Passeios em Ilha Grande: Dicas para escolher os melhores

Fazer passeios em Ilha Grande é a melhor forma de conhecer bem a região. Embora seja uma ilha, as principais praias e atrações não ficam tão próximas da Vila do Abraão, local em que a maioria das pessoas fica hospedada.

Pra conseguir visitar os lugares, é preciso pegar barcos, lanchas e escunas ou fazer longas trilhas. São vários tipos de passeios em Ilha Grande. Cada um engloba uma região da ilha e fica difícil escolher o melhor.

+ Veja nosso guia com dicas de hospedagem na Vila do Abraão

A gente preparou uma lista com os principais passeios para ajudar na organização de sua viagem pra lá.

PASSEIOS EM ILHA GRANDE

| DICAS DE PASSEIOS EM ILHA GRANDE


AGÊNCIAS

Antes de falarmos de cada passeio, valem algumas informações gerais. São muitas agências em Ilha Grande e é fácil escolher com qual fazer o passeio. A gente fez com a LIG (Lanchas Ilha Grande), mas como era baixa temporada, todas as agências tiveram que se juntar para conseguir fechar os passeios. De toda forma, basta dar uma volta pela vila para checar os tipos de tour e valores e decidir onde fazer.

Caxadaço - Passeios em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Caxadaço – Passeios em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)


RESERVA DE PASSEIOS EM ILHA GRANDE

O ideal é na noite anterior, já escolher qual passeio fará no dia seguinte, ir na agência e deixar reservado. Geralmente, eles pedem uma parcela do pagamento em dinheiro, mas no dia seguinte se você for pagar com cartão, eles devolvem e você paga tudo no débito ou crédito.

Passeios em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)


DÁ PRA DESISTIR?

Outra coisa, caso no dia do passeio o tempo esteja ruim ou você desista de fazer por qualquer outro motivo, é possível cancelar e pegar o dinheiro de volta. Pergunte para o guia com quanto tempo de antecedência dá para desistir.


GUIAS FALAM INGLÊS?

Ilha Grande tem muitos turistas estrangeiros. Mesmo assim, os guias que pegamos não falavam nada de inglês. Nada mesmo! Nem o tempo de cada parada.


COMO OS PASSEIOS SÃO FEITOS?

Nós escolhemos fazer os passeios em lanchas com no máximo 17 pessoas porque tudo fica menos bagunçado e é mais fácil de controlar também o tempo em cada parada. Além disso, dependendo do lugar, só é possível chegar de lancha.

Nos passeios de lancha, eles costumam disponibilizar gelo, água mineral, máscara e snorkel, mas confirme antes com cada empresa.

Praia do Aventureiro (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Aventureiro (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Um detalhe importante: em algumas paradas, as lanchas não conseguem ir até tão perto da areia. Então, é preciso ir nadando, já que não dá pé. Eles até têm coletes e macarrão que podem ser usados, mas é bom perguntar antes para saber se vale a pena ou não fazer o passeio.

Os passeios costumam durar o dia todo. Saem entre 9h30 e 10h30 e voltam entre 16h30 e 17h30.

Tem também passeios de escunas e flexboats, mas eles não vão para todos os lugares e geralmente têm muitas pessoas.

Para ir e voltar de certas praias, como a Lopes Mendes, é possível também pegar táxi boat. Eles levam em alguns horários pela manhã e depois buscam.

Dito tudo isso, vamos aos principais passeios em Ilha Grande:


|
VOLTA À ILHA

Se você quer dicas de passeios em Ilha Grande, preste muita atenção nessa: tente fazer a Volta à Ilha já no seu primeiro dia por lá. Vou explicar o motivo. É que o tempo em Ilha Grande muda muito, inclusive o mar, e esse tour muitas vezes é cancelado devido às condições climáticas e por ele passar em mar aberto.

Pode até estar sol, mas se o mar estiver muito virado, o passeio não sai. Pra vocês terem uma ideia, a gente fez o passeio numa segunda-feira. Ele foi cancelado na terça e só voltou a ter de novo no sábado. Conhecemos algumas pessoas que já foram diversas vezes pra Ilha Grande e que nunca conseguiram fazer a Volta à Ilha.

+ Encontre seu hotel na região com desconto

E por que a Volta à Ilha é tão importante? Porque neste tour de lancha, que dura o dia todo, a gente passa por algumas das principais (e mais bonitas) praias da região, como a Praia do Aventureiro.

