Por ser uma das principais praias nos arredores de Maceió, muita gente procura dicas de onde ficar na Praia do Francês. A boa notícia é que há sim boas opções de hotéis e pousadas na região.

Localizada nas proximidades de outras praias famosas, como a Praia do Gunga e a Barra de São Miguel, é uma boa opção pra quem não quer ficar na orla da capital de Alagoas, mas mesmo assim perto da cidade.

Nesse post damos dicas das melhores pousadas e também hotéis próximos do mar para você aproveitar sua estadia por aqui.

A Praia do Francês perto de Maceió

Antes das dicas de onde se hospedar na Praia do Francês, valem algumas informações sobre ela. Na realidade, a praia fica no município de Marechal Deodoro, mas a apenas 23 km de Maceió. São cerca de 30min de carro, como falaremos adiante.

Pessoas nadando nas piscinas da Praia do Francês
Crédito: Marco Ankosqui/MTur

O que atrai muitos turistas pra cá é a praia de águas calminhas, principalmente na maré baixa. É durante esse período também quando os recifes formam piscinas naturais. A estrutura de barracas também é muito boa. Mais abaixo falaremos ainda das principais atrações e o que fazer por aqui.

Onde ficar na Praia do Francês, Alagoas

Muita gente acaba vindo apenas passar o dia, mas se você quer se hospedar na região certamente é praia que você procura, né? Então na hora de escolher onde ficar na Praia do Francês vale levar em consideração a distância até ela.

Como são muitas barracas, cadeiras e espreguiçadeiras na orla, normalmente é difícil encontrar uma hospedagem pé na areia. Mas mesmo assim há diversas opções de frente pro mar.

Digo isso porque nada melhor que poder sair da pousada ou hotel e chegar até a orla caminhando, não acha? Então vamos levar isso em consideração também nas indicações que damos aqui.

Hotéis e Pousadas na Praia do Francês

O Hotel Ponta Verde é um dos mais bem avaliados. Fica de frente pra praia e possui uma piscina com vista pro mar. Além disso, há serviço de cadeiras e guarda-sol para os hóspedes na praia.

Hotel Ponta Verde é opção de onde ficar na Praia do Francês
Hotel Ponta Verde – Divulgação/Booking

Mais simples, mas ainda de frente pro mar, a Pousada Verdes Mares pode ser uma opção mais econômica. É também perto daqui que fica o famoso letreiro da Praia do Francês, ponto turístico que todo mundo procura pra tirar fotos.

A apenas 250 m da praia, a Le Baron é uma pousada charmosa. Além de piscina, oferece aos hóspedes uma cozinha de uso comum. Já a La Dolce Vita fica a 350 m da orla e também está entre as mais bem avaliadas, com piscina, jardim e parquinho infantil.

Onde ficar na Praia do Francês: piscina da Pousada La Dolce Vita
Pousada La Dolce Vita – Divulgação/Booking

A apenas 100 m da praia, a Capitães de Areia é mais simples, mas tem boa estrutura com piscina e costuma ter preços mais baixos. O mesmo acontece com Pousada Sempre Graciosa, Pousada Aconchego, Encantos da Natureza e Le Soleil. Ambas são mais simples, mas costumam ter bom custo-benefício, além de ficar pertinho da praia.

Já quem não se importa em caminhar um pouco mais, cerca de 500m, encontra outras boas opções de pousadas na Praia do Francês, inclusive mais novas. Algumas das com melhores avaliações pelos hóspedes são as Pousada Paris, Pousada Kanamary, a Paraíso Francês e Vila Nalu.

Onde ficar na Praia do Francês: piscina da Pousada Paris
Pousada Paris – Divulgação/Booking

Se preferir, você pode comparar os preços e ver outras opções de pousadas nesse link. Mas vale lembrar de sempre olhar a distância até a praia, caso não esteja de carro.

Vale a pena se hospedar nessa praia?

Antes de escolher onde ficar na Praia do Francês, essa dúvida pode surgir. E a resposta é que depende muito. Se você já conhece a praia e quer ter mais tempo por aqui, vale sim.

Outra boa ideia pode ser dividir o roteiro e se hospedar em Maceió algumas noites e outras na Praia do Francês. Tudo depende do seu tipo de viagem.

De toda forma, como deu pra ver, há boas opções de pousadas e hotéis. Então se você decidir ficar nessa praia terá uma boa estrutura, inclusive com alguns bons restaurantes e bares que funcionam à noite.

Veja: Hotéis com descontos em Maceió

O que fazer na Praia do Francês

A Praia do Francês é famosa pelas piscinas naturais que se formam na maré baixa com a água clarinha que fica represada pelos recifes do lado esquerda da orla. Mas diferente das Piscinas Naturais de Pajuçara, que ficam de frente pra Maceió, aqui não é preciso pegar jangada, dá pra ir caminhando.

Vista das piscinas e barracas
Crédito: Marco Ankosqui/MTur

É bom saber que essa é uma praia que costuma ficar bem cheia, daquelas com ambulantes e som alto. Por aqui você irá encontrar diversas barracas à beira-mar que oferecem serviço de praia, como guarda-sol, cadeiras e espreguiçadeiras.

Pra escapar da lotação, vale caminhar pelo canto direito da praia até a região onde não há barracas, que é bem mais vazia e com mar aberto. Mas essa também é uma área com mais ondas e surfistas, então se estiver com crianças prefira o lado das piscinas.

Além de curtir a praia, o que todo turista faz por aqui é tirar uma foto no famoso letreiro. Ele fica perto do restaurante do Mojica. Dá ainda pra fazer passeios de barco, de jangada ou até mesmo de banana boat ou então alugar um quadriciclo pra explorar a região.

Letreiro da Praia do Francês
Crédito: Marco Ankosqui/MTur

Se tiver tempo, você ainda pode incluir no seu roteiro uma visita às praias vizinhas e também ao Centro Histórico de Marechal Deodoro, como falamos abaixo.

Resumo: Pontos turísticos e atrações

  • Curtir as piscinas naturais na maré baixa perto dos corais no canto esquerdo da praia;
  • Fugir do assédio dos ambulantes na região mais tranquila e sem barracas, caminhando para a direita da orla. Essa é uma área com mais ondas, frequentada por surfistas e onde acontece o campeonato, inclusive;
  • Fazer esportes náuticos como surfe, stand up ou mergulhar de snorkel (os equipamentos são facilmente alugados por aqui), passeios de jangada ou até andar de barco com fundo de vidro;
  • Alugar um quadriciclo pra explorar as belezas mais afastadas da muvuca;
  • Conhecer as famosas praias vizinhas de Barra de São Miguel (8 km) e Praia do Gunga (20 km) ou as mais menos conhecidas Praia do Saco e Barra Nova;
  • Visitar o Centro Histórico de Marechal Deodoro, com suas igrejas, casinhas coloridas e o mercado de artesanato. Essa foi a primeira capital de Alagoas e cidade onde nasceu Marechal Deodoro da Fonseca, que proclamou a república em 1889;

Ou seja, se você optou por se hospedar na Praia do Francês, esses são passeios que podem ser uma boa ideia pra conhecer bem a região.

Guarda sol e praia da Barra de São Miguel
Barra de São Miguel (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Quando ir pra Praia do Francês

Para aproveitar as piscinas naturais, é indispensável que você visite a praia na maré baixa. Para saber em que horário ela acontece no dia da sua viagem, vale sempre consultar a tábua de marés.

Outro ponto a se levar em conta é que essa é uma praia que costuma ficar bem cheia, com assédio de ambulantes e caixinhas de som. Se você puder optar, venha durante os dias de semana, mas saiba que de toda forma poderá encontrar muita gente.

Já sobre o clima, os meses mais chuvosos na região vão de abril e a julho e o mar não costuma ficar tão bonito. Então a melhor época pra viajar pra Praia do Francês vai de agosto a março. Para saber mais vale consultar quando ir pra Maceió para encontrar todos esses detalhes.

Onde fica a praia?

A Praia do Francês fica no município de Marechal Deodoro, primeira capital de Alagoas e terra natal de Marechal Deodoro da Fonseca. A cidade conta com um Centro Histórico cujo conjunto arquitetônico foi tombado pelo IPHAN em 2009.

São apenas cerca de 23 km da orla de Maceió, numa viagem que de carro dura em torno de 30min. Além disso, pertinho dali ficam outras praias famosas do litoral sul de Alagoas, como Barra de São Miguel e a Praia do Gunga.

Segundo os moradores, o nome Praia do Francês vem do fato de que ela teria sido frequentada por contrabandistas franceses de pau-brasil no período colonial.

Veja também
Viajar pra Maceió: Melhor época
Praia de Carro Quebrado, AL
Piscinas Naturais em Maceió

Como ir de Maceió à Praia do Francês

A estrada que liga Maceió à Praia do Francês é a AL-101 sentido Aracaju. São cerca de 23 km saindo da Praia de Pajuçara, uma das principais da capital. Basta seguir a rodovia até o trevo de Marechal Deodoro e entrar à esquerda já sentido praia. A viagem é de apenas 30 minutos em média.

A forma mais prática é ir de carro, seja alugado ou até mesmo de táxi ou Uber. Há também muitos passeios com agências que passam pela Praia do Francês, mas nesse caso não é interessante pra quem vai se hospedar por aqui.

Saindo de Maceió de carro

Uma das melhores formas de ir de Maceió à Praia do Francês é alugando um carro, pois dessa forma você terá total liberdade de conhecer praias vizinhas, como Barra de São Miguel e Gunga.

Se for o caso, sugerimos que consulte no site da Rentcars, que é um buscador que compara os melhores preços de aluguel de carro entre as locadoras. Além de seguro, você pode parcelar em até 12x e pagar até mesmo no boleto. Ou seja, dá pra desembarcar no aeroporto já com carro esperando, sem surpresas. Dá pra fazer a cotação online mesmo.

Como dissemos, basta seguir pela AL-101 sentido Sergipe até o trevo de Marechal Deodoro, onde há sinalização para acessar a Praia do Francês.

De Uber ou táxi

Quem prefere não alugar carro, pode pegar um táxi ou carro de aplicativo em Maceió. A viagem é curta e não costuma sair cara, então é uma comodidade.

A corrida com Uber sai em torno de R$25 a R$30 a partir da Praia de Pajuçara. Já o preço do táxi fica entre R$50 e R$60 (preços checados em 2021).

Tem ônibus pra Praia do Francês?

Sim, uma linha de ônibus para Praia do Francês sai da rodoviária de Maceió com destino a Marechal Deodoro. O trajeto pode ser de mais de uma hora, então não vale muito a pena. Mas se quiser, confirme a informação e onde pegar o ônibus com sua pousada.

Veja: Roteiro de Maceió a Recife

Gostou das dicas de onde ficar na Praia do Francês? Tem alguma dúvida ou relato de experiência por aqui? Então deixe seu comentário!

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.