Durante a elaboração do meu roteiro pelo Sudeste Asiático (Tailândia, Camboja e Vietnã) me senti como dando um tiro no escuro no momento de escolher os lugares onde me hospedaria em cada cidade.

E já adianto, os preços são muito baixos, por isso resolvi deixar de lado a vida de mochileiro por umas férias e dormir bem por um valor mais baixo que um albergue barato no Rio de Janeiro em quarto compartilhado.

Hospedagem no Sudeste Asiático (Foto: Esse Mundo É Nosso)

De volta ao assunto, sites com os quais estava acostumado a pesquisar opiniões e até mesmo efetuar as reservas como Booking, Decolar, Hoteis.com e HostelWorld não são tão utilizados por aqui. Acabei então percebendo que as opções de hotéis eram poucas e as avaliações menores ainda.

Foi aí que encontrei o Agoda, um grande site de reservas de hospedagem baseado na Tailândia e que cobre dezenas de países. Fiquei mais surpreso ainda por achar avaliações de brasileiros, o que me ajudou muito. Europeus e americanos muitas vezes classificam mal um lugar e, quando você vai ver o motivo, era a “falta de secador”, ou “o telefone não fazia ligações para outros quartos”. Acho os brasileiros mais sensatos em relação a essas coisas.

Hospedagem no Sudeste Asiático (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Dessa forma, fiz todas as reservas por meio do Agoda e posso dizer que fiquei muito satisfeito. Além de conseguir promoções na hora das reservas (mais de 50% em alguns casos), a parte de avaliações de quem já se hospedou nos estabelecimentos pesquisados foi muito importante para que eu ficasse em lugares com boa localização e as facilidades que eu procurava. Além de inglês, as reservas vieram também na língua local, o que me ajudou muito na hora de pegar táxis ou tuktuk’s rumo ao hotel.

Hospedagem no Sudeste Asiático (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Não, este não é um post pago por eles. Mas fiz questão de dar a dica de uma ferramenta de reservas especializada nessa região asiática. Fiz questão também de deixar minha avaliação de cada hotel no site do Agoda para que você encontre, em português, opiniões de quem já se hospedou naquele lugar!

E você, conhece outra ferramenta? Conta pra gente!

+ Curta o Esse Mundo É Nosso no Facebook

 

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.
0 resposta
  1. Utilizei o Agoda para reserva de hotéis em Roma e Londres. As promoções são bem atraentes, mas estava insegura por não ter referências do site. Sua resenha me deixou mais confiante! 🙂

  2. Rafael,
    estou planejando uma viagem exatamente para esse países.
    Não achei o tempo que você ficou por lá para esses três países- talvez seja falha minha, sorry. Tô na ardua divisão de dias… Hahahahaha.

    1. Olá, Rachel, tudo bem? Realmente ainda não coloquei meu roteiro aqui não, estou apenas começando os post's. Mas segue abaixo:

      Tailânida – 9 dias (incluindo deslocamentos)
      – Bangkok – 4 dias
      – Phi Phi – 5 dias

      Camboja
      – Siem Reap – 4 dias

      Vietnã – 8 dias (incluindo deslocamentos)
      – Hanoi e Halong Bay – 4 dias
      – Nha Trang – 3 dias
      – Ho Chi Minh – 2 dias

      Abraços

      1. Opa! Muito obrigada!
        Meu roteiro tá MUITO parecido com esse. A diferença é que eu vou a Chiang Mai para poder ver o Ye Peng que acontece enqnto eu estou por lá.
        E não tinha pensado em ir a Nha Trang. Vale muito a pena ir lá?

        1. Oi Rachel, eu adorei Nha Trang. Não é uma praia de mato ou ilha como na Tailândia, parece mais nossas cidades de praia. Mas o mar é azul (escuro), a noite é animada e tem um parque com toboáguas, brinquedos e praia particular incrível. Se resolver ir, posso dar várias dicas.
          Abraços

          1. Obrigada (again)!
            Vou terminar minha divisão de cidades aqui. Depois te conto cm ficou e se vai rolar Nha Trang ou não.
            Mas dicas, de todos os lugares, são super bem vindas!!!

      1. Oi, Rafael,
        Eu fui uma das que vc ajudou com as suas avaliações. Partindo pro mochilão agora no fim de abril!

        Eu reparei que saía mais vantajoso escolher a moeda da Tailândia! Apesar de ser cobrado em dólar, não sei onde a conversão era feita em cada caso que saía mais barato assim… 😉

        Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.