O passeio começa às 9h30 da manhã e volta às 17h. Em média fica 1h em cada parada. São elas: Caxadaço, Parnaióca, Aventureiro, que é aquela famosa praia com o coqueiro na horizontal, e Meros, além de uma parada pro almoço. Quando fomos, a parada pro almoço foi em Maguariquessaba. Não gostamos muito de lá e achamos essa parada bem desnecessária, já que foi no final do passeio. A parada aconteceu quase às 16h. Era melhor ter ficado mais tempo nas outras praias.

Caxadaço (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Caxadaço (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Parnaioca (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Parnaioca (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Aventureiro (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Aventureiro (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Aventureiro (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Aventureiro (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Meros (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Meros (Foto: Esse Mundo é Nosso)

A Volta à Ilha foi um dos passeios que mais gostamos de fazer. As paradas nas praias foram boas, todas são lindas e ainda tivemos a sorte de pegar um pôr do sol inesquecível em pleno mar passando pela Lagoa Azul. O guia/marinheiro chamava Aloísio e era ótimo. Ele parou para vermos o pôr do sol sem pressa, tirou várias fotos e era muito simpático.

Pôr do Sol (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pôr do Sol (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pôr do Sol em Maguariquessaba - Passeios em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Pôr do Sol em Maguariquessaba – Passeios em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Esse passeio é feito em uma lancha com até 17 pessoas. Quando fomos, achamos que a lancha balançou muito, mas disseram que é normal.


|
MEIA VOLTA

Outra passeio em Ilha Grande que é muito famoso é o de Meia Volta. Confesso que pelo nome, eu achava que fosse metade do passeio de Volta à Ilha, mas não é não. São lugares diferentes.

Esse tour, que também é feito em lancha com cerca de 17 pessoas, sai às 10h30 da manhã e volta às 16h30 e vai para o lado norte da ilha.

Diferente da Volta à Ilha, o Meia Volta tem mais paradas para mergulho do que em praias em si. Então, é ótimo para quem gosta de fazer snorkel, por exemplo. Ele passa pela Lagoa Azul e pela Lagoa Verde, que são boas para mergulho. Além disso, tem paradas no Saco do Céu/Praia do Amor e na Praia da Feiticeira, que tem uma faixa de areia maior para quem quiser relaxar. Em algumas agências há alguma variação nas paradas.

Lagoa Azul (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Lagoa Azul (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Lagoa Azul (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Lagoa Azul (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Lagoa Verde (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Lagoa Verde (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Saco do céu - Praia do Amor - Passeios em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Saco do céu – Praia do Amor – Passeios em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia da Feiticeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia da Feiticeira (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O almoço também foi em Maguariquessaba, mas dessa vez aconteceu no meio do passeio. Nós não pedimos pratos (todos são para duas pessoas), mas comemos uma porção de batata que estava boa. Entretanto, continuo achando muito chatas essas paradas para almoço kkkk.

Ahh… a lancha também balançou muito neste passeio! As ondas eram altas e ficamos molhados, mas deu tudo certo e valeu a pena.


|
ILHAS PARADISÍACAS

Entre os passeios em Ilha Grande que mais fazem sucesso também está o das Ilhas Paradisíacas, que em algumas agências pode ganhar outro nome. Na verdade, ele sai da Vila do Abraão, mas passa por ilhas e praias de Angra dos Reis.

O passeio também sai às 10h30 e volta às 16h30/17h. Assim como nos outros, as paradas podem sofrer algumas variações de acordo com cada agência. Ahh… Aqui a lancha também balançou muito kkkk!

No nosso caso, a primeira parada foi em Cataguases, que é uma ilha linda de Angra. Como é perto do centro da cidade, deve ficar mais cheia aos finais de semana. Em seguida passamos pelas Ilhas Botinas, onde é possível mergulhar, já que não tem lugar para descer do barco.

Catagueses (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Catagueses (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Catagueses - Passeios em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Catagueses (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Ilhas Botinas (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Ilhas Botinas (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Encontre seu hotel na região com descontos

A Praia da Piedade, localizada na ilha da Gipoia, foi nossa outra parada. Achamos linda demais! E ainda tem uma igrejinha que deixa tudo mais charmoso. Aliás, antigamente era aqui que estava a famosa Ilha de Caras, onde celebridades (ou não) costumavam “celebrar” ou “brindar a vida” nas capas da revista kkkk.

Praia da Piedade (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia da Piedade (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia da Piedade - Passeios em Ilha Grande(Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia da Piedade – Passeios em Ilha Grande(Foto: Esse Mundo é Nosso)

Encerramos o passeio na Praia do Dentista, que é considerada uma das mais bonitas da região. Aliás, este foi um dos lugares que a lancha não conseguiu ir até perto da areia e foi preciso nadar para chegar lá.

Praia do Dentista (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Praia do Dentista (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Assim como no passeio de Volta à Ilha, a parada pro almoço foi no final. Por mim, daria muito bem para voltar direto para a Vila do Abraão sem ter que parar para comer no lugar que as agências querem.


|
SUPER SUL

De todos os passeios em Ilha Grande, esse talvez seja o menos importante na lista de prioridades. Até porque na praia de Lopes Mendes é possível chegar de táxi boat e Caxadaço já foi visitada no passeio de Volta à Ilha.

(DC_Aperture via Shutterstock)

(DC_Aperture via Shutterstock)

Além destas duas paradas, o passeio passa por Dois Rios, onde estava o Complexo Penitenciário Cândido Mendes, e pela Ilha de Jorge Grego, que é boa para mergulho. O tour sai ás 10h30 da manhã e volta entre 16h30 e 17h.

As paradas costumam durar também 1h e, assim como no caso da Volta à Ilha, este tour pode ser cancelado de acordo com a previsão do mar e as condições do tempo.


|
OUTROS PASSEIOS EM ILHA GRANDE DE LANCHA

Como fomos na baixa temporada, esses eram os passeios disponíveis em todas as agências, mas na alta temporada, cada um faz, além dos básicos, tours específicos também que vão além desses que citamos. A Lanchas Ilha Grande, por exemplo, faz o Super Lagoa Azul, onde fica 1h30, e depois passa pelas praias de Grumixama, dos Macacos, do Amor e da Camiranga.

+ Encontre seu hotel na região com descontos

Então, vale a pena dar uma olhada em outros roteiros além dos básicos. De toda forma, acho que o passeio mais imperdível é o de Volta à Ilha.

Os preços dos passeios de lancha costumam variar muito de acordo com a alta e a baixa temporada, além do tipo do passeio também, mas custam a partir de R$ 120.


|
ESCUNAS

Pra quem não quer gastar muito, os passeios de escuna podem ser uma alternativa, já que costumam ser a metade do preço do que é cobrado nos de lancha (De R$ 50 a R$ 100 de acordo com a época do ano).

O lado ruim é enquanto nas lanchas o número de pessoas chega ao no máximo 17 o 18, nas escunas este valor mais do que triplica, com 50 passageiros. Outra coisa, as escunas não vão para todos os lugares, já que em alguns deles apenas lanchas conseguem chegar.

Existem muitos roteiros, entre eles um que passa pela Lagoa Azul, por Japariz e Camiranga. Outro que vai para a Praia do Pouso, Lopes Mendes e Santo Antônio e um que vai para a Lagoa Azul, Freguesia de Santana, Praia da Baleia e Praia de Japariz.

Alguns tours oferecem caipirinha, água, frutas e sucos inclusos.


|
FLEXBOATS

Além da opção de fazer os passeios em lanchas e escunas, há os flexboats, que são barcos maiores do que lancha, mas mais rápido que as escunas.

É uma boa para quem já fez alguns passeios de lancha e quer ficar mais tempo em alguma praia. No caso do tour Aventureiro, por exemplo, ele sai da Vila do Abraão e fica 1h30 em Parnaioca, 2h30 na praia do Aventureiro e 1h30 em Meros.

Passeios em Ilha Grande (Foto: Esse Mundo é Nosso)
Meros (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Existe também o tour pela Gruta do Acaiá, que também passa pela Lagoa Azul, Lagoa Verde, Saco do Céu e Praia da Crena.

É fácil encontrar empresas que fazem passeios com escunas e flexboats, entre elas está a Objetiva.


|
ONDE FICAR EM ILHA GRANDE

Antigamente, Ilha Grande não tinha tantas opções de hospedagem. Hoje em dia, isso mudou bastante. São muitas pousadas espalhadas, principalmente, pela Vila do Abraão, o melhor lugar pra quem quer ter estrutura com restaurantes e lojas, além de ser de onde saem os passeios.

Nós já publicamos um guia de pousadas com o melhor custo-benefício e bem localizados na Vila do Abraão. Entre elas, ficamos hospedados na Pousada Caúca, que é simples, mas bonitinha e bem localizada. Aproveite para encontrar o seu hotel por lá com descontos.

Ficou com alguma dúvida sobre os passeios em Ilha Grande? Deixe nos comentários!

+ Veja mais dicas do destino
+ Onde ficar: Confira nosso guia de hospedagem na região

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

1 Comment

  1. Armando Coelho disse:

    Toda vez que eu penso em ir para a Ilha grande eu rumo para Paraty, tenho mesmo que avaliar uma visita à Ilha. Parabéns pelo post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *