Seguro Viagem Internacional: Devo ou não contratar?

Quando a gente planeja uma viagem ao exterior tem uma lista de coisas com as quais se preocupar: passagens, hotéis, quantos dias em cada lugar, quais pontos turísticos visitar, o que levar na mala… Mas uma coisa acaba muitas vezes ficando por último ou nem mesmo passando pela nossa cabeça: o seguro viagem internacional.

Ninguém gosta, mas imprevistos acontecem e podem não apenas colocar sua viagem em risco como também a sua própria saúde. E nesses momentos estar sem cobertura alguma no exterior pode se tornar uma extrema dor de cabeça e um rombo no orçamento. E o seguro viagem, por outro lado, pode ser bem mais barato do que você imagina.

+ Faça uma simulação e encontre o melhor preço

SEGURO VIAGEM INTERNACIONAL

Seguro Viagem Internacional (Foto via Shutterstock)

Foto via Shutterstock

POR QUE CONTRATAR
– Exigência: Nesses casos não tem jeito. Muitos países exigem o seguro viagem de estudantes, intercambistas e até mesmo turistas, como é o caso dos países da Europa que integram o Tratado de Schengen.
– Imprevistos: Desde um problema de saúde até um furto ou roubo, nunca se sabe o que pode acontecer, afinal você não conhece a legislação local. E quando você está fora do país e sem assistência nenhuma tudo pode ser mais complicado.
– Questões de saúde: Não é em qualquer lugar que você poderá contar com as políticas de saúde pública em caso de algum acidente ou doença. Até em países ricos como os EUA não há atendimento público e a conta de qualquer hospital ou emergência pode ser bem assustadora no seu orçamento. Sem contar que você pode não dominar o idioma local e tudo se tornar ainda mais complicado.
– Coberturas extras: Muitos planos incluem coberturas que deixam a viagem ainda mais segura, como auxílio em caso de atraso do voo, bagagens extraviadas, comunicação, entre outras.
– Preço: Só de pensar em mais um gasto na viagem já dá aquele arrepio, né? Mas pode ter certeza de que um seguro viagem custa menos do que você imagina.

COMO CONTRATAR?
As apólices hoje são totalmente digitais e contratação é feita pela internet. Nós somos parceiros da Seguros Promo, um buscador que encontra entre as maiores seguradoras os melhores preços.

+ Faça a cotação agora mesmo sem compromisso

NÃO DEIXE DE LER A APÓLICE
É importante você estar atento à cobertura do seu seguro nas Condições Gerais da sua apólice. Elas mudam de operadora para operadora e listam os direitos e obrigações do segurado. É aqui que você encontrará quais imprevistos estão cobertos e em quais circunstâncias.

COMO ACIONAR O SEGURO?
Sua apólice deve trazer telefones de emergência 24h com atendimento em português que aceitam inclusive ligações a cobrar desde o exterior. Algumas operadoras já trabalham inclusive com Whatsapp e Skype.

TEM MAIS DÚVIDAS?
Nossos parceiros da Seguros Promo têm uma página com perguntas e respostas sobre a contratação dos planos, seja no exterior ou mesmo no Brasil.

 

Booking.com

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

6 Comments

  1. Leonardo Andrade Alves disse:

    Vou para Europa dia 11/10 (Madri) e voltarei 14/11 (Roma). As passagens de ide e volta foram compradas com um cartão que não me dá direito a Seguro Viagem. Porém no dia 17, sairei da Espanha com destino a França e farei outros aéreos até a data de volta, já essas passagens foram compradas com cartão que me dá direito ao seguro viagem, ou seja, do dia 17/10 ao dia 14/11.

    O que devo fazer, contratar um outro seguro viagem para os dias 11 a 16/10? ou fico só com esse período que tenho cobertura garantida?

    Outras coisa, eles pedem a comprovação que a passagem foi comprada com o tal cartão que foi dado o benefício?

    • Oi Leonardo, tudo bem?
      Você precisa verificar com o seu cartão de crédito para a emissão do seguro e ver quais as datas eles irão te dar a cobertura. Em muitos casos já vi os cartões apenas emitirem a apólice quando a passagem sai do Brasil. Então esse é o primeiro passo.

      Se eles não forem dar a cobertura, aí o melhor é contratar o seguro pra viagem toda. Sobre a comprovação, o documento que você precisa ter com você, caso seja solicitado, é a apólice do seguro. Não o cartão de crédito.

      Abraços e boa viagem!

  2. Julio Andrade disse:

    Achei extremamente sensacional esse artigo. Muito obrigado por compartilhar tudo isso conosco 🙂

  3. Renata disse:

    Show de bola 😀

  4. Luana Belusso disse:

    Melhor coisa é você ter um seguro, tem muitas situações nessas viagem que podem te deixar muito desconfortável, eu passei por várias coisas ruim assim, hoje não viajo sem seguro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *