Hanói: A fascinante e tumultuada capital do Vietnã

Hanói, no Vietnã, sofre do mesmo mal de outras cidades como Brasília e Ancara, na Turquia: embora seja a capital do país, é praticamente desconhecida pelos estrangeiros. A velha “Dama do Oriente” é abafada por Ho Chi Minh (antiga Saigon), a maior e mais rica cidade vietnamita.

Mas a capital do Vietnã tem muita coisa para ser vista, embora cause sentimentos paradoxais nos visitantes, numa mistura de estresse e surpresa. Embora seja a cidade mais caótica que visitei no país, ela tem seu charme, além de ser ponto de partida para quem quer visitar Ha Long Bay, a mística baía com mais de 2 mil ilhas declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

HANÓI: A FASCINANTE CAPITAL DO VIETNÃ

Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Antiga capital do Vietnã do Norte (comunista, apoiado por China e URSS), Hanói tornou-se capital da atual República Socialista do Vietnã depois de vencer o Vietnã do Sul (apoiado pelos EUA) na Guerra do Vietnã. Com mais de 6 milhões de habitantes, é uma das cidades mais fascinantes do Sudeste Asiático, um lugar vibrante que respira história.

 

LAGO HOAN KIEM

Lago Hoan Kiem - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Coração da cidade e um dos pontos mais agradáveis é o Lago Hoan Kiem, que serve mais do que refresco para o calorão vietnamita e ponto de encontro dos moradores da cidade. É ainda um importante ponto de referência para você que com certeza vai se perder por ali. A margem é cheia de cafés, restaurantes e bares, além das melhores opções de hospedagem, afinal este é o centro turístico. Procure um dos bares com terraço para ter a melhor vista.

Lago Hoan Kiem - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

No centro do Hoan Kiem, em uma pequena ilha, fica Tháp Rùa (ou Torre da Tartaruga), um dos símbolos da cidade erguido entre os séculos XVII e XVIII, antigo local de pesca do rei Le Thanh Tong. Passeios de barco são oferecidos até a ilhota a um pequeno custo.

Lago Hoan Kiem - Templo da Tartaruga - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Dos mais de 600 templos e pagodas, provavelmente o mais visitado é o Templo Ngoc Son, também no Lago Hoan Kiem, construído no século XVIII e que pode ser acessado por meio da charmosa Ponte Huc. Quem quiser entrar, precisa pagar alguns poucos centavos de dólar.

Lago Hoan Kiem - Templo Ngoc Son - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)Lago Hoan Kiem - Templo Ngoc Son - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

 

 

 

 

O ANTIGO BAIRRO

O lago é a porta de entrada para a Ásia que você viu nos filmes. Imagine um emaranhado de 36 ruas sinuosas e caóticas, tomadas por motos, onde se vende de tudo. Esse é o Old Quarter (Khu phố cổ Hà Nội), o centro nervoso de Hanói.

O Antigo Bairro - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O Antigo Bairro - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Ótima para compras, é a região onde podem ser encontradas as melhores opções de alimentação barata, além das principais agências de turismo. É o centro nervoso da cidade.

O Antigo Bairro - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)O Antigo Bairro - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

 

 

 

 

O Antigo Bairro - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O Antigo Bairro - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O Antigo Bairro - Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)Nos fins de semana, a partir das 18h30, as ruas Hàng Đào e Hàng Ngang são fechadas e se transformam em um imenso mercado noturno, que se espalha por diversas quadras. A única coisa a se lamentar é que os produtos vendidos ali são, em sua maioria, falsificações chinesas. Mesmo assim vale a visita, nem que seja para provar a culinária local nos botecos na calçada.

Mercado Noturno em Hanói, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado Noturno em Hanói, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

VIDA NOTURNA

O Bairro Antigo (Old Quarter ou Khu phố cổ Hà Nội) também reúne os bares mais disputados por turistas e vietnamitas nos fins de tarde. As mesinhas saem das pequenas portas e se espalham pelas ruas e calçadas até o primeiro policial aparecer e todos se levantarem com seus banquinhos em mãos. Assim que a polícia vai embora, todos voltam a seus postos munidos de muitos amendoins, que deixam as ruas cheias de cascas. É o happy hour de Hanói!

Vida em Hanoi, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Quem procura bares com estilo mais “gringo”, uma boa pedida é a Rua Tạ Hiện, onde ficam os animados e mais frequentados por estrangeiros Fat Cat BarFinnegan’s Irish Pub. O único ponto negativo é que TUDO na cidade fecha à meia-noite. Quando dá o horário, a polícia passa de estabelecimento em estabelecimento para cumprir a ordem. Existem algumas baladas “clandestinas” na região, para onde a maioria dos turistas vai depois que os bares fecham.

 

CATEDRAL DE ST. JOSEPH

Catedral St. Joseph - Hanói, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Ao contrário dos países vizinhos, é bastante comum ver igrejas católicas no Vietnã. Uma das mais bonitas fica em Hanói, também próxima do Lago Hoan Kiem. Inaugurada em 1886, a Catedral de St. Joseph (Rua Nhà thờ) tem estilo neogótico e fica aberta à visitação. Praticamente o dia todo há ensaios de corais, que podem ser ouvidos até mesmo da rua. Durante a missa principal, nos fins de tarde de domingo, a igreja fica pequena e a praça em frente é tomada por fiéis.

 

TEMPLO DA LITERATURA

Templo da Literatura - Hanói, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Outra das atrações mais disputadas de Hanói é o famoso Templo da Literatura (Rua Văn Miếu – cerca de 10 minutos de táxi do Lago Hoan Kiem). Construído em 1070 em homenagem a Confúcio, é uma joia da arquitetura vietnamita e foi a primeira universidade do país. Os jardins são uma atração à parte. Aberto das 8h às 17h, exceto às segundas, o ingresso custa 10.000d (US$0,50).

Templo da Literatura - Hanói, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Templo da Literatura - Hanói, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

A CIDADE DOS CAFÉS

Assim como o colombiano e brasileiro, o café vietnamita é um dos mais famosos do mundo. Em Hanói, mais do que em qualquer outro lugar do Vietnã, você vai perceber isso. As ruas são tomadas por cafeterias, das mais chiques e americanizadas às mais simples e originais, sempre lotadas de moradores locais, que apreciam a bebida.

Cafés em Hanói, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

 

COMO CHEGAR

Aeroporto de Hanói, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Avião

O principal aeroporto do Vietnã é o de Ho Chi Minh, mas Hanói recebe alguns voos internacionais, principalmente de Bangkok (na Tailândia), de Siem Reap (no Camboja) e de Kuala Lumpur (Malásia). Algumas das principais companhias aéreas que operam no Aeroporto Noi Bai são AirAsia, Cambodia Angkor, Vietnam Airlines, Vietjet (a low-cost do Vietnã), Qatar e Jetstar.

A Vietnam Airlines opera um serviço de vans entre o aeroporto e o escritório da empresa na região da Catedral de St. Joseph. Você pode embarcar nelas mesmo se não tiver voado pela companhia aérea. A tarifa sai por menos de US$3 e esse é sem dúvida o melhor custo-benefício de traslado. Táxis comuns custam cerca de US$20 no mesmo percurso.

Ônibus

Hanói tem três terminais de ônibus que partem para todas as regiões do país. Não se esqueça que uma viagem entre o norte e o sul do país pode levar mais de 30 horas. Uma boa opção para quem vai viajar de ônibus no Vietnã são os open tours bus, ônibus privados e confortáveis que são a preferência dos turistas estrangeiros. Qualquer agência vende passagens para os mais diversos destinos nesses veículos. Você vai notar que as poltronas são super curiosas, espécie de beliches nas quais um passageiro vai deitado sobre o outro (consulte horários e preços). Mas é muito confortável!

Trem

Viajar de trem pode ser uma boa, econômica e confortável opção no Vietnã, dependendo da classe. Mas assim como o ônibus, uma viagem de trem entre Hanói e Ho Chi Minh, por exemplo, pode levar até 40 horas. Consulte horários e preços no site da Vietnam Railways.

Agências

Tive algumas dificuldades para comprar passagens aéreas e passeios pela internet enquanto ainda estava no Brasil e acabei usando o serviço das agências mais renomadas. Duas delas são a Buffalo Tours e The Sinh Tourism.

 

ONDE FICAR

Região do Lago Hoan Kiem - Hanói, Vietnã (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Em um post próprio, iremos fazer um review do nosso hotel, o Splendid Star Suites. Enquanto isso, o melhor lugar para se hospedar é a região do Lago Hoan Kiem.

+ Consulte preços de hospedagem em Hanói

+ Veja sugestão de roteiro completo pelo Vietnã

Booking.com

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 10 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

19 Comments

  1. Cindy disse:

    Rafael, adorei seu blog, parabéns. Gostaria que vc me ajudasse com uma questão, pretendo visitar a Tailândia, Laos, Vietnam, Camboja e Mianmar. Qual seria a melhor ordem para visitar cada país?

    • Oi Cindy, tudo bem? Muito obrigado.
      Então, eles são países todos bem próximos. Acho que a ordem vai depender mais dos voos que você encontrar entre eles. Normalmente a porta de entrada é Bangkok, mas Ho Chi Mihn, no Vietnã, também tem voos pra Dubai, com conexão pro Brasil, por exemplo. Entre eles, a AirAsia é sempre uma boa opção com preços mais baixos. Pesquise passagens em sites como Skyscanner ou Kayak que aparecerão essas companhias de baixo custo daqui.
      Abraços, fico à disposição.

  2. Estevan disse:

    Mais que completo e excelente post! Me ajudou muito. Obrigado Rafa pelas dicas!

  3. Demario disse:

    Oi Rafael, to indo ao Vietnam no inicio de Novembro, serão 6 dias no vietnam e 7 na Tailandia. Uma duvida, qual a melhor forma de se transportar em Hanoi? tipo aeroporto-hotel…
    Voce chegou a ir a Hoi An? reservei 2 dias por la…se tiver alguma dica do lugar agradeço
    Bom, parabens pelo site! muito util!

  4. Geraldineli disse:

    Oi Rafael.
    Parabéns pelo post.
    Viajo para Hanoi no próximo dia 15 de janeiro.

    Um pergunta: Estou confuso quanto à moeda local, o Dong. O Dólar norteamericano vale cerca de 20 ou 20.000 Dongs ? Há duas moedas em circulação, uma velha e outra nova ? Onde é melhor trocar os dólares ? No Aeroporto ? No Hotel ? Nas Casa de Câmbio ? Meu problema é que chegarei num sábado pela manhã cedo.

    Quanto à Segurança, pergunto se pode-se andar tranquilamente pelo Old Quarter, guardando é claro as devidas precauções ?

    No mais, muito obrigado desde já.
    Geraldineli
    Niteroi/RJ

    • Oi Geraldineli, tudo bem?

      Obrigado pelo contato! A moeda é o Dong, você precisará trocar os dólares por Dong's no aeroporto mesmo ou sacar num caixa eletrônico. Com exceção de hotéis e coisas muito turísticas, o dólar não é aceito.

      Sobre segurança, andei muito sozinho à noite. Não senti medo. Mas lembre-se que tudo sempre fecha à meia-noite.
      Abraços e ótima viagem!

  5. Cristiano disse:

    Bacana o post e as informações, parabéns!
    Uma pergunta, é fácil se virar por lá falando inglês? Estou pretendendo ir fazer um trabalho voluntário de 6 meses.
    Outra pergunta, pelos preços que vc citou, posso concluir que o custo de vida em Hanói seja barato?
    Desde já muito obrigado.

  6. Lili disse:

    Oi Rafael….Ótimo Post….Uma dúvida: a van para na Catedral de St. Joseph, da Catedral você foi caminhando para o teu hotel? Ou pegou um taxi ? Caso foi caminhando, quanto tempo você levou? O hotel que ficarei, é bem próximo ao que você ficou. E do hotel para o aeroporto, é possível pegar essa mesma van da cia aérea? Abraço.

    • Oi Lili, obrigado pela visita. A catedral fica exatamente em frente ao hotel onde me hospedei, só atravessar a rua. A van para a umas três quadras dali. Com um mapinha você chega. Na volta para o aeroporto também usei a mesma van.
      Abraços, fico à disposição.

  7. Luiz Antonio disse:

    Sinceramente,estou aqui, mas a vontade que tenho e de ir embora correndo daqui! lugar muito stressante e sem nenhum atrativo.Minha maior espectativa sera Ha long Bay que irei amanha!
    Estou bastante triste ,pois nao superou nem um pouco minhas espectativas.

    • Oi Luiz, Hanói realmente é muito estressante. Se você não conseguir "achar graça" na correria maluca da cidade, não irá gostar mesmo. Mas pode deixar que Halong Bay irá fazer você esquecer tudo isso. Assim espero 😀 Volte pra contar como foi!
      Abraços

  8. Ludmy disse:

    Ótimo texto com detalhes e dicas muito importantes. Obrigada, Rafa!

  9. Simone J. disse:

    Excelente post Rafael, parabéns! Curioso e muito bacana descobrir esta cidade pouco explorada ( mas bem peculiar), através de seu relato e fotos curiosas. Valeu!

  10. Douglas disse:

    Flashback, deja vu e outras variações… Curti o post!! Essa cidade é inesquecível!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *