O que fazer na Chapada dos Guimarães: Mirantes e cachoeiras

Como já contamos no post com 10 motivos pra você visitar a Chapada dos Guimarães, esse é um parque nacional localizado no município de mesmo nome no Mato Grosso e um dos locais mais visitados no Estado. As principais atrações são cavernas, lagoas, cachoeiras, paredões e trilhas numa vegetação típica do Cerrado.

Dentre as atividades que mais surpreendem e já valem a visita, estão os mirantes e cachoeiras, uns autoguiados e outros abertos ao público em geral. Em alguns casos, há limite para o número de visitantes, por isso é preciso emitir vouchers, como você descobrirá neste post.

 

O QUE FAZER NA CHAPADA DOS GUIMARÃES

MIRANTE DO CENTRO GEODÉSICO
O acesso a esse mirante é super fácil, a menos de 10Km do Centro e com poucos metros de estrada de terra.  É considerado o Centro Geodésico da América do Sul, a 1.600 quilômetros do Oceano Pacífico e do Atlântico. Além da vista privilegiada, você tem a chance de visitar um dos ícones da Chapada, uma pedra que dá a sensação de que você está pendurado sobre o penhasco. Não é necessário guia.

Chapada dos Guimarães: Mirante do Centro Geodésico (Foto: Esse Mundo É Nosso)

– Entrada: gratuita; sem horário pré-definido;
– Como chegar: Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251 Chapada a Cuiábá), a 9Km do Centro;

 

MORRO DOS VENTOS
Essa é uma propriedade privada super bem estruturada, com dois mirantes, além de um bonito restaurante e estacionamento no local. A vista vale cada centavo do ingresso. Não há necessidade de guia.

Chapada dos Guimarães: Mirante Morro dos Ventos (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chapada dos Guimarães: Mirante Morro dos Ventos (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chapada dos Guimarães: Mirante Morro dos Ventos (Foto: Esse Mundo É Nosso)

– Entrada: R$20 o carro ou R$5 por pedestre; das 10h às 17h;
– Como chegar: Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251 Chapada a Campo verde), a 3Km do Centro;
– Contato: Restaurante Mirante Morro dos Ventos – (65) 3301-1030

 

PONTA DO CAMPESTRE
Bem próximo ao restaurante Atmã, que também tem uma vista incrível, a Ponta do Campestre revela um outro ângulo da chamada, em lado oposto aos demais mirantes. Do alto de seus mais de 850 metros de altura é possível avistar Cuiabá se o céu estiver limpo. Fica numa propriedade particular a 4Km do Centro, sendo dois deles por estrada de terra.

Chapada dos Guimarães: Mirante Ponta do Campestre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chapada dos Guimarães: Mirante Ponta do Campestre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

– Entrada: R$30 por veículo, exceto para quem almoçar no restaurante; das 9h às 16h;
– Como chegar: De carro ou bicicleta pelo Caminho Casa dos Sonhos, s/n (Lavrinha);
– Informações: Atmã Restaurante – (65) 9982-8545

 

CIDADE DE PEDRA
Sem dúvida um dos lugares mais impressionantes e mais bem preservados da Chapada dos Guimarães. Confesso que em alguns momentos me lembrou a Capadócia, na Turquia. O acesso é difícil, por mais de 25Km de estrada de terra com areais, mas vale a pena. É preciso um veículo 4×4 ou um motorista experiente da região.

Chapada dos Guimarães: Cidade de Pedra (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chapada dos Guimarães: Cidade de Pedra (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chapada dos Guimarães: Cidade de Pedra (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chapada dos Guimarães: Cidade de Pedra (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Entrada: gratuita, das 9h às 17h;
– Guias: são exigidos, exceto aos sábados;  fomos com a Manu Laurindo (WhatsApp/Cel: 65 9943-5651 e [email protected]);
– Visitas autoguiadas: sábados, das 15h às 16h
Voucher: É preciso emitir o seu com antecedência pelo site do Ecobooking.

 

CACHOEIRA VÉU DE NOIVA
É a maior delas, com uma queda d’água de 86 metros. Infelizmente, após um acidente, só é aberta para contemplação, ou seja, é proibido nadar ali. O acesso é fácil, há estacionamento e restaurante. É exigida uma curta caminhada por uma trilha bem delimitada. Idoso, pessoas com deficiência e crianças de colo podem descer de carro até o restaurante, bem perto do mirante.

Chapada dos Guimarães: Cachoeira Véu de Noiva (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chapada dos Guimarães: Cachoeira Véu de Noiva (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Entrada: gratuita, das 9h às 16h30
Como chegar: De carro ou van noKm51 da MT251 (Chapada-Cuiabá), a 12Km do centro da cidade por estrada asfaltada;

 

CACHOEIRA DA GELADEIRA
Fica numa propriedade privada. O acesso se dá por estrada de terra a partir da cidade. Do estacionamento, é preciso fazer uma trilha de cerca de 15 minutos até a cachoeira, que tem uma bonita queda d’água e uma piscina natural para banho. Só não espere águas quentinhas, afinal o nome já diz tudo.

Chapada dos Guimarães: Cachoeira Véu de Noiva (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chapada dos Guimarães: Cachoeira da Geladeira (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Chapada dos Guimarães: Cachoeira da Geladeira (Foto: Esse Mundo É Nosso)

– Entrada: R$7 por visitante; das 9h às 15h;
– Como chegar: Estrada que liga Chapada a Cachoeira Rica, Vilarejo Péba-Água Fria; há venda de bebidas no estacionamento;

 

OUTRAS CACHOEIRAS
O blog Pé na Estrada fez o Circuito das Cachoeiras e passou por diversas delas, como Degrau, Pulo, Prainha e Independência.

 

+ 10 motivos para você visitar a Chapada dos Guimarães
+ Como chegar à Chapada a partir de Cuiabá: carro, ônibus e transfer
+ Dica de hospedagem charmosa na cidade

 

* Os jornalistas fizeram a viagem a convite do Chapada Blog, evento realizado pela Pousada Casa da Quineira em parceria com o blog Ziga da Zuca e a guia Manu Laurindo (WhatsApp/Cel: 65 9943-5651 e [email protected])

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

8 Comments

  1. VALDECY FELICIANO DE OLIVEIRA disse:

    tudo bom! cachoeira da Martinha ontem tava 10

  2. Franciele disse:

    Lugares ótimos! Sempre que posso estou indo la! Ótimo artigo 👏🏾

  3. Ronny disse:

    To querendo se hospedar na pousada penhasco alguem recomenda?? E fikando na pousada tem alguma atracao perto para eu conhecer??

  4. Glaucia disse:

    Estou fazendo planos de passar 4 dias na Chapada Guimarães, do dia 22 ao dia 26 de abril. Gostaria de saber se é facil de chegar e se dá pra aproveitar e fazer alguns passeios mesmo sem carro, pois não dirijo, obrgada

    • Oi Gláucia, tudo bem?
      Dá sim para ir à Chapada sem carro. De Cuiabá até lá dá pouco mais de uma hora e você pode ir de ônibus ou de transfer por uma agência. Para os passeios, o melhor então será você comprá-los com uma agência local, que irá levá-la para conhecer as atrações. Acho que esse link irá ajudá-la, tem inclusive contato da guia que indicamos https://www.essemundoenosso.com.br/category/brasil/cha

      Abraços, fico à disposição!

  5. Tatiane Dias disse:

    Olá, Tudo bem?!
    Estou planejando ir para a Chapada em junho.
    Saberia me dizer quantos dias seriam necessários para conhecer os principais pontos turísticos sem pressa.
    Pretendo juntar com uns dias em Nobres.

    Abraços,
    Tatiane Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *