Comidas estranhas pelo mundo; você tem estômago?

Tem gente que torce o nariz e outros ficam com nojo, mas acho super divertido encontrar e provar “comidas estranhas” durante nossas viagens. Na maioria das vezes, essas iguarias exóticas são mais para turista ver (quer dizer, comer). Em alguns poucos outros casos, são realmente um prato típico local.

Neste post reúno algumas das coisas mais estranhas que comi por aí – para desespero da minha mãe, que sempre faz a maior cara feia e diz que tenho estômago de avestruz. Mas muitas coisas são realmente boas! E você, encara?

COMIDAS ESTRANHAS PELO MUNDO

 CHAPULINES

O personagem de Roberto Bolaños que ganhou o mundo também é famoso por outro motivo no México. Esses pequenos grilos vermelhinhos, como o Chapolin da TV, são apreciados há séculos pelos moradores do Vale do México, no centro do país. Hoje eles podem ser encontrados para serem provados principalmente nas regiões de Puebla e Oaxaca. O sabor? Até que bem gostoso, lembra salgadinho: crocante e temperado.

Chapulines - Comidas Estranhas pelo Mundo (Foto: Esse Mundo É Nosso)Chapulines - Comidas Estranhas pelo Mundo (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

 

 

 

 

 

 

 

HORMIGAS CULONAS

Desde os tempos mais remotos, essas “formigas bundudas” são uma deliciosa e nutritiva iguaria consumida na Colômbia. O preparo é feito no forno, depois de tirar a cabeça e as patinhas. As hormigas culonas têm sabor parecido com o dos chapulines, mas escolha sempre as pequenas e crocantes. As maiores bundas podem ter algumas gosminhas dentro.

Hormigas Culonas - Comidas Estranhas pelo Mundo (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

CROCODILO E COBRA

O crocodilo é um dos animais mais populares do Camboja. São tantos animais, que a caça e exploração da venda da pele é legal. Nos restaurantes do país, é fácil encontrar a carne nos mais diversos pratos. Um dos mais tradicionais é o churrasco cambojano, feito na sua própria mesa. Gostei muito, o sabor é parecido com carne de frango (na foto abaixo, é a primeira que aparece, logo após o macarrão). Quando se pede esse churrasco, além de carnes comuns como peixe e frango, também é possível degustar a de cobra (na segunda foto, próxima da cenoura). É bem mais dura e “chiclete”, mas o gosto até que é bom.

Carne de Crocodilo - Comidas Estranhas pelo Mundo (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Carne de Cobra - Comidas Estranhas pelo Mundo (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

SAPO

Ainda no Camboja, o grelhados na brasa são muito populares nas ruas do país. Além de carne de vaca, frango e peixe, é comum encontrar sapos. Não são nossas rãs normais, mas o sabor é parecido. O que dá mais nervoso é que eles vêm inteirinhos e comer olhando o corpo todo não é fácil.

Carne de Sapo - Comidas Estranhas pelo Mundo (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

CUY

Conhecido por nós como porquinho-da-índia, o cuy é um prato bem popular na região dos Andes, principalmente no Peru, e faz parte da história Inca pré-colombiana, quando era consumido apenas pelos nobres ou usado para sacrifícios. Hoje faz parte da nutritiva dieta andina. Em restaurantes populares, eles dão um certo “embrulho” no estômago, pois têm o formato do bichinho, inclusive com cabeça. Mas provei em um restaurante mais fino, cortadinho ao meio. É uma delícia e o gosto é bem parecido com a carne de porco.

Cuy, o porquinho-da-índia - Comidas Estranhas pelo Mundo (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

INSETOS TAILANDESES

A Tailândia tem fama mundial de que lá todo mundo come insetos. Mas não é bem assim. Em Bangkok, você só irá encontrá-los em lugares turísticos, bem no estilo “para gringo ver” e comer. Mas não dá para passar por eles experimentá-los ou ao menos tirar uma foto. O mais feinho das bancas é o enorme escorpião negro. Esse eu não tive coragem, quando as pessoas mordiam, escorria um líquido bem nojento de dentro. Fiquei com as baratinhas mesmo, crocantes e salgadinhas. Ótimas para acompanhar uma cervejinha.

Insetos da Tailândia - Comidas Estranhas pelo Mundo (Foto: Esse Mundo É Nosso)

E você, tem estômago para essas comidas estranhas? Já provou alguma coisa diferente? Conta pra gente!

+ Curta nossa fanpage no Facebook

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. Marta do Amaral disse:

    Muito bom o seu Post. Eu sou brasileira e moro no Peru, só comi o cuy uma vez e foi bem estranho, porque serviram ele inteiro, dava para ver os dentinhos e as unhas e para falar a verdade não gostei do gosto e por isso, nunca mais quis comer de novo. Na Amazonia Peruana também comi umas coisas bem esquisitas, como o Suri, uma larva que vive nos troncos das árvores e é bem gostosa e também experimentei carne de jacaré, que é muito boa.

  2. Nic disse:

    Eu adoro experimentar comidas típicas, mas não sei se encaro insetos!
    O crocodilo e o porco da índia deu vontade! hehehe

  3. Caraca Rafa, o escorpião parece o mais foda mesmo hein, tbm não sei se encaro.

    Mto bom post mano!

    Abraços,
    Jonathan Padua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *