Estátua da Liberdade: Diferenças entre tour pago e grátis

Um dos maiores símbolos dos Estados Unidos e de Nova York é a Estátua da Liberdade. Mas engana-se quem pensa que dá para vê-la de vários pontos da cidade, para conseguir ver de perto o monumento é necessário pegar um barco e há duas opções de passeio para isso. Um, que é pago, e o outro, de graça. Veja as diferenças

TOUR PAGO

Vamos começar falando do passeio pago. Com ingressos custando US$ 18 para adultos, já incluindo o áudio tour, o passeio começa no Battery Park (Nova York) em uma balsa que atravessa o rio rumo à estátua. Como fui no auge do verão, a fila estava bem grande. Mesmo assim, não demora tanto porque há muitos lugares na balsa, que saem a cada 30 minutos. Há também a possibilidade de embarcar no Liberty State Park, em New Jersey.

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A dica é ir antes das 11h da manhã para evitar filas grandes e conseguir visitar a ilha da Liberdade e ilha Ellis. Como fui depois das 14h, quando também está mais vazio, só pude visitar a Ilha da Liberdade, já que a partir deste horário eles limitam a visita a esta ilha.

É na Ellis Island que está o Museu da Imigração, foi por ali que milhões de estrangeiros entraram nos Estados Unidos.

Durante a travessia até a Liberty Island já é possível tirar boas fotos da estátua e vê-la de frente e de costas. De lá, também vale a pena a vista que se tem de Nova York. Dá para tirar boas fotos.

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

É possível ainda subir até a Coroa, mas a maioria que já foi diz que não vale a pena. Além de ter que pagar a mais pelo ingresso, as reservas são bem limitadas.

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Estatua08

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Nós fizemos o tour utilizando nosso City Pass, que inclui a visita à Estátua da Liberdade.

+ Veja como comprar o City Pass
+ Saiba como comprar o ingresso para a Estátua da Liberdade

 

TOUR GRÁTIS

Agora que já falamos do tour pago, vamos falar do grátis. Há uma balsa que sai bem perto do Battery Park em direção a Staten Island. Não há ingressos para usar este meio de transporte, ele é totalmente gratuito e sai a cada meia hora.

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

No caminho, que dura cerca de 25 minutos, é possível ver a Estátua da Liberdade relativamente perto e tirar boas fotos também dos prédios de Nova York. Entretanto, a balsa não para na Liberty Island. Então, o turista tem que contentar em ver a estátua apenas pela balsa.

Um ponto positivo é que a balsa possui uma parte aberta. Então, dá para tirar algumas fotos sem os vidros. Outra dica é já pegar a balsa de volta assim que chegar à ilha para não ter que ficar meia hora esperando pela próxima.

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Estátua da Liberdade (Foto: Esse Mundo é Nosso)

estações de metrô que estão localizadas bem perto de onde saem as duas balsas, a grátis e a paga.

 

QUAL VALE MAIS A PENA?

Nós já fizemos os dois passeios. Se você realmente precisa economizar, pegue pelo menos a balsa grátis, mas nós preferimos o tour pago. Embora as pessoas falem que não vale a pena, foi muito bom poder parar na Liberty Island e ver a Estátua da Liberdade bem de perto. Além das fotos que tiramos de Nova York a partir da ilha.

+ Confira todas as dicas de Nova York
+ Conheça o novo World Trade Center
+ Top of The Rock e a linda vista de Nova York

ESTÁTUA DA LIBERDADE

Balsa paga – Sai do Battery Park
Balsa grátis –  Sai do terminal próximo ao Battery Park rumo a Staten Island

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

2 Comments

  1. Lulu Freitas | Let's Fly Away disse:

    Eu já fiz duas vezes o tour gratuito, pegando só a balsa. Para valer a pena o tempo tem que estar com boa visibilidade, caso contrário não dá para ver muito bem a estátua. Foi exatamente o que aconteceu uma das vezes comigo.
    Parabéns pelo post! Agora fiiquei com vontade de fazer o tour pago rsrs

    • Oi, Lulu!

      Muito obrigado pelo comentário!

      Então, eu achava que não ia gostar do tour pago, que não valeria a pena. Mas gostei bastante, deu para ver bem a estátua e não demorei muito lá. No total, devo ter gastado umas 2h desde a espera da embarcação até a chegada na cidade novamente.

      Depois me conta se você fizer o pago também!

      Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *