Como é voar South African Airways: Relato de voo para Johannesburg

Um das principais companhias do continente africano, a South African Airways tem voos diretos entre São Paulo e Johannesburg, na África do Sul.

Membro da Star Alliance, a empresa permite que passageiros pontuem no programa Tam Fidelidade ou resgatem bilhetes prêmios com milhas da Tam. Voamos pela empresa rumo à África do Sul e contamos aqui nosso relato.

COMO É VOAR SOUTH AFRICAN

Como é voar South African (Foto: Esse Mundo É Nosso)

NO AEROPORTO

O check-in em Cumbica, Guarulhos, foi um dos mais tranquilos que já fiz. Não havia mais de 5 pessoas na fila todas as vezes que passei em frente ao balcão da empresa. Por um minuto cheguei até a comemorar que o voo seria completamente vazio, mas os passageiros apareceram depois no embarque. Sabe lá por onde andaram no check-in.

O AVIÃO

Como é voar South African (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Voamos num A340-300, com capacidade para quase 300 passageiros. Foi o avião mais espaçoso em que já voei na classe econômica. As poltronas eram não só mais distantes umas das outras que o normal, como também davam a sensação de serem mais largas. Logo na chegada, já havia sobre os assentos cobertores, fones de ouvido e foi distribuído um kit com tapa olho, escova, pasta de dente e meias.

Como é voar South African (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A aeronave contava com classes executivas e econômica. Essa última com assentos na configuração 2 – 4 – 2. Me chamou a atenção que o banheiro, mesmo após tantas horas de voo, estava muito limpo.

É possível fazer o upgrade para classe executiva no próprio aeroporto, com dinheiro ou milhas da South African. Se quiser usar milhas da Star Alliance, faça com antecedência.

Como é voar South African (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O VOO

A aeronave decolou pontualmente à 1h30 da manhã de Guarulhos e pousou um pouco antes do previsto, às 15h no horário local de Johannesburg. O voo tem duração de 8h30.

Interessante que todos os avisos sonoros também eram dados em português. De forma geral, a viagem foi super tranquila e eu dormi a maior parte do tempo.

ENTRETENIMENTO

Cada poltrona tem sua tela de LCD touch screen com diversos filmes, inclusive lançamentos, games, séries de TV e informações do voo. Uma pena foi que os títulos em português eram apenas dublados e se restringiam a filmes não tão novos.

Como é voar South African (Foto: Esse Mundo É Nosso)

No bolsão das poltronas havia ainda uma revista (Sawubona, em inglês) e um catálogo de produtos vendidos no duty free do próprio avião.

SERVIÇO DE BORDO

A tripulação era bastante sorridente e se esforçava para falar português com os brasileiros. Logo após a decolagem foram servidas bebidas, como refrigerante, água, sucos, cerveja, vinhos (na garrafa de vidro), vodka, whisky, etc.

Como é voar South African (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Em seguida nos foi oferecido o jantar. Havia duas opções: carne com purê e frango com pasta. Ambos vinham acompanhados de salada, pão, bolacha, bolo e chocolate de sobremesa. Coisa cada vez mais rara, os talheres eram de metal.

Como é voar South African (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Cerca de uma hora antes do pouso, a tripulação serviu o café da manhã, com opção de omelete ou frios, além de pão, iogurte e frutas.

Como é voar South African (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Achei o serviço ótimo. As bebidas passaram diversas vezes ao longo da noite e os comissários estavam sempre sorridentes.

Como é voar South African (Foto: Esse Mundo É Nosso)

CHEGADA

O desembarque no moderno aeroporto de Johannesburg foi tranquilo. A passagem pela imigração demorou cerca de 40 minutos, portanto nossas malas já estavam na esteira depois desses trâmites.

CONCLUSÃO

Sem dúvida eu indicaria e voltaria a voar pela South Africa Airways. Achei todo o serviço ótimo, atencioso e confortável. E olha que eu estava na classe econômica!

+ Veja todos os relatos de companhias aéreas

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

5 Comments

  1. Louise Ferreira Silva disse:

    Adorei o post, estou indo viajar de SAA agora em Dezembro de econômica, e gostaria de saber mais sobre, muito obrigada!

  2. Sonia Maria Amorim disse:

    Rafael estamos indo a Joanesburg out/2016 .Gostaria de saber sobre upgrade de classe economica para executiva .Voce consegue dar um valor aproximado ?. Seria proximo do dobro ? Se puder responder agradeceria muito . Suas informacoes sobre viagens são excelentes . Grata Sonia

    • Oi Sonia, tudo bem? Muito obrigado.
      Infelizmente só vendo com a companhia aérea você conseguirá saber os valores na data do seu voo. Dá uma ligadinha pra eles.
      Abraços e ótima viagem!

  3. Renato H disse:

    Viajar de SAA é muito bom.
    Mas não se restrinja a Jobs. Cape Town é MUITO melhor.
    E todo o litoral das províncias do Cabo (leste e oeste) tem de ser conhecido.
    E sem dúvida, o semi-árido do Great Karoo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *