Barco Cisne Branco: Como é o passeio de barco em Porto Alegre

O passeio no Barco Cisne Branco é um dos programas mais legais que fizemos em Porto Alegre. Esse ícone da cidade navega há anos no Guaíba e há pouco tempo foi totalmente restaurado. Hoje a estrutura surpreende, como já vi em poucas embarcações turísticas no Brasil.

Os passeios diários partem em dois horários do cais em frente ao Mercado Público da capital gaúcha e duram cerca de uma hora. Nos finais de semana há ainda outros horários, incluindo happy hour com música ao vivo. Ao longo do ano, também acontecem eventos especiais, como sushi a bordo e até balada.

Abaixo contamos todos os detalhes da nossa experiência nesse passeio de barco em Porto Alegre.

BARCO CISNE BRANCO EM PORTO ALEGRE

Como disse no começo, o Barco Cisne Branco tem uma estrutura muito boa. São três andares, sendo o primeiro onde fica a pista de dança para os eventos com balada, o segundo onde fica o restaurante/bar e, por fim, o terceiro é aberto e de onde se tem a melhor vista do tour.

+ Encontre hotéis na cidade com até 50% de desconto

Barco Cisne Branco em Porto Alegre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Barco Cisne Branco em Porto Alegre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Barco Cisne Branco em Porto Alegre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O passeio convencional, que é diário, parte sempre às 15h do Cais Mauá. Para os horários das 10h30 e 16h30 é preciso confirmar antes, já que eles só acontecem com no mínimo 20 passageiros. Em todos eles o bar está aberto e vende bebidas e petiscos, além de refeições dependendo do tipo de tour. A capacidade é para 200 passageiros e 20 tripulantes.

Barco Cisne Branco em Porto Alegre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado Público de Porto Alegre

Partimos do Cais de Porto Alegre e navegamos por cerca de uma hora pelo Guaíba, que apesar de chamarem de rio na realidade é um lago. Essas e outras explicações são feitas pelo sistema de som em português e inglês.

Barco Cisne Branco em Porto Alegre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Pra quem busca uma vista panorâmica, os melhores lugares para ficar são no último andar e também na proa. A navegação é bem tranquila e as águas estavam supercalmas no dia do nosso passeio, não balançou nem um pouco.

Barco Cisne Branco em Porto Alegre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Quando o Barco Cisne Branco vai se afastando é que se tem uma das vistas mais bonitas do skyline de Porto Alegre e também da Usina do Gasômetro, um dos cartões postais da cidade. Entre uma informação e outra, músicas que têm como tema a capital gaúcha são tocadas.

Barco Cisne Branco em Porto Alegre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Barco Cisne Branco em Porto Alegre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Nós fizemos o tour convencional, mas no happy hour dos finais de semana, que acontece às 16h30, normalmente há música ao vivo. A programação mensal pode ser conferida no site.

Essa é a única embarcação de turismo do Rio Grande do Sul que conta com acessibilidade a pessoas com necessidades especiais. Mas como pode haver alguma dificuldade no acesso pelo cais, é sempre bom consultar a empresa antes para que eles possam dar as orientações de chegada.

Barco Cisne Branco em Porto Alegre (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Navegar pelo Guaíba a bordo do Barco Cisne Branco foi uma experiência bem legal, ainda mais que o dia estava lindo e era nossa primeira vez na cidade. Valeu a pena!

ONDE PEGAR O BARCO CISNE BRANCO

O barco sai do Cais Mauá em Porto Alegre, bem pertinho do Mercado Público (acesso via passarela subterrânea) e da estação de trem Mercado. Há convênio com desconto com a Garagem Mauá (Av. Mauá, 1263). O endereço do cais é Av. Mauá, 1050, no Centro.


| INGRESSOS

Os ingressos para os passeios diários custam R$ 35* por pessoa. O happy hour de sábado e domingo sai por R$ 45*. Para os eventos especiais, consulte sempre o site.

Tem alguma dúvida ou já fez o passeio no Barco Cisne Branco? Deixe seu comentário!

+ Hotéis na capital gaúcha com até 50% de desconto
+ Quando ir pra Gramado e Canela: A melhor época
+ O que fazer na cidade: Veja mais dicas
+ Tudo pra você curtir a Serra Gaúcha

* Preços checados em abril de 2018

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *