando mal vc sera preso enquadrado e podera pegar alguns anos de cadeia. Vai falar mal do seu estado primeiro para depois vir falar mal de Paris.

  5. Maria Elicéia Albano disse:

    Sobre o povo “fedorento” não é só em Paris e nem no verão, pq eu fui para Londres na primavera, e povo fede demais, dentro do metrô, é insuportável, minha filha tava morando lá, participando do projeto ciências sem fronteiras e eu fui visitá-la, no prédio onde ela morava, o banheiro era dividido para 10 pessoas, logo q ela chegou, ela acordou muito cedo para tomar banho, achando q ia formar uma fila de gente na porta do banheiro, e a noite tb, mais para surpresa dela, ela nunca encontrou ninguém indo tomar banho, até q um dia uma das meninas perguntou se ela tinha algum problema de pele, ela perguntou pq, a menina respondeu pq vc toma banho todos os dias, 2 vezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *