Se já é incômodo para muitos adultos, viajar de avião com crianças pode ser desconfortável pra elas também. Ficar horas parado ali dentro pode ser bem entediante e isso acaba mexendo com o humor dos pequenos.

Mas existem algumas dicas que tornam a viagem mais agradável. Que tal pensar em algumas coisas pra entretê-las? Além disso, listamos aqui alguns conselhos sobre documentação e até o preparo da mala.

VIAJAR DE AVIÃO COM CRIANÇAS

Viajar de avião com crianças (Foto via Shutterstock)
Foto via Shutterstock

ENTRETENIMENTO A BORDO
Distrair os pequenos pode ser mais simples do que você imagina, basta usar a criatividade.

1. Brinquedos
Leve na bolsa ou mochila o brinquedo favorito do seu filho. Vale ter um pra você também para que ele tenha a sensação de “brincar junto”.

2. Atividades
Algumas atividades bem simples podem distrair as crianças e evitar o incômodo da viagem. Já pensou em levar massinhas, livros pra colorir ou peças para montar? Outra sugestão é levar folhas brancas e lápis de colorir. Você pode começar o desenho e incentivar seu filho a terminá-lo.

Dá também pra brincar de atividades verbais, como o Jogo das Palavras. Escolha uma palavra e peça pra criança dizer outra que tenha relação com a sua. Depois é a sua vez e assim vocês montarão um círculo de palavras em comum.

3. Tecnologia
Use a tecnologia a seu favor. Depois de autorizado, ligue seu celular no modo avião e vá passando fotos e peça pra criança adivinhar quem são os familiares e amigos que estão nelas.

Vale também levar um tablet ou DVD portátil com desenhos que a criança goste de assistir. Não esqueça do fone de ouvido.

4. Hora do lanche
Com o serviço de bordo cada vez mais restrito, leve lanchinhos que a criança goste. O simples fato da hora do lanche pode distraí-las e tornar o voo mais agradável.

 

FAZENDO AS MALAS
• Faça uma lista com antecedência das coisas que você acha que irá precisar na viagem. Isso evita que você carregue coisas que nem irá precisar, já que no avião há limite de peso da bagagem por passageiro (normalmente 23kg em voos no Brasil e 32kg para o exterior).

• Leve em consideração o clima no destino, as atividades e quantos dias a viagem vai durar.

• Não se esqueça de organizar os documentos e a carteirinha do plano de saúde ou número do SUS da criança. Se for viajar com bebês, leve ainda o cartão de vacinação e certifique-se de ter o telefone do pediatra salvo no seu celular.

 

RESTRIÇÕES
As companhias aéreas do Brasil orientam que crianças de até cinco anos não podem embarcar desacompanhadas de um maior de 18 anos responsável. Crianças de 0 a 1 ano e 11 meses não pagam passagem desde que sentem no colo de um adulto responsável ou de uma criança maior de 12 anos, nesse caso também acompanhada. É permitido uma criança de colo por cliente. Se for para o exterior, consulte a empresa aérea.

Viajar de avião com crianças (Foto via Shutterstock)
Foto via Shutterstock

 

DOCUMENTAÇÃO
Viajar de avião com crianças pede uma atenção especial com a documentação:

Voos Nacionais
Para embarcar com um menor de 12 anos você vai precisar apresentar o documento original ou autenticado da criança, podendo ser:

• Certidão de nascimento;

• Passaporte;

• Carteira de Identidade (​RG);

• Cartão de Identidade expedido por ministério ou órgão subordinado à Presidência da República, incluindo o Ministério da Defesa e os Comandos da Aeronáutica, da Marinha e do Exército;

É imprescindível que a filiação ou parentesco com o responsável fique comprovado no documento de identificação da criança. O adulto também deverá apresentar um documento de identificação válido. De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, o menor pode viajar com parente de até o terceiro grau, desde que comprovado documentalmente o parentesco.

Além disso, é possível que crianças e adolescentes viajem desacompanhados de ambos os pais, desde que observadas as exigências legais. Consulte a empresa aérea com antecedência.

Voos Internacionais
Para embarcar com um menor de 18 anos, você deve apresentar um documento original da criança que comprove a filiação ou parentesco com o responsável, podendo ser:

• Passaporte válido;

• Carteira de identidade (RG) se o destino for um dos países dessa lista.

Caso a criança viaje com apenas um dos pais (ainda que ambos viajem para o mesmo destino, mas estejam em voos diferentes) é necessário apresentar, também, a autorização do outro.

Em viagens internacionais, menores precisam de autorização dos pais ou responsáveis para viajarem sozinhos. O Sistema Nacional de Passaportes (SINPA) permite que novos passaportes sejam confeccionados com a autorização impressa na página de identificação do documento. Caso o passaporte não contenha o campo de permissão, é necessária apresentação de autorização reconhecida em cartório para deixar o Brasil (saiba tudo).

+ 9 países que você pode viajar apenas com RG
+ Que produtos podem ou não entrar no Brasil na volta de uma viagem?
+ Quais países onde brasileiros não precisam de visto?

* Pauta sugerida pela assessoria de imprensa da Gol

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.