Além de uma questão de saúde, a vacina de febre amarela deve ser um assunto relevante para os viajantes. Muitos países exigem que o visitante tenha um certificado de vacição. Por isso, tentamos mostrar aqui os motivos para você tomar a sua dose o quanto antes e não ter problemas no futuro.

Por que se vacinar contra febre amarela agora?

Mesmo que você não tenha uma viagem marcada para alguma região de risco, considere tomar o quanto antes sua vacina contra febre amarela. Por quê? É que o certificado só é válido a partir de 10 dias após a dose, ou seja, você não vai querer perder alguma viagem que pode surgir de uma hora para outra por causa disso, né?

Certificado de Vacina de Febre Amarela (Foto: Reprodução/Anvisa)O Certificado de Vacinação de Febre Amarela

O Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) é um documento que comprova a vacinação contra a febre amarela ou outras doenças. Alguns países, como o Brasil, recomendam que os visitantes tomem a dose, mas outras dezenas exigem este documento e podem mandar você de volta para casa ou nem mesmo deixá-lo embarcar sem o documento.

Quais países exigem?

A lista de países que exigem é grande e constantemente atualizada, seja se você chega de algum país com risco de transmissão, como o Brasil, ou então de qualquer outro lugar. Entre os que exigem estão destinos famosos, como África do Sul, Austrália, Equador, Índia, Panamá, Paraguai e Uruguai, além de ilhas do Caribe (veja lista completa elaborada pela Organização Mundial de Saúde).

A vacina

Tanto a vacina de febre amarela como o certificado são oferecidos gratuitamente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Embora a vacina faça parte do calendário nacional e esteja disponível em qualquer posto de vacinação em todos os Estados, o Certificado Internacional é emitido em Centros de Orientação de Viajantes da Anvisa, entre eles os postos dos aeroportos, terminais rodoviários e portos (veja a lista completa).

Contra-indicações

A vacinação contra a Febre Amarela é contra-indicada na gestação, para crianças menores de seis meses, indivíduos com alteração do quadro imunológico (ex: pessoas com AIDS, portadoras de leucemia, linfomas, tumores malignos e pacientes que façam uso freqüente de corticóides, alquilantes, antimetabólicos e radiação) ou que tenham alergia a ovo de galinha. A Anvisa ressaltamos que somente um médico poderá analisar a relação risco-benefício, tendo em vista o contexto epidemiológico. Se você se encaixa em algum desses perfis, pode pedir o Atestado ou Certificado de Isenção de Vacinação ou Profilaxia (CIIVP).

Prazo de Validade

A vacina de febre amarela garante proteção por 10 anos e o certificado segue esse prazo.

+ Tire outras dúvidas sobre a vacinação

Convencido(a) a tomar a sua dose e emitir seu Certificado Internacional? Não perca tempo e evite problemas em sua próxima viagem!

* Com informações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária

 

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.
12 respostas
  1. Olá!!!!passei por aqui porque pretendo visitar a Tailândia e queria tirar algumas dúvidas, super útil sua página, adorei.

  2. Gente, eu já fui quatro vezes… eu disse 4 vezes ao URUGUAY E NUNCA me pedira, solicitaram ou exigiram certificado de vacina contra febre amarela. Estou surpreso com essa noticia e vou pesquisar e me informar para não ter nenhuma surpresa da proxima vez. Obrigado!

  3. Olá, amigo! Parabéns pelo blog!

    Eu tenho como emitir esse certificado em outro país, que não seja o Brasil?

    Estarei na Europa e de lá irei pro Panamá, porém não tive tempo de emitir o certificado.

    Obrigado pela info!!!

    1. Oi Raphael, tudo bem? Muito obrigado!
      Infelizmente não sei de ninguém que tenha feito, mas provavelmente (com certeza) você pode tomar a vacina fora do Brasil. Vários países exigem esse certificado e não só de brasileiros. Só não sei se é de graça como aqui.
      Abraços

  4. Olá passei para conhecer seu blog ele é muito maneiro com excelente conteúdo gostaria de parabenizar pelo seu tabalho e desejar muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e de seus familiares
    Um grande abraço e tudo de bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.