Se pensarmos em o que fazer em Washington, capital dos Estados Unidos, logo lembraremos da Casa Branca. É algo como falar do Rio e pensar no Cristo ou no Pão de Açúcar.

Durante um fim de semana em Washington, o Esse Mundo é Nosso conseguiu conhecer quase todos os pontos essenciais da cidade e a partir deste post dará dicas do que fazer na cidade.

O que fazer em Washington

Quase nunca Washington DC está na lista principal dos brasileiros que vão para os Estados Unidos. Claro que se você procura compras ou grandes festas e shows, este não é o lugar ideal. Mas se você for para o país e estiver à procura de destinos interessantes, reserve ao menos dois dias para a cidade.

Saiba o que fazer em Washington DC: Casa Branca (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Com pouco mais de 600 mil habitantes, Washington D.C. tem lindos parques, verde em vários cantos e uma população que adora praticar corrida e se exercitar. Pelo menos, foi isso que eu percebi durante o fim de semana em que estive lá. Por onde olhei, encontrei pessoas praticando exercícios. Mas, além de tudo isso, uma coisa ótima de Washington é que praticamente a cidade toda possui linhas de metrô, o que facilita a vida de qualquer turista.

Saiba o que fazer em Washington DC: George Washington Monument (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Se for a sua primeira vez na cidade, sugiro os passeios bem carascterísticos da capital. Casa Branca, Capitólio, Vietnam Memorial, Lincoln Memorial, World War 2 Memorial,  Washington Monument e Museu Aeroespacial precisam entrar na sua lista.  Além disso, reserve uma hora para subir ao prédio do antigo Correio, como sugere o blog Aprendiz de Viajante, e ter uma vista incrível da cidade. O Cemitério de Arlington e o Pentágono (que conta com a homenagem aos mortos no atentado de 11 de setembro de 2001que ocorreu lá) também devem entrar na lista. Nos próximos posts, vou detalhar mais de cada um destes pontos.

Saiba o que fazer em Washington DC: Cemitério de Arlington  (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Chegando em Washington

Como eu já estava nos Estados Unidos, desci no Aeroporto Ronald Reagan, que é nacional e possui estação de metrô. Lá, a saída já é quase na estação e fui muito fácil chegar a região de Downtown. Na verdade, meu hotel, o Washington Plaza, ficava a cerca de 10 minutos a pé da Casa Branca e era próximo da McPherson Sq Station.

Onde Comer

Na verdade, não comi muito bem na cidade. Mas não por falta de opção. O primeiro almoço foi dentro do Capitólio (Sim! Há tour pelo Capitólio e eu vou falar disso em um próximo post). Então, acabei comendo um macarrão bem mais ou menos por um valor bem mais ou menos também.

À noite, escolhi o PJ Clarkes. A rede de hambúrguer já ganhou como o melhor de São Paulo. Como na ida para a Casa Branca eu vi um filial da rede perto do hotel, decidi que jantaria lá. Fui e voltei de táxi e paguei apenas 5 dólares cada corrida. O garçom foi muito atencioso e o hambúrguer estava bom, mas de excepcional. Porém, valeu a visita.

No dia seguinte, acabei me enrolando com os passeios fora de Downtown e comi em um Mc Donalds próximo à Casa Branca. Confesso que me arrependi muito. Além do lanche não ser tão bom, o lugar era mal frenquentado. Fiquei com medo. Um homem e uma mulher ficaram de olho em mim e vieram pedir um pedaço do meu lanche. No primeiro momento, finge não entender, mas depois, como eles não paravam de me olhar, dei um pedaço e fui embora.

Saiba o que fazer em Washington DC: Capitólio  (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Lembrancinhas

Fique atento para não ser enganado. Nada de comprar na loja próxima à Casa Branca. Procure nos caminhões espalhados pela cidade. Quase todos possuem o mesmo preço, mas eles não gostam de negociar.

Uma história engraçada aconteceu comigo. Eu queria comprar um boneco do Obama e em todos os caminhões o preço estava parecido: de 12 a 14 dólares. Porém, no domingo, quando decidi ir ao antigo prédio dos Correios, acabei entrando em algumas lojas de lá. Fui em uma e perguntei quanto custava o boneco, mas entendi o preço errado e disse que levaria. Quando cheguei no caixa, o homem me disse que custava “19,99” (Eu havia entendido 9,99). Disse para ele que não levaria porque estava muito caro. Mesmo assim, ele não quis saber de negociar.

Fui até a loja ao lado e vi que o boneco também estava saindo por 19,99. Falei que não levaria porque na rua estava 12 dólares. A mulher resolveu negociar e, no fim, paguei apenas 7 dólares. Isso que é exploração.

Vale a pena

Enfim, Washington é uma cidade que vale muito a pena conhecer. Nos próximos posts, irei detalhar cada atração que visitei na capital americana.

Saiba o que fazer em Washington DC: Vista do Lincoln Memorial (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Sobre o Autor
Adolfo Nomelini
Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".
0 resposta
  1. Otima dica, mas discordo o que falou em relação a compras, festas e shows. Ha otimos lugares e oportunidades para festas, shows o ano todo (pecas da broadway, artistas consagrados, nem tao consagrados, jogos, etc), e claro, este eh o pais do consumismo, lugar para compras eh o que não falta em DC!

  2. Rafael, com certeza ao visitar os EUA, Washignton é parada obrigatória. A melhor parte é que você pode fazer um tour em partes do Capitólio de graça. A entrada para visitas gratuitas, com guia em inglês, fica localizada na parte de trás do prédio e é permitida das 8h30 às 16h30, de segunda a sábado. Depois de terminada a visita, você pode passar por um túnel subterrâneo para continuar o seu passeio em outro prédio maravilhoso de D.C., a Biblioteca do Congresso…fico no aguardo dos próximos posts. Abraço Adolfo.

  3. Oi Adolfo!!
    Vendo essas fotos, me bateu uma saudade de Washington…
    Fiquei apenas 3 dias na cidade, e logo no Reveillon, quando havia muitas atrações fechada. Estava muito frio e não conseguimos fazer tudo o que planejamos.
    Gostei demais de ter visitado o Capitólio e o Museu Newseum!
    Bjs, Anna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.