Bicicleta em Berlim: Um dos melhores jeitos de passear

Andar de bicicleta em Berlim é uma das maneiras mais legais de conhecer a capital da Alemanha. São cerca de 900km de ciclovias que cortam ruas, avenidas e parques.

E é muito fácil conseguir uma bike pra fazer um tour. Você pode escolher desde passeios guiados que duram um dia todo ou apenas alugar uma em um dos pontos espalhados pela cidade.

 

VALE A PENA ANDAR DE BICICLETA EM BERLIM

De bicicleta em Berlim (Foto: Esse Mundo É Nosso)

ONDE ALUGAR

Você pode alugar a sua bike perto das estações de metrô e pagar a diária ou também por hora. Pra você ter uma ideia, por 24h você paga em média entre 10€ e 12€. Sites como Berlin And Bike e Berlin on Bike mostram a localização das centenas de pontos de locação de bicicleta em Berlim.

+ Encontre o melhor preço do Seguro Viagem obrigatório pra Europa

De bicicleta em Berlim (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

TOUR GUIADO DE BIKE

Num dos dias na cidade, fizemos um tour guiado que durou quase o dia todo. Voltamos cansados, mas fui super interessante ter a companhia do guia não apenas pra mostrar as rotas, mas fazíamos paradas nos pontos turísticos, parques e feiras.

Nós fizemos com a Berlin on Bike, que tem vários roteiros para perfis diferentes de viajantes. No site você encontra cada um deles e os preços. A sede da empresa e ponto de encontro é na Kulturbrauerei, uma antiga fábrica de cerveja que está se transformando em centro cultural e comercial. Fica perto da estação de metrô (U) Eberswalder Straße.

De bicicleta em Berlim (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Antiga fábrica de cerveja Kulturbrauerei

 

LOCAIS INTERESSANTES PRA IR DE BICICLETA EM BERLIM

Dentre os vários lugares que visitamos, tanto no tour guiado como por conta própria, listamos aqui alguns dos mais interessantes pra você incluir no seu roteiro. Vale dizer que as bikes são aceitas em vagões determinados do metrô, trem e tram, desde que haja espaço disponível. Há a cobrança de uma taxa além do bilhete normal nesse caso (saiba mais).

EAST SIDE GALLERY

A East Side Gallery é o mais longo trecho do Muro de Berlim que ainda está de pé. Após receber a pintura de dezenas de artistas de mais de 20 países, hoje se transformou na maior galeria ao ar livre do mundo, com 1.316 metros.

De bicicleta em Berlim: East Side Gallery (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Ela fica às margens do Rio Spree, em Friedrichshain, e dá pra chegar com sua bike de metrô ou trem (estação Warschauer Straße) ou pelas ciclovias.

+ Descubra hotéis com desconto e cancelamento grátis

 

RAW-GELÄNDE

Pertinho da East Side Gallery fica uma região de antigos galpões ferroviários (na Warschauer Straße, em Friedrichshain) que se transformou em espaço para mercados, bares, exposições, arte de rua e projetos culturais. O bacana é que dá pra circular por ali de bicicleta mesmo.

De bicicleta em Berlim: RAW-Gelände (Foto: Esse Mundo É Nosso)

De bicicleta em Berlim: RAW-Gelände (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Desde os grafites nas paredes ao público descolado, o RAW-Gelände é super interessante e dá pra passar horas por ali. Nos dias mais quentes, a dica é o Haubentaucher, um desses galpões que foi transformado em piscina pública. Os frequentadores são jovens em sua maioria e o clima é de festa, regado a música e muita bebida. Já quem busca mais arte e cultura, pode visitar o Urban Spree, uma galeria multicultural.

De bicicleta em Berlim: RAW-Gelände (Foto: Esse Mundo É Nosso)

De bicicleta em Berlim: RAW-Gelände (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

AO LONGO DO LANDWEHRKANAL

Esse é um dos circuitos mais legais. Você pode começar perto da Arena Berlim e do Treptower Art Center (uma região de barzinhos e restaurantes à beira do canal Landwehr), seguir o curso do canal passando pelo parque Görlitzer, pela rua Paul-Lincke-Ufer até o Böcklerpark, onde moradores aproveitam os dias mais quentes pra fazer piquenique e tomar sol no gramado à beira d’água.

De bicicleta em Berlim: Landwehrkanal (Foto: Esse Mundo É Nosso)

De bicicleta em Berlim: Landwehrkanal [Foto: Lienhard Schulz (CC BY-SA 3.0)]

Foto: Lienhard Schulz (CC BY-SA 3.0)

TEMPELHOF

Essa é a cereja do bolo pra quem está de bicicleta em Berlim, embora poucos turistas ainda conheçam. Imagine um antigo aeroporto construído no Regime Nazista a mando de Hitler que foi transformado no maior parque público da cidade. Andar pelas mesmas pistas onde até 2008 pousavam aviões é uma experiência e tanto no Tempelhof.

De bicicleta em Berlim: Tempelhof (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Esse parque fica um pouco afastado, mas chegamos lá de bicicleta também. Se preferir, vá de metrô ou trem e desça na estação Tempelhof ou nas estações de metrô Paradestr ou Platz der Luftbrücke.

+ Encontre seu hotel com desconto em Berlim
+ Onde comer na capital alemã: Dicas de restaurantes

+ Como ir do aeroporto ao centro da cidade
+ Torre de TV a uma vista surpreendente de 360 graus

Tem outras sugestões de roteiro de bicicleta em Berlim? Conta pra gente!

* O jornalista viajou a convite do Visit Berlin.

Booking.com

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV , pós-graduado em Jornalismo em Comunicação Hipermídia e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

1 Comment

  1. Aneliza disse:

    Deve ser maravilhoso andar de bicicleta em Berlim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *