Bolão sustenta o título de melhor fim de noite de BH

Com cerveja em garrafa gelada e comida caseira, o Bolão conquistou os mineiros

Tem gente – como eu – que quando percebe que os bares começaram a fechar entra em desespero. Mas em Belo Horizonte existe sempre uma opção, eleita pela Veja BH como o melhor fim de noite da capital mineira. No Bolão, que fica no boêmio bairro de Santa Tereza, não acontece esse problema, já que às sextas e aos sábados as portas não se fecham antes das 6h da manhã.

Bolão - Belo Horizonte

Destino de famílias em busca do “melhor espaguete de Belo Horizonte” (como se auto intitula) ou de gente bonita e jovens que procuram matar a larica e esticar a cerveja no fim de noite, o Bolão é um daqueles botecos sujos, principalmente se levarmos em conta os banheiros, mas que têm seu próprio charme: cerveja em garrafa gelada e comida caseira deliciosa.

Bolão - Belo Horizonte
Aberto em 1961, o restaurante com decoração pitoresca já matou a fome de gerações de belo-horizontinos. Mas se engana quem pensa que às 4h da manhã esse pessoal come um sanduichinho antes de ir dormir.

Bolão - Belo Horizonte

Ali o carro chefe são variações de pratos feitos, entre eles o Rochedão, o mais tradicional que leva arroz, feijão (tropeiro ou não), ovo, batata frita, carne e macarrão.

O mais barato – também o “mais leve” – sai por R$11. E pasmem, tudo isso vem distribuído em três pratos para cada um da mesa!

Em volta de uma praça com cara de interior, com igreja e tudo, o Bolão tem três lojas lado a lado: duas na Praça Duque de Caxias e outra na Rua Mármore, 689.

Se for a BH, não deixe de conhecer este destino certo de quem tem estômago forte e quer tomar a última cerveja, quem sabe até o amanhecer.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. Edwiges disse:

    Rafa, estou morrendo de inveja e de fome… Ritinha, sua tia e irmã, à essas horas, está l´[a com a tiurma comemorando seu níver. Te amo… Beijos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *