Comprar dólares e outras moedas com melhor preço: 5 dicas infalíveis

Quando queremos comprar qualquer produto novo, de um celular a uma televisão, pesquisamos muito, certo? Muitas vezes não procuramos apenas na internet, mas até chegamos a ir a uma loja física. Para comprar dólares e outras moedas estrangeiras é preciso fazer o mesmo. A diferença de cotação entre bancos, casas de câmbio e agências de turismo pode ser muito grande e chegar a 10%.

De olho nisso, vamos listar aqui algumas dicas que temos usado nos últimos tempos na compra de moedas estrangeiras para conseguir a melhor cotação. Não se esqueça apenas de que é importantíssimo só realizar essas transações em instituições autorizadas a operar no mercado de câmbio pelo Banco Central.

5 DICAS INFALÍVEIS PRA COMPRAR DÓLARES E OUTRAS MOEDAS

Dicas para comprar dólares e outras moedas (Foto: Esse Mundo É Nosso)

1. COMPARE EM TEMPO REAL

Alguns sites disponibilizam a cotação de casas de câmbio em tempo real em seus sites. Isso é ótimo pra quando o dólar, por exemplo, tem uma forte queda ou alta, já que você consegue ver online e na hora o valor da moeda. Alguns desses sites que usamos são: Melhor Câmbio Exchange Money.

Em alguns casos, é possível até mesmo negociar a cotação de acordo com a quantidade desejada. Outro ponto que eu gosto bastante é que, em muitas dessas corretoras, é possível pedir que seja feita a entrega da moeda (pode haver custos em algumas delas, dependendo da quantia). Vale ficar atento porque os valores exibidos podem ou não já mostrar o IOF da compra de moedas em espécie no Brasil, que é de 0,38%.

+ Está lembrando do Seguro Viagem? Faça cotação sem compromisso

2. RANKING DO BANCO CENTRAL

Sua cidade não aparece nos sites acima? O Banco Central divulga mensalmente o Ranking do VET (Valor Efetivo Total), que representa o custo de uma operação de câmbio, incluindo a taxa de câmbio, tarifas e impostos incidentes sobre essa operação.

O único ponto negativo é justamente porque essa lista só é atualizada mensalmente, mas já dá pra se ter uma ideia de qual operadora estava oferecendo o VET mais vantajoso no mês anterior. Depois disso, basta ligar e confirmar a cotação atual. Já fiezmos um post aqui explicando passo a passo de como consultar esse ranking do Banco Central.

3. BANCOS PÚBLICOS

Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil costumam ter boas cotações de câmbio, dependendo da quantidade desejada. É sempre bom consultar. O único porém fica pelo fato de eles cobrarem uma taxa fixa pela compra da moeda estrangeira (R$20 e R$60, respectivamente). Se a quantia desejada não for tão pequena, mesmo com as taxas, a cotação desses bancos públicos pode ser vantajosa.

Nem todas as agências fazem operações de câmbio. A Caixa disponibiliza em seu site o endereço delas em todo o país. Já no caso do BB é preciso entrar em contato com a Central de Atendimento.

4. VIZINHANÇA

Antes de bater o martelo e decidir em qual operadora você irá comprar dólares ou outras moedas, ligue para as casas de câmbio que você conhece, aquelas perto da sua casa ou no shopping que você frequenta. Não custa consultar, ainda mais porque elas podem ser pequenas e mal aparecerem nos rankings acima.

5. REDE DE CONTATOS

Estamos na era das redes sociais. Por que não publicar que você está à procura de dólares ou euros, por exemplo? Já consegui ótimas cotações graças a isso. Muitas vezes alguém que não viaja com tanta frequência voltou com dinheiro estrangeiro sobrando ou até mesmo alguém que tenha guardado e precise de dinheiro agora pode vender pra você. Use seus amigos a seu favor.

Parece trabalhoso, né? Mas pense nos seus suados reais para conseguir comprar essa moeda. Vale a pena!

Tem mais alguma dica? Deixe aí nos comentários 😀

+ De quais documentos você precisa para entrar na Europa?
+ Qual moeda devo levar para o Chile?
+ Que produtos você pode ou não trazer de uma viagem ao exterior?

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

2 Comments

  1. Luci Abreu disse:

    Vou viajar para Cartagena Colombia, a minha dúvida é se faz a troca de câmbio lá na Colombia ou se leva daqui do Brasil??? trocar ainda no Brasil real por dólar ou levar o Real e trocar direto pela moeda local (peso)???

    • Oi Luci, tudo bem?
      Essa é uma pergunta bem difícil. Normalmente vale levar real apenas para Uruguai, Argentina e Chile, que são países que enviam muitos turistas pra cá e nossa moeda é vendida lá para eles, ou seja, há mercado de câmbio. Para a Colômbia eu sempre levei dólares. Em Bogotá já até encontrei preços bons pro real, praticamente igual ao dólar na conta final. Mas para não correr risco, eu levaria dólares mesmo, que é uma moeda mais forte.

      Outra dica é você levar dólares para os gastos em geral e uma reserva em reais pra qualquer emergência, dessa forma você só usa se for necessário.

      Abraços e boa viagem,
      Rafael Carvalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *