Como é voar pela companhia aérea equatoriana AeroGal

Ao lado da LAN Ecuador e da TAME (que já ganhou um relato aqui), a AeroGal é outra importante companhia aérea do Equador. Fundada em 1986 com o transporte de cargas e passageiros entre o continente e as Ilhas Galápagos, transporta hoje em dia cerca de 120 mil clientes todos os meses.

Como é voar pela Aerogal (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Atualmente a companhia voa para Quito, Guayaquil, Cuenca, Manta, Baltra, San Cristóbal, Portoviejo, Lago Agrio, Coca e Nova York, além de ter voos compartilhados com a Avianca para Bogotá e junto da Taca para Lima y Medellín. A frota conta com Airbus A319, Airbus A320 e Boeing 767.

Como é voar pela Aerogal

Voamos pela empresa de Bogotá para Guayaquil, justamente num dos voos compartilhados pela Avianca. Por isso acabamos não fazendo check-in, já que nossas malas foram despachadas em São Paulo na Avianca e seguiram direto para o Equador.

Compra pela internet

A compra das passagens pela internet foi bastante tranquila porque que adquirimos os bilhetes pela Decolar e reservamos os assentos com eles mesmos. Mas a consulta ao site da Aerogal mostrou que a empresa segue os mesmos moldes das companhias brasileiras.

O Voo

Nosso voo atrasou muito para deixar o aeroporto El Dorado, em Bogotá. Deveríamos decolar às 21h45, mas só saímos depois das 23h30. O pior foi ficar esperando dentro da aeronave durante todo este tempo, já que embarcamos relativamente na hora. Chegamos ao Equador já bem de madrugada, após 1h45 de voo.

O Avião

O Airbus A319 é comum no Brasil, na frota da TAM. São duas fileiras com três assentos em cada. O avião não era dos mais novos, não tinha entretenimento a bordo ou outras comodidades, exceto uma revista da companhia. Mas como o voo era curto não tivemos maiores problemas.

Como é voar pela Aerogal (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Serviço de bordo

O atendimento dos comissários foi satisfatório e a refeição a bordo surpreendeu. Embora fosse um voo internacional, não esperávamos nada demais porque que seria apenas 1h45 de Bogotá a Guayaquil. Mas depois da longa espera devido ao atraso, logo após a decolagem nos foi servido gratuitamente arroz temperado, carne cozida, legumes, pão, rocambole de doce de leite, refrigerantes, água, café e vinho. Uma boa surpresa.

Como é voar pela Aerogal (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Conclusão

Foi um voo tranquilo, apesar do grande atraso ainda em solo colombiano. Mas o serviço foi bem prestado e voltaríamos a voar pela AeroGal.

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *