Review: Ferramenta hotel.info traz mais 210 mil hotéis e 2 milhões de avaliações

Escolher um hotel não é uma tarefa fácil. Além da localização, o preço é algo que precisa ser levado em conta, assim como a opinião de quem já ficou hospedado naquele local.

Como encontrar tudo isso demanda tempo e disposição, a hotel.info oferece ferramentas que facilitam sua busca. São mais de 210 mil opções de hotéis em todo o mundo e 2 milhões de avaliações que fazem toda a diferença para a sua escolha. E na hora da reserva, o serviço oferecido pelo site é gratuito.

A convite da hotel.info, testamos o serviço e, além das funções de busca avançada e comentários de hóspedes, achamos muito interessante a lista de anotações. O recurso permite que o viajante marque os hotéis que lhe interessaram e depois faça um comparativo detalhado não só de preço da diária, mas também da localização, detalhes do estabelecimento e ranking de recomendação dos clientes. É só acessar o site, selecionar o destino, a data desejada e marcar os hotéis de seu interesse para fazer o comparativo.

Lista de anotações hotel.info

Com sede na Alemanha, a hotel.info possui escritórios em diversos países, entre eles, Espanha, Itália, França, Grã-Bretanha, China e, desde maio de 2012, Brasil.

No começo deste ano, o site divulgou uma pesquisa mostrando uma queda nas diárias da Europa em 2012. Ainda de acordo com a pesquisa, Moscou continua sendo a cidade com a diária mais cara do continente (179,39 – uma queda de 2,39% em relação ao ano de 2011). Já Amsterdam viu o valor de suas diárias diminuírem 7,05%, chegando à média de 116,50 (valores em euro).

hotel.info

* Esse post foi feito por meio de uma parceria entre o hotel.info e os jornalistas, que testaram o serviço de hospedagem no Hotel Brisamar, em São Luís

 

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *