Túmulo da família Perón
Túmulo da família Perón

Hoje acordamos às 10h e fomos encontrar o Hernan. Enquanto ele foi retirar um passaporte na Embaixada da Espanha, eu e Vicky demos uma volta pelo bairro da Recoleta e visitamos o túmulo de Evita Perón.

Depois compramos frutas, encontramos o Hernan e fomos de ônibus para o bairro La Boca (apesar das casas coloridas, achei pequeno e sem graça). Almoçamos “hamburguesas”, “papas fritas” e “cerveza” ($15 – US$5) lá mesmo.

Na volta pra casa, fui ao supermercado e comprei uns vinhos para levar para o Brasil e 4 cervejas de litro para tomarmos à noite por míseros $3 (US$1).

Fui jantar com a mãe do Lucas, Rosana, e a irmã dele, Mariela. Foi ótimo! Conversamos até às 0h30 e tinha carne, batata frita, cerveja e 4 sabores deliciosas de sorvete Fredo, o mais famoso de Buenos Aires.

Depois encontrei Hernan e Vicky e tomamos as cervejas na casa dela. Amanhã, Uruguai!

Pra quem colou na escola:

La Bombonera (oficialmente Estádio Alberto J. Armando) é o estádio do Club Atlético Boca Juniors. Sua capacidade total é de 49.000 espectadores aproximadamente, e o campo segue as medidas mínimas permitidas pela FIFA (105m x 68m). Seu apelido deve-se à sua forma retangular como a de uma caixa de bombons. A principal razão para isso é o reduzido espaço que fora destinado à sua construção, iniciada em 1923. A solução encontrada pelo arquiteto José Luiz Delpini – que lhe granjeou vários prêmios – foi a de criar três anéis de arquibancadas, de modo que quem assiste o jogo da terceira arquibancada tem de olhar para baixo se quiser assistir o jogo com clareza.

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.
0 resposta
    1. Oi Michele, muito obrigado pela visita!
      Eu sempre viajo por minha conta. Gosto de fazer meu próprio roteiro. Acho que em relação ao preço, depende muito do destino e das atividades, varia muito. Mas saiba que por conta própria dá muito trabalho. Uma longa viagem pela Ásia, por exemplo, começo a programar com 6 meses de antecedência.
      Abraços

  1. Este blog fez tanto efeito que, também por causa dele e de você, chegou a minha hora de arriscar hahaha. Que medo! Conto com o seu apoio, companheiro! Confesso que lendo os posts, eu fico ainda mais ansioso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.