Centro Histórico de Quito: um patrimônio da humanidade

O Centro Histórico de Quito (Equador) – ou ciudad vieja, como também é conhecido – foi o primeiro local a ser declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, em 1978. A 2.800 metros acima do nível do mar, este conjunto arquitetônico do século XVII é o maior da América Latina, com 3,2 Km².

As ruas estreitas, o estilo colonial e as praças animadas dão um charme todo especial à região, que reúne museus, centros culturais, igrejas, conventos, capelas e mosteiros. Ao mesmo tempo, vendedores ambulantes e um comércio agitado tentam roubar sua atenção.

Centro Histórico de Quito

Centro Histórico de Quito

O coração da ciudad vieja é a Plaza Grande, uma praça de palmeiras rodeada por contruções históricas. Entre elas está o Palacio Presidencial, sede do governo equatoriano aberto para visitação pública com tours guiados (veja informações aqui).

Como provavelmente você estará hospedado no descolado bairro Mariscal Sucre, vale fazer uma caminhada de menos de 20 minutos até o Centro Histórico. Comece seguindo a Av. 6 de Diciembre até o Parque El Ejido, onde existe uma interessante feira de artesanato.

Parque El Ejido

Perto dali, no alto de um morro, está a belíssima Basilica del Voto Nacional, na entrada da ciudad vieja.Basilica del Voto NacionalA partir deste ponto, seguindo pela Calle Venezuela, você logo logo estará na Plaza Grande, ponto de partida de um ótimo tour a pé sugerido pelo guia Lonely Planet (reproduzi abaixo).

Plaza Grande

Plaza Grande

Na Plaza San Francisco, além de visitar a igreja mais antiga do Equador, do século XVI, e o Museo Franciscano, não deixe de tomar uma cerveja ou almoçar no Café Tianguez, com uma vista maravilhosa para a praça.

Café Tianguez

Plaza San Francisco

A parte histórica de Quito realmente é de surpreender! Mas uma coisa me deixou incomodado, da mesma forma como quando visitei Ouro Preto: a vida confusa da grande cidade acabou invadindo esta área que deveria ser totalmente preservada. O comércio tomou conta da região, assim como os camelôs e o trânsito caótico.

Centro Histórico

Mas depois que você se acostuma com essa agitação, a arquitetura da ciudad vieja é de deixar qualquer um de queixo caído!

Centro Histórico

Após desbravar o Centro Histórico, vale uma visita ao Parque La Alameda, bem pertinho dali, lugar com uma linda área verde, com pedalinhos, onde os moradores costumam tirar uma soneca na hora do almoço.

Parque La Alameda

Depois de um dia todo curtindo a parte histórica de Quito, você confirma que a capital do Equador é mesmo um tesouro ainda não descoberto por nós brasileiros.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

5 Comments

  1. Gladys Oliveira de Sa disse:

    Estou cada dia mais encantada com esse País! Não viajo pensando em Pontos turísticos mas sim em conhecer lugares maravilhosos e culturas. Não vejo a hora de chegar final do ano….já estou amando Ecuador do de olhar as paisagens e as postagens. Obrigada pelas informações!!!

  2. Ana disse:

    aaa eu adorei conhecer quito e pretendo voltar la pq não deu tempo de conhecer tudo.
    agora pretendo ir pra conhecer galapagos e cuenca :))

  3. Adolfo disse:

    Nossa! Muito bonito! Mas dá para fazer tudo isso em um dia? Adorei aquele bar com vista pra Praça? Vou tomou uma cerveja lá? O Parque La Alameda também é muito bonito hein! A cidade é bem preservada, apesar da mistura e da bagunça, como você disse. Essas suas férias me fizeram "conhecer" três países que eu nunca tinha parado para pensar. Panamá para mim era sinônimo de compras e do Canal, Colômbia era só FARC e Equador não era nada. É muito bom se libertar de preconceitos territoriais. Agora, tenho vontade de conhecer os três países. E pensar que tem muita gente por aí com os mesmos preconceitos em relação ao nosso país! Parabéns pelo blog, comps!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *