8 dias na estrada e 1 dia que valeu por todos

Já tentando fazer snowboard sem professor

Já tentando fazer snowboard sem professor

Sabe aquele dia que vale por tudo, por toda a economia gasta, por todos os apuros, riscos de gripe suína, quartos compartilhados, chuveiros frios e horas de viagem? Pois é, essa quarta valeu por tudo! Conhecer o Cerro Catedral em Bariloche e fazer snowboard foi simplesmente incrível e inesquecível.

Eu e a Julia acordamos de madrugada hoje, pelo menos pros parâmetros daqui, já que só amanhece às 9h30. Às 8h já estávamos no ponto esperando o circular para o Cerro Catedral ($6 – US$1.6). Como contei ontem, nós já havíamos contratado tudo, então foi só chegar, pegar os equipamentos e aguardar o instrutor.

Enquanto isso, vimos o nascer do sol lá do alto do cerro, num frio inimaginável, onde só se via neve e o sol. Lindo! No meio disso, olhem como o mundo é pequeno, encontrei o Hernan, o Argentino professor de snowboard que conheci no Peru e viajamos juntos no primeiro mochilão. Pra quem não se lembra, segue uma foto.

Foi então que o instrutor John chegou – super gente fina – e nos ensinou por 2h algumas manobras de snowboard. Era uma pista meio lotada, cheia de gente aprendendo e o maior medo era atropelar alguém. Mas não demorou muito e eu já caí, fui atropelado, atropelei…

Sanduíche caseiro pra economizar

Sanduíche caseiro pra economizar

Depois das aulas, uma pausa pro almoço, um sanduíche que nós fizemos e levamos, afinal onde tem só coisa cara não pode faltar mochileiro farofeiro! Estava ótimo e economizamos pelo menos uns $50 dos restaurantes do Cerro Catedral, que aliás, é cheio de lojas, shoppings e cafés.

De volta ao snowboard, agora sozinhos, foi vez de levar mais tombos, mas também de já fazer algumas boas manobras e descer a pista sem cair. Foi então que descobri que o passe que nós tínhamos era pra todas as pistas, incluindo as intermediárias e avançadas, então lá fomos nós de teleférico pro alto da montanha.

httpv://www.youtube.com/watch?v=fhBfQ5bgI70

Ao chegar lá, debaixo de muita neve, a altura dava muito medo e fiquei receoso de não conseguir fazer nada. Mas a Julia já se jogou morro abaixo, caindo, levantando, e lá fui eu atrás. Demais! As pessoas passavam por nós e diziam que éramos loucos, que lá era todo mundo experiente. Mas eles caíam também…

Afinal o dia foi incrível, até mesmo a espera de 1h pra voltar de circular, tudo valeu a pena! Chegamos a Bariloche – ou Brasiloche, afinal hoje nem precisei arranhar no espanhol já que só tinha brasileiro – só às 20h30, num vendaval e muito frio. Tomei banho, arrumei a mochila e amanhã às 8h parto de volta pro Chile, com um bônus de viagem: às 14h chego em Puerto Varas, uma cidade que incluí por acaso no roteiro, onde fico até à noite, quando pego o ônibus pra Santiago.

Depois conto tudo! Valeuuu, adeus Bariloche!!!!

Agradecimento

Não posso deixar de agradecer a Raquel, dona daquele gatinho que está junto dos objetos enviados pelos amigos, que me emprestou o casaco que me salvou do frio da neve hoje!

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. Icaro Tharsis disse:

    Muito legal cara, pretendo fazer isso muito em breve!

    Quando será a proxima viagem?

    Abraço! Good Luck!

  2. Juliane disse:

    Que lindooooooooooo!!!
    Tô achando o máximo a sua viagem.
    Beijocas

  3. Marta disse:

    Ei Rafa,que inveja boa dessas suas aventuras.Como que vc deu conta de esquiar na pista mais avançada?Só de olhar a foto me deu medo!!Fico feliz por você estar realizando os seus sonhos.Beijos e até SV.

  4. Adolfo disse:

    Nossa! Que vontade de esquiar! Sabia que ia valer a pena ter economizado em algumas coisas pra poder gastar em Bariloche! Ahhh! Se por um lado eu nao vejo a hr de vc voltar (hahahaha to tenso huauhauh), por outro, queria mais posts! Se bem que em breve tem mais, né? Feriados e suas férias de verdade! PS: Adorei a foto do “amanhecer”!

  5. Eu iria levar maior tombão. Vc é corajoso. Eu nunca vi neve ainda. Que vontade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *