Dicas e relatos de Nha Trang, o balneário mais badalado do Vietnã

Quando planejei minha viagem ao Vietnã, além de conhecer as metrópoles malucas, remanescências da guerra e o paraíso de Halong Bay, fiz questão de incluir no roteiro alguns dias de descanso numa cidade do litoral. Após muitas pesquisas, descobri Nha Trang, a mais badalada cidade de praia do país. Foram três dias incríveis num dos lugares que mais gostei de toda a viagem.

Além de ser o balneário mais famoso do país, Nha Trang também é famosa por seu agito. A cidade lembra as praias brasileiras, com altos prédios à beira mar e um grande calçadão.

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A água tem cor azul anil, variando de tonalidade de acordo com a região.

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Com clima quente e úmido durante boa parte do ano, é destino certo de vietnamitas e principalmente de turistas da Rússia na alta temporada (maio, junho e julho). Tanto que os cardápios e placas estão quase sempre também em russo.

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Para os amantes de esportes aquáticos, Nha Trang é um prato cheio. Você encontrará as mais diversas modalidades a preços infinitamente mais baixos que no Brasil.

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Por ser a mais procurada cidade de praia do Vietnã, a estrutura de hotéis e restaurantes é excelente, com o diferencial de ter os baixos preços do país. É uma boa chance para quem tem vontade de ficar em um hotel de luxo sem precisar gastar todas as economias pra isso.

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Um dos lugares que mais gostei na orla e que visitei todos os dias foi o clube de praia Louisiane Brewhouse. Com espreguiçadeiras confortáveis na praia, piscina na orla, restaurante e serviços como toalhas, massagem e garçons, tem uma estrutura invejável para qualquer barraca de praia brasileira.

Louisiane Brewhouse em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Louisiane Brewhouse em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Louisiane Brewhouse em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Louisiane Brewhouse em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

E paga quanto? Bem pouco pela cadeira de praia (cerca de US$1). É possível ainda alugar toalhas e usar a piscina. Para quem gosta de cerveja artesanal, o Louisiane Brewhouse produz a sua própria ali mesmo em diversos estilos do produto, entre eles pilsener, dark lager e red ale (em torno dos US$2,50).

Louisiane Brewhouse em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Louisiane Brewhouse em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Os preços são um pouco mais altos que a média da cidade, mas ainda baixos para nós brasileiros. Aproveite o restaurante para uma refeição para espantar o calorão, como uma salada ou frutos do mar.

Louisiane Brewhouse em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Louisiane Brewhouse em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Agências locais oferecem diversas modalidades de passeios de barco pelo litoral. Dizem que vale muito a pena, assim como a prática de mergulho ou snorkel, mas infelizmente não tive tempo. Nos fins de tarde, o calçadão de Nha Trang é tomado por famílias. Não estranhe o fato de que os vietnamitas costumam fazer picnic em todos os lugares.

 

VIDA NOTURNA

Quando a noite cai, as ruas Tran Quang Khai e Nguyen Thien Thuat, próximas da orla, são destino de quem procura os bares mais badalados e bons restaurantes.

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Eu virei fã de um chamado Oasis. Atendimento perfeito, cerveja barata e pratos deliciosos.

Ostra em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)Lula e fritas em Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

 

 

 

 

 

Para aproveitar melhor, procure hospedar-se na redondeza. Essa região também é ótima para compras de souvenirs e outros produtos.

 

DICAS DE NHA TRANG

QUANDO IR
A cidade tem um microclima bem peculiar, com chuvas entre outubro e dezembro. Portanto evite essa época. Na temporada (maio, junho e julho), o balneário é mais agitado e os preços um pouco mais altos.

 

COMO CHEGAR

Avião

Aeroporto de Nha Trang, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O aeroporto de Nha Trang foi fechado recentemente para voos comerciais. A cidade agora é atendida pelo Aeroporto de Cam Ranh, a 28Km de cidade. Vietnam Airlines, Jetstar e Vietjet voam para HanóiHo Chi Minh City (Saigon). Há voos internacionais durante a temporada, principalmente para a Rússia. Um táxi até o centro sai por menos de US$20. Eu utilizei uma van da Vietnam Airlines, que leva mesmo aqueles passageiros que não tenham voado pela companhia até o antigo aeroporto, também no centro, por VND 60.000 (menos de US$3).

Ônibus

A melhor maneira de turistas circularem de ônibus pelo Vietnã é por meio dos open tour bus, ônibus particulares operados diariamente por agências de viagens por todo o país. São mais rápidos e muito confortáveis, inclusive com as curiosas bicamas. Uma das agências mais famosas é a The Sinh Tourist, que utilizei no meu tour por Halong Bay. Fique atento às distâncias. Podemos achar que o país é pequeno, mas não é. De Hanói até Nha Trang, por exemplo, a viagem pode durar mais de 20h (1400Km). Até Ho Chi Minh City, umas 9h (450Km).

Trem

O Vietnã tem uma boa malha ferroviária que corta o país de norte a sul, ligando a capital Hanói a Ho Chi Mihn City. O trajeto é longo, mas existem trens confortáveis. Confira horários, preços e trajetos no site da Vietnam Railways System.

 

ONDE FICAR?

A melhor área para se hospedar é próximo da região com vida noturna,  perto das ruas Tran Quang Khai e Nguyen Thien Thuat e da orla.

+ Consulte preços e reserve hotéis em Nha Trang

+ Confira outras dicas e relatos do Vietnã

Booking.com

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 10 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. Marlucef disse:

    Oi Rafael!!! Estou aqui agoraaaaa neste momento vim com sua indicação é o lugar éé mesmo maravilhoso!!! Pena que agora eles cobram tuuuuuso até pra pisar na areia (quase)! Mas aproveitamos mesmo assim!!!

  2. planejandoaviagem disse:

    Oi Rafael, cheguei aqui pelo VnV. Adorei seu post, não sei se fico triste ou feliz com ele,pois já fui ao Vietna e deixei esse lugar de fora :(. Parabens pelo blog!

    • Olá, obrigado pela visita. E que legal que você foi ao Vietnã, é um país incrível, né? Muita gente tentou me convencer a não ir a Nha Trang, por ser um balneário muito turístico, etc. Qual o problema nisso? Ainda bem que fui e adorei. Um dos meus lugares preferidos de todas as viagens que já fiz.
      Abraços

  3. Boia disse:

    Oi, Rafa. Tudo bem? 😀

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.

    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie – Boia

  4. Livio Mathias disse:

    Que azul sensacional!

  5. julianabacci disse:

    Muito lindo, Rafa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *