Helado Pacífico… Valpo e Viña

Desculpe, mas ontem nao consegui escrever, tudo foi muito agitado. Foi dia de conhecer o gelado Oceano Pacífico. Saí de Santiago às 8h da manha rumo a duas cidades completamente diferentes!!! De um lado, Valparaiso, uma cidade maluca, pendurada nas encostas do Pacífico, cheia de casas coloridas e dia-dia caótico. Do outro estava Viña Del Mar, o maior balneário chileno, o Guarujá daqui. A passagem de ida custou $4200 – US$7.8.

Tentando entrar no Oceano Pacífico

Tentando entrar no Oceano Pacífico

O passeio foi incrível! Subir alguns dos mais de 15 ascensores de Valparaiso e incrivel. A cidade, onde fica o Congresso Nacional do Chile, é toda pendurada em volta do mar, tipo Ouro Preto, e esses funiculares unem a parte plana à parte mais alta, onde existem diversos paseos com bares, lojas e restaurantes, demais! É uma cidade antiga, com prédios velhos, que foi destruída por um terremoto no início do século XX.

Depois, peguei um metro que beira o mar ($1500 – US$2.8) até Viña Del Mar, que ao contrário, é uma cidade nova, moderna, turística e cheia de mansoes e prédios de luxo. Foi lá que tentei entrar no mar, mas o tal Oceano Pacífio simplesmente congelou meu pé. Nunca vi água mais gelada na vida, impossível. À beira mar, às 15h, fazia 15 graus, entao dá pra perceber que o mar nao estava de brincadeira.

Placa fala do risco de tsunami em Viña Del Mar

Placa fala do risco de tsunami em Viña Del Mar

Voltei pra Santiago só às 20h, quebrado. Foi entao que encontrei os meninos brasileiros no hostel e ficamos jogando sinuca e bebendo cerveja. Já de madrugada, chegaram outros dois brasileiros (uma menina e um menino), que estao fazendo intercambio aqui. Ficamos conversando até de manha, foi demais! Eles estao tristes, pois falta menos de um mes para voltarem pro Brasil.

Com eles descobri algumas coisas, tipo que carro aqui é muito barato (cerca de R$10 mil o mais em conta), que chilenos nao respeitam filas, que está sendo construído um prédio de 60 andares aqui e que aqui nao se come carne boa. Falando nisso, uma coisa me decepcionou no Chile, a comida. É sempre a mesma coisa, pollo (frango), pollo e pollo. Os pratos sao muito limitados e tudo se resume a: frango, batata frita ou fast food.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. buenasdicas disse:

    Cidadezinha bacana mesmo, embora realmente velha e até com aspecto sujo em relação à vizinha Viña del Mar.

  2. Amanda disse:

    Ai que meeeeeedo dessa última foto!!!!
    ahsouashuoahsuoahsuoahsuohas

    Beijo guri!!

  3. Renata disse:

    Que delícia!!!! Depois me fala qto ficou q vou juntar $ pro ano que vem. Te amo!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *