Viagem Cuzco para Puno
Viagem Cuzco para Puno

Hoje acordei cedo para pegar o ônibus para Puno às 8h da manhã. A viagem de 7h de duração (desconfortáveis como nunca até aqui) foram mais uma atração. Primeiro um vendedor de balas avisou que só podia fazer xixi no banheiro e, para minha surpresa, tudo caía direto na estrada. Dava para ver o asfalto pela privada!

Depois, em cada cidade, crianças subiam no ônibus vendendo uns pães enormes, dentro de uma sacola. Foi na hora do almoço que tive nojo! Uma chola subiu no ônibus com uma trouxa, apoiou em duas poltronas, e começou a partir os pedaços de cordeiro assado ali mesmo – e com batata assada! Guarda-napo? Que isso! Era papel higiênico mesmo.

Iguarias à parte, o caminho foi lindo, com picos nevados e, quando chegamos a Puno, o azul do Lago Titicaca lembrava mar. Na rodoviária mesmo já encontramos (eu e Hernan) um bom hotel, Manco Capac Inn (s/35 – US$ 10 para nós dois), com direito a TV (com Walter Mercado em um programa) e banheiro privado.

Mas nem cheguei no hotel e já me ofereceram um passeio no fim de tarde às Islas Flotantes de Uros (s/15 – US$4). Foi lindo! Esses índios (Uros), para fugir dos Incas, construíram ilhas flutuantes com tororo (uma espécie de capim). São demais! Mesmo tendo ido sozinho ao pesseio, tirei várias fotos.

Na volta, o traslado me deixou no Terminal Terrestre, onde comprei passagem para La Paz (s/25 – US$7) com direito a um dia em Copacabana.

À noite, fomos comer sanduíches e refri (s/8 – US$2,50) e usamos a internet (s/1 – US$0,30). Na rua estava tendo um protesto de mineiros, foi incrível! O frio também não estava fácil, foi o maior até agora. Amanhã tenho que acordar às 6h40 para pegar o ônibus.

* Esqueci de contar que voltei da rodoviária de biketaxi por s/1 – US$0,30
* Outra coisa é que no Peru tudo é vendido na temperatura natural. Difícil encontrar alguma coisa “helada”.

 

Pra quem colou na escola:

O Lago Titicaca, com cerca de 8300 km² e situando-se a 3821m acima do nível do mar, é o lago comercialmente navegável mais alto do mundo e o segundo em extensão da América Latina.

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.