Roteiro a pé pelo Centro Histórico de Recife

O nome de Recife teve origem a partir dos arrecifes de suas praias, formações naturais que hoje não só dão origem às piscinas de Boa Viagem como também protegem os banhistas de ataques de tubarões.

A capital pernambucana é uma das cidades mais importantes da história do Brasil. Não é à toa que uma visita ao Centro Histórico de Recife é uma viagem ao passado. Quem conhece o também chamado “Recife Antigo” volta aos tempos da colonização portuguesa, que começou no século XVI, e percebe a influência dos anos sob domínio holandês (de 1630 a 1654). Durante o dia, a região ainda vibra com o movimento do comércio, mas é excelente para ser percorrida a pé. À noite, as ruas com prédios bem preservados lotam de mesinhas de bares e restaurantes, ao som dos mais diversos ritmos.

Comece pelo Marco Zero, palco principal das manifestações culturais e populares da cidade, entre eles do famoso Carnaval recifense.

Marco Zero, Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Apresentação de Maracatu no Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Ali também fica o Centro de Artesanato de Pernambuco, com uma grande loja, espaço gastronômico e galeria de arte.

Centro de Artesanato no Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Aproveite para conhecer os novíssimos Armazéns do Porto, um espaço com muitos bares e restaurantes.

Seguindo pela Av. Marquês de Olinda, chegamos à Igreja Madre de Deus, imponente construção em estilo barroco.

Igreja Madre de Deus no Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Ao lado fica o shopping Paço da Alfândega, adaptado em um lindo prédio onde funcionava a alfândega de Recife. Um terraço panorâmico, que infelizmente estava em manutenção, promete uma linda vista do Centro Histórico.

Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Siga

A partir da parte de trás do Paço,  já avistamos o Rio Capibaribe e suas pontes, que deram fama à cidade de Veneza Brasileira. Passeios de catamarã (a partir de R$50 – consulte preços no site) percorrem o rio e as três ilhas que formam o Recife Antigo, além de contar histórias sob uma perspectiva diferente.

Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Se decidir cruzar a Ponte Maurício de Nassau, encontrará do outro lado um centro mais movimentado, com comércio popular, típico das grandes cidades brasileiras.

Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)Nessa região ficam o Teatro Santa Isabel, o lindo prédio do Tribunal de Justiça e a Brasília de Nossa Senhora do Carmo, que data do século XVII.

Não muito distante dali fica a Casa da Cultura, uma antiga prisão onde funciona um grande centro de artesanato. É muito interessante ver que as lojas funcionam em celas preservadas. Ótima opção para quem quer comprar lembrancinhas.

Casa da Cultura, Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Casa da Cultura, Centro Histórico de Recife (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Pegamos um táxi de volta à região do Marco Zero, que com o cair da noite ficou ainda mais animado. Destaque para os bares da Rua da Moeda, próximo ao Paço da Alfândega.

A primeira sinagoga das Américas, a Kahal Zur Israel, fica pertinho dali, na linda Rua do Bom Jesus. Ainda no Centro Histórico de Recife, vale visitar o Teatro Apolo (o primeiro da cidade) e o Palácio do Governo. O Paço do Frevo é um novo espaço dedicado ao ritmo pernambucano. Um centro cultural de primeira!

 

CENTRO HISTÓRICO DE RECIFE

COMO CHEGAR
É possível ir de ônibus a partir de Boa Viagem e outras praias (consulte o site). O metrô chega até a Estação Recife, próxima à Casa da Cultura. Um táxi a partir de Boa Viagem custa entre R$15 e R$20.

 + Confira mais dicas de Recife

Booking.com

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 10 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. Josean Morais disse:

    Recife é um lugar exótico, colorido e muito divertido.
    Excelente opção de viagem e diversão.

  2. Boia disse:

    Oi, Rafa. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *