Mariscal Sucre, o bairro pop de Quito, no Equador

Eu jamais esperava encontrar em Quito, no Equador, um lugar tão badalado e bonito como Mariscal Sucre. O bairro reúne muitos hostels, hotéis, pousadas, bares, restaurantes e agências de turismo, todos lado a lado.

Mariscal Sucre

Não é à toa que os moradores chamam o lugar