Limite de compras em free shop vai dobrar nos aeroportos

Quem já viajou para o exterior já está acostumado com o limite de compras no free shop de 500 dólares, o que muitas vezes impede que existam produtos mais caros, como celulares, nas lojas nos aeroportos do Brasil.

O governo anunciou nesta quinta (10) que o limite deve dobrar e passar para mil dólares em compras no duty free. O pedido foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro ao ministro Paulo Guedes e deve entrar em vigor nos próximos dias, conforme noticiou o Estadão.

Limite de compras em free shop vai dobrar (Foto: Divulgação)
Divulgação/Dufry Brasil

O limite de compras no Paraguai e em free shops de outras fronteiras terrestres também deve subir dos atuais 300 para 500 dólares.

+ É verdade? Desconto da Latam em caso de morte de familiares
+ Veja países pra você viajar sem passaporte; só com RG

A alteração, entretanto, só deve valer para compras em free shops e não para produtos trazidos na bagagem, que continuam em limitados em 500 dólares para via aérea e 300 dólares para terrestre. A mudança nesse caso precisaria de um acordo entre os membros do Mercosul.

LIMITE DE COMPRAS NO FREE SHOP

A cota de 500 dólares em compras para quem desembarca nos aeroportos brasileiros estava em vigor desde 1991 e a ampliação do valor era uma antiga solicitação. Agora deve passar para mil dólares.

Segundo a Associação Nacional das Empresas Administradoras de Aeroportos (Aneaa), o reajuste do limite deve trazer benefícios ao setor, além da criação de milhares de empregos.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

1 Comment

  1. Flavio Nunes disse:

    Mais um golaço do Presidente Bolsonaro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *