Space Cake: O famoso bolo de maconha e os coffeeshops de Amsterdam

Os coffeeshops são pontos de encontro de turistas em Amsterdam. Muitos querem ir aos cafés que vendem bolo de maconha. Para entrar em um deles, é necessário ser maior de 18 anos. Por isso, é aconselhável levar o passaporte.

BOLO DE MACONHA EM AMSTERDAM

Os locais são organizados e têm regras para que continuem sendo desta forma. Você sabia que, embora possam vender até 5g de maconha por dia, os coffeeshops não vendem bebidas alcoólicas? Também não é permitida a venda de drogas consideradas pesadas.

+ Hotéis com desconto e cancelamento grátis em Amsterdam

Bolo de Maconha em Amsterdam (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Um dos famosos coffeshops de Amsterdam é o The Bulldog, que foi o primeiro a ser aberto em 1975. Lá, é vendido o famoso Space Cake, ou bolo de maconha.

Com o formato de um muffin, o Space Cake tem sabor de chocolate e é vendido por 7 euros. Dizem que é bom não se empolgar e comer vários, já que ao morder não é possível sentir nenhum gosto da droga que está em sua massa.

Bolo de Maconha em Amsterdam (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Bolo de Maconha em Amsterdam (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Vale sempre ressaltar que Amsterdam é muito mais do que uma cidade liberal onde é possível consumir drogas e a prostituição é liberada. A cidade é rica em cultura, história e paisagens.

Bolo de Maconha em Amsterdam (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Ache o melhor preço no Seguro Viagem obrigatório pra Europa

THE BULLDOG™ HAVRI
Leidseplein 17
1017 PS Amsterdam

THE BULLDOG™ THE FIRST (NR90)
Oudezijds Voorburgwal 90
1012 GJ Amsterdam

THE BULLDOG ENERGY
Oudezijds Voorburgwal 218
1012 GJ Amsterdam

THE BULLDOG ROCK SHOP
Singel 12
1013 GH Amsterdam

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *