Cidade do Panamá além dos shoppings; ao ar livre

Muitos se enganam que a única atração da Cidade do Panamá se resume aos shoppings e duty frees. Esta cidade tem muito mais a oferecer, como um dia todo ao ar livre curtindo o sol escaldante e o calor da capital do país.

Comece seu passeio pelo Casco Viejo (ou Casco Antiguo), a cidade colonial que começou a ser construída em 1671, depois que a primeira localidade onde existia o vilarejo foi destruída por piratas.

Cidade do Panamá

Cidade do Panamá

Cidade do Panamá

Esta região histórica é bem questionável, mas vale a visita. Ao mesmo tempo em que existem bons restaurantes e cafés, a restauração prometida há anos pelo governo panamenho engatinha. Praticamente 60% dos prédios coloniais estão em ruínas ou completamente abandonados.

Cidade do Panamá

Algumas partes, como o Parque Bolívar, com bares e cafés ao ar livre, e a Plaza de Francia são paradas obrigatórias; esta última inclusive para compra de artesanatos. Os prédios estão restaurados e existem boas atrações por perto, como o Teatro Nacional.

Cidade do Panamá

Mas é preciso ser cuidadoso ali, principalmente à noite. Uma esquina virada errada pode levar você a um conjunto de cortiços ou a uma rua perigosa. Melhor evitar e ser precavido.

Dali vale partir para uma caminhada – prepare-se para o sol – na novíssima Cinta Costera, uma avenida totalmente reconstruída, que conta com um calçadão à beira do Pacífico e uma ciclovia.

Cidade do Panamá

Ali também fica o Mercado de Mariscos, com seu imperdível ceviche. O prato – ali no caso “copo” -, que nos restaurantes brasileiros passa dos R$40, custa a partir de US$1. E existem diversos sabores: corvina, camarão, caranguejo, polvo… uma delícia. Eu comi três de uma só vez. E são grandes!

Cidade do Panamá

Interessante também é entrar no mercado, escolher um peixe e comê-lo ali mesmo, no segundo andar, onde existem pequenos restaurantes que irão prepará-lo para você.

Cidade do Panamá

Seguindo a caminhada pela orla, você chegará à parte nova da Cidade do Panamá, onde estão os arranha-céus que passam dos 70 andares. Incrível! Neste lugar funcionam os centros comerciais e bancários, sem muitas atrações.Cidade do Panamá

Mais para a frente, o que não dá para fazer caminhando, existem as ruínas do Panamá Viejo. É interessante ver o que sobrou da primeira tentativa de se construir a cidade, em 1519. Mas a invasão de piratas e um incêndio fez com que os espanhóis transferissem o povoado para o lugar onde hoje é o Casco Viejo. As ruínas são interessantes, mas hoje estão mal localizadas, perto de uma vizinhança nada confiável.

Vale guardar um bom tempo do fim de tarde para visitar a Causeway, uma parte lindíssima da Cidade do Panamá. Esta avenida de 2Km, cheia de palmeiras, construída com os restos do Canal do Panamá liga quatro pequenas ilhas: Naus, Culebra, Perico e Flamenco, a principal. A curta faixa de terra fica entre o Oceano Pacífico e a entrada do canal. Um táxi até ali custa US$4 desde o Casco Viejo e US$6 desde o centro novo.

Cidade do Panamá

O lugar é o preferido dos panamenhos para atividades ao ar livre. Na entrada da Causeway ou no shopping que fica em seu final é possível alugar bicicletas por US$ 3,25 a hora. Muito legal pedalar vendo a cidade velha e a nova metrópole.

Cidade do Panamá

Depois das pedaladas, existem vários bares que são um convite ao happy hour. O lugar bomba nos fins de semana. Ali também existe o único free shop da cidade fora do aeroporto: o Amador Duty Free.

Cidade do Panamá

E assim, assistindo ao pôr-do-sol entre o Pacífico e o Canal do Panamá, você irá comprovar que a cidade vai muito mais além das compras ou dos cassinos!

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

44 Comments

  1. antonio carlos reis disse:

    gostei muito de sua sugestão. pretendo visitar o panamá agora em junho.
    vc foi as ilhas , e na preia de galopo.

    atenciosamente muito obrigado

  2. Flávio Almeida disse:

    Tenho pesquisado e lido sobre especificamente três países: Uruguai, Chile e Panamá. Esses três países estão no meu foco de decisão e escolha de uma nova residencia de morada em outro país.
    Isso para mim é um sonho antigo…
    Aprender uma nova língua, viver novas experiências de vida, cultura e trabalho.

  3. Flávio Almeida disse:

    Ah… Rafael, acabei esquecendo de perguntar anteriormente e sei que você não é corretor de imóvel, mas se você tiver alguma ideia, uma dica, uma orientação de direção com respeito a “imóveis simples” para alugar, talvez um apartamento 2/4, banheiro social e cozinha. Tenho buscado conhecer a média de valor desse perfil de imóveis na cidade de Casco Viejo.

    Agradeço por sua atenção.

  4. Flávio Almeida disse:

    Rafael, estou planejando estabelecer residência permanente fora do Brasil, viver outros ares, uma nova cultura, nesse sentido gostaria de saber – qual o valor do salário mínimo e a média em valor dos alugueis na cidade de Casco Viejo (Casco Antiguo)?

    Desde já agradeço muito por sua atenção.

  5. Camila disse:

    Olá Rafael! Tenho 5 horas de conexão! O que eu posso e consigo fazer?

  6. Cristiane disse:

    Oi Rafael… De todos os postos Q li da cidade do Panamá o teu foi o que mais gostei… Vou fazer uma conexão (daqui a 3 dias) de 12h, só que a partir das 17h. Queria ir até a parte da cidade nova, pedalar, comer um ceviche no copo e happy nos bares…. Somente de taxi para me locomover do aeroporto até lá? Parece ser longe e caro… Obrigada!

    • Oi Cristiane, tudo bem?
      A melhor forma, ainda mais numa conexão que você tem o tempo contado, é usar o táxi sim. Dá pra ir também de ônibus com conexão no metrô, mas acho um pouco complicado ainda mais no horário já mais à noite.
      Abraços e boa viagem!

  7. Jose Roberto disse:

    Bpa taerde Rafael Bem sobre hotel e muito caro pois esto indo sem reserva de hotel voce me indicaria algum por la que fica perto para compras

  8. Marta Bolognesi disse:

    Olá Rafael, muito bom seu blog, ajuda muito e nos dá um norte.
    Estarei no Panamá no final de Janeiro/2016, como ficarei somente dois dias, gostaria de saber se é vantagem alugar um carro para poder conhecer os principais pontos e compras.
    Super obrigada. Abraços Marta

  9. Mario Roberto disse:

    Olá Rafael, meu destino é sempre Miami para compras, como é os preços por ai. Dê uma dica legal. Qual é a moéda, e quanto,é dolar, me da um help, e com a lingua.

  10. Arand disse:

    Será q o período chuvoso é muito extenso? E a época dos furacões, outubro, atinge Panamá?

  11. Regina c Carvalaho disse:

    Oi Rafael,estou adorando suas dicas, meu marido , eu e mais 3 casais estaremos por tres dias no Panamá.Somos ja de meia idade, uns um pouco mais,egostaria de saber se é muito longe ir p/ San Blas, e como vai, : de avião , barco, carro, onibus…etambem se um dia daria pra fazermos essa visita.Desde ja agradeço.Regina Celi

  12. Alessandraq disse:

    Olá Rafael, gostei muito das suas dicas. Estou indo para Cuba e ficaremos 2 dias inteiros no Panamá. Estava aqui justamente pesquisando para fugir um pouco dos cassinos e compras. Perfeito e , sem dúvida, a natureza e a história estarão em meu roteiro! Foi tranquilos os táxis que você pegou ou fechou com um único motorista? Já li que, por não ter taximetro, alguns abusam nas tarifas. Obrigada pelas dicas.
    Alessandra

    • Oi Alessandra, tudo bem? Obrigado pela visita!
      Foi super tranquilo em relação aos táxis. No aeroporto, peguei um táxi compartilhado sugerido pelo balcão de informações turísticas. Se quiser, mesmo que táxi individual, mais segurança, procure o balcão também. Já na cidade, eu negociava os preços das corridas. Se achava abusivo, apenas esperava o próximo táxi. Para ir ao canal, negociei ida e volta mais a espera lá. Não tive problemas.
      Abraços e volte pra contar sua experiência! Boa viagem!!!

  13. Josimara disse:

    Oi Rafael,
    eu também me diverti muito no Panamá , a cidade tem muito a oferecer além das compras.

    Josimara

  14. Ana Brasileiro disse:

    Show!!! Vou para Cuba, mas antes darei uma passadinha pelo Panama. Terei disponível o dia 05 a tarde, 6 e 7 completos. Já inclui algumas dicas daqui, mas quero passar um dia em San Blas. Obrigada pelas dicas!!!

  15. ademilde bernardo disse:

    gostaria de saber qual a capital do panamá , onde fica ?

  16. Fernando disse:

    Olá Rafael,
    Como é a questão segurança no Panamá? Dá para andar tranquilo pela cidade? e à noite?
    Abs

    • Oi Fernando, não tive nenhum problema com segurança. É bom evitar o Casco Viejo à noite, pois é muito abandonado. Só senti uma certa insegurança em uns bairros da periferia onde meu táxi passou. No mais, cuidado normal, como no Brasil.
      Abraços

  17. Eliane disse:

    Olá! Rafael. Adorei as suas dicas. Estou indo com minha família ( somos seis ) no período do Carnaval e gostaria de saber se alugar um carro é uma boa idéia. Queremos desvendar ao máximo a Cidade do Panamá e também fazer algumas comprinhas: não somos de ferro. Existem roteiros para nos guiar na direção ou só o GPS é suficiente? Obrigada!!! Abraços.

    • Oi Eliane, obrigado pela visita e comentário. Você consegue se virar bem de táxi na Cidade do Panamá, não é uma cidade muito grande. Mas se preferir, é fácil alugar um carro no próprio aeroporto e se locomover com auxílio de um GPS sim.
      Abraços

  18. Graça Caminha disse:

    Rafael, parabéns por ter o prazer de dividir suas experiências com todos. Gostaria de aproveitar uma oferta de um site de compras coletivas optando por 4 noites (é o mínimo que oferecem). O valor com aero e hospedagem no HOtel Centro Americano (pelo que vi fica entre as calles 33 e 34) é o de R$ 1.499,00 + tx para single, pois vou sozinha. Mesmo fazendo todos os passeios sugeridos e as compras, você sabe de algum pequeno passeio de 1 ou 2 dias de navio? Agradeço seu retorno. Abração. Graça

  19. Patrícia Hermida disse:

    Olá !!!
    Você indicaria um bom hotel que dê para se hospedar com crianças ?? Pretendo passar 1 semana no Panamá com minhas 2 filhas para conhecer a cidade e fazer compras … Obrigado !!!

    • Rafael Carvalho disse:

      Oi Patrícia, tudo bem? Obrigado pela visita.
      Infelizmente não tenho um bom hotel para indicar porque fiquei em um hostel e ele não era dos melhores. Sugiro que procure em sites como Booking.com e Hoteis.com e verifique a avaliação dos clientes.
      Abraços
      Rafael

  20. Elvis Dias disse:

    gostaria saber de voces que ja foram pra se quanto fica a passagem e se comprar por exemplo 100kg terem de pagar um imposto altissimo…? Obrigado e abraços

  21. Cassia disse:

    Olá!! Como estou pensando em ir para Punta Cana, gostaria de aproveitar a conexão na volta e ficar uns 3 dias inteiros no Panamá. Minha dúvida é se estou exagerando nos dias, já que a idéia não é ir tão longe do centro…. Grata!

  22. Henrique disse:

    Nossa demais mesmo o Panamá, adorei o ceviche deu uma vontade de comer hahaha, nossa que viagem maravilhosa e que roteiro que vc escolheu esta de parabéns Rafa, saudades beijos comps.

  23. Preta disse:

    Nossa companheiro de aventuras… Tudo muito bonito e legal…
    Muito legal mesmo poder comprar o peixe e depois prepararem pra vc…
    E vc de bike?
    Adorei…
    Continue nos dando a alegria de seus posts…
    Te amooooooooooooo

  24. Adolfo disse:

    Sensacional, companheiro! Essa nova avenida parece ser muito bonita! As fotos, pra variar, ficaram ótimas, e andar de bicicleta ali deve ser incrível! Muito simpática a mulher do ceviche. E é muito barato! Esse mercado deve ser muito legal. Isso de você poder escolher o peixe e comer na hora é demais! Agora, quero ver as fotos do Canal do Panamá! Parabéns, comps! Blog sensacional!

  25. Edwiges Carvalho disse:

    É, Rafael, a Tetê tem razão quando diz que é emocionante poder fazer essa viagem com você. Esse último relato curti mais. E a comidas? Dá vontade, ainda mais com esse frio, né? Continue aproveitando bastante. Te amo de montão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *