Hotel em Paris: Review do Ibis Torre Eiffel Cambronne 15ème

Achar um bom hotel em Paris não é difícil. São muitas opções de hospedagem em toda a cidade. Mas encontrar um local com preço razoável e boa localização já passa a ser uma tarefa um pouco mais difícil. Ainda mais quando se trata de alta temporada, como foi o meu caso.

Depois de dias e dias de muita procura na internet, decidi que iria me hospedar em um Ibis. Só que aí veio outra dificuldade: a quantidade de hotéis da rede na cidade é imensa. Então, tive que pesquisar muito de novo até encontrar o hotel em Paris em que eu deveria me hospedar.

Escolhi o ibis Paris Cambronne Tour Eiffel. Ele está localizado ao lado do metrô Cambronne (linha 6), o que para mim sempre é primordial quando estou viajando, e fica a cerca de 15 minutos a pé da Torre Eiffel, mas confesso que não fiz o caminho andando. Acabei usando apenas o metrô para rodar pela cidade.

Hotel em Paris (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O hotel segue a linha da rede. Os quartos são simples, porém, funcionais e confortáveis sem luxo, além de limpos e reformados. Um diferencial é que oferece Wi-Fi gratuito também nos quartos. O único problema que tive durante a minha estadia foi com o ar-condicionado. Viajei no auge do verão, o calor estava insuportável e o ar simplesmente não funcionou. Liguei várias vezes na recepção, mas ninguém apareceu lá para arrumar para mim. O jeito foi ficar com a janela aberta mesmo.

Hotel em Paris (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Hotel em Paris (Foto: Esse Mundo é Nosso)

03

À noite, andei a pé sozinho da estação até o hotel. No caminho há restaurantes que ficam abertos, mas, confesso que fiquei com um pouco de medo. Mas acredito que seja mais por falta de costume do que por perigo em si.

Por estar ao lado do metrô e ser próximo das principais atrações, o hotel não apresenta tarifas tão caras e oferece boa hospedagem.

+ Consulte o valor das diárias e reserve com o melhor preço

+ Veja todas as dicas de Paris

HOTEL EM PARIS

IBIS TORRE EIFFEL CAMBRONNE 15ÈME
2, rue Cambronne
Tel. (+33)01/40612121

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

5 Comments

  1. Gabriela disse:

    Vamos em Agosto. Confesso que estou bastante preocupada com relação ao ar-condicionado. Li vários comentários na net falando desse problema no verão. Pessoas dizendo que não conseguiram dormir. Me fale mais sobre essa experiência sua por favor. Obrigada

  2. Ana Paula disse:

    Semana que vem ficarei nesse hotel e queria a opinião de vocês sobre a segurança de se deixar o passaporte no hotel ou se acham melhor levar comigo nos passeios.
    Obrigada

    • Oi, Ana Paula.

      Tudo bem? Difícil falar sobre isso. Eu não tive problema nenhum. Deixei o passaporte na mala fechada com cadeado e andei sempre com uma cópia em papel e também no celular. Mas sempre há um risco, né? Tanto de deixar no hotel quanto de sair com ele e perder ou ser assaltado.

      Espero ter ajudado um pouquinho pelo menos.

      Obrigado pela visita no blog.

  3. Wagner Farias disse:

    Fiquei nesse hotel ano passado maio/2015, confesso que gostei bastante. No primeiro dia fui andando para o Torre Eiffel. Os restaurantes próximo ao hotel possuem cardápios em português(ótimo para quem não fala o idioma, como eu kkk). Tem uma padaria na esquina próximo a estação que até hoje sonho com o sabor da baguete e outras delicias que vendia no local.

    • Adolfo Nomelini disse:

      Oi, Wagner!

      Muito obrigado pelo comentário!

      Que bom que a sua experiência foi tão boa quanto a nossa por lá.

      Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *