Pôr-do-sol no Jardim Botânico de Curitiba, o cartão postal da cidade

Criado em 1991, o Jardim Botânico de Curitiba, que leva o nome original de Fanchette Rischbieter, é o símbolo da capital paranaense e um dos lugares mais visitados da cidade.

Com entrada gratuita e aberto diariamente a partir das 6h da manhã, o parque foi inspirado nos jardins franceses.

Pelas vielas arborizadas, circulam famílias, jovens, praticantes de esportes e muitos turistas munidos com suas câmeras fotográficas. Todos em busca de seus espacinho em um dos pontos mais bonitos da capital paranaense.

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Seu ícone é a Estufa feita de estrutura metálica onde estão abrigadas inúmeras espécies de plantas raras da mata nativa, inclusive de outros biomas como Amazônia e Cerrado, além de uma fonte de água. É possível caminhar entre essas diversas espécies, como palmito, caetê e pindaíba.

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

 

 

 

 

 

 

 

Um passeio interessante oferecido é o “Jardim das Sensações”, onde seus olhos são vendados e você é convidado a conhecer as plantas com o tato das mãos e dos pés, além de sentir o perfume da flora.

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mais que um lugar fotogênico, o Jardim Botânico de Curitiba possui um importante espaço para realização de experimentos científicos, o Museu Botânico Municipal. Assim como a “Sala de Educação Ambiental”, que exibe mostras permanentes da flora local.

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Em torno da Estufa metálica, o cartão-postal de Curitiba, fica o “Espaço Frans Krajcberg”, que estava em reforma durante a nossa visita. Ali ficam expostas plantas como bromélias, bonsais e orquídeas, além de esculturas do artista e ambientalista que dá nome ao local.

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Um dos grandes momentos da visita, quando possível, é o pôr-do-sol. Vá até o gramado por trás da Estufa, encontre um lugarzinho para sentar-se e curta o fim de tarde dourado sobre o Jardim Botânico e a cidade.

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Jardim Botânico de Curitiba (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O parque tem boa estrutura com lanchonete e um espaço anexo com quadras de futebol, tênis e vôlei, além de um velódromo. Existe também a loja de souvenirs Leve Curitiba.

JARDIM BOTÂNICO DE CURITIBA

Rua Engenheiro Ostoja Roguski S/N – Jardim Botânico – Curitiba/PR
Tel: (41) 3264-6994 (Administração) / (41) 3362-1800 (Museu)

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
Das 6h às 21h durante o horário de verão
Das 6h às 20h fora do horário de verão

SERVIÇOS
– Existe estacionamento gratuito no local para carros, motos e bicicletas
– Acessível para deficientes físicos
– Possui banheiros

COMO CHEGAR
Ônibus: É fácil ir de transporte público a partir da região central/rodoferroviária. Algumas linhas que passam pelo Jardim Botânico são os Expressos Centenário/Campo Comprido e Centenário/Rui Barbosa (descer ao lado do Botânico) e as linhas Cabral/Portão e Alcides Munhoz (descer em frente ao parque).

Táxi: Uma corrida de táxi entre a região central e o Jardim Botânico sai por menos de R$20. Fique atento pois na volta, depois do pôr-do-sol, pode ser difícil encontrar táxis em frente ao parque. Leve sempre o telefone de um rádio táxi e, caso necessário, chame um. Eu precisei fazer isso pois não havia veículos disponíveis no ponto.

+ Confira mais dicas de Curitiba

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. Fernando disse:

    Curitiba é incrível. Sempre volto quando posso.

  2. Isabela disse:

    Amei o post.. vontade de voltar..tb tenho um blog de viagem..VISITEM http://eimaetovivo.com.br/

  3. Aleide disse:

    Ahhh Curitiba é tudo de bom!!!
    Já fui várias vezes e moraria lá fácil hehehe

    Tenho alguns posts que escrevi sobre esse lugar… http://tralhadarede.blogspot.com.br/2011/04/viagehttp://tralhadarede.blogspot.com.br/2009/12/viage

    Beijos da Leidy

  4. Jordy Felipe disse:

    Primeiramente, parabéns pelo post. Belíssimo o Jardim, tive a oportunidade de visitá-lo no início do ano. Curitiba é sem dúvidas, uma das cidades mais belas e organizadas do Brasil, até arrisco dizer, das Américas.

  5. Edwiges disse:

    Rafael, como você já me prometeu, aliás, você e Sabrina, quero ir também em Curitiba, achei lindo. Como diz Beta Rodrigues que deu vontade de ir neste parque, fico pensando: as pessoas, hoje em dia, não sabem ou não tem tempo de apreciar a beleza que a natureza nos oferece e, muitas vezes, de graça.

  6. Moro em Curitiba, e amei seu post! Me deu até vontade de ir lá hoje! Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *