Seis partes mais contaminadas por germes no avião

Um estudo recente feito por especialistas em saúde da Drexel Medicine, nos Estados Unidos, e divulgado pelo The Sun descobriu os seis lugares com mais germes no avião comercial.

BACTÉRIAS E GERMES NO AVIÃO

A maioria dos germes no avião se concentra bem abaixo do nosso nariz: nos bolsos dos assentos e nas mesinhas e bandejas devido ao uso constante e à falta de limpeza das aeronaves.

O estudo constatou que os bolsões dos assentos podem conter restos de vômito e unhas. Enquanto as mesas são usadas para tudo, desde trocar fraldas até esconder chiclete.

 

Germes no avião (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

Germes no avião (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

Na disputa pelo local mais nojento do avião, as mesas e os bolsões ficaram na frente do banheiro, que também é muito usado e raramente é limpo entre as paradas. A dica é tentar não tocar em nada sem uso de um lenço e abaixar a tampa do vaso antes de limpar a mão. Para o banheiro, algumas companhias já têm utilizado luzes ultravioletas para fazer uma “auto-limpeza” no ambiente.

Germes no avião (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

E para esquentar daquele frio que faz no avião e dormir um pouquinho? Esqueça os cobertores e travesseiros. De acordo com o estudo da Drexel Health o viajante deve pensar duas vezes antes de se enrolar numa daquelas mantas. Muitas vezes, eles são reembalados sem passar por qualquer tipo de limpeza.

Germes no avião (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

Até mesmo o sistema de entretenimento não está salvo dos germes. De acordo com a pesquisa, aquela tela também pode ser um risco à saúde, já que todos colocam os dedos e ninguém sabe por onde passaram aquelas mãos. O estudo sugere que o passageiro leve seu tablet, revistas e livros. Mas como ninguém é de ferro, a outra dica deles é evitar colocar os dedos no rosto depois de usar o sistema de entretenimento.

Germes no avião (Foto: Shutterstock)

Foto via Shutterstock

As revistas que ficam disponíveis nos aviões também estão repletas de bactérias, já que elas só estão limpas quando chegam pela primeira vez no avião. Algumas passageiras usaram a revista para tapar o espirro ou a tosse, por exemplo, e depois a colocam de novo no bolsão.

Por isso, os passageiros devem tomar medidas que evitem a contaminação por bactérias e germes no avião: levar álcool em gel, limpar as bandejas e mesas com lenços umedecidos, evitar colocar alimentos e artigos pessoais nos bolsões, e levar, inclusive, seu próprio travesseiro, cobertor e entretenimento.

+ 10 mitos e verdades sobre viajar de avião que vão te surpreender
+ Você sabia que avião tem buzina? Descubra para que ela serve

Booking.com

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

2 Comments

  1. Amanda disse:

    Bom saber! O jeito é levar álccol em gel e mantinhas de casa.

  2. Marjorie disse:

    Que nojo. Até os cobertores? Morro de frio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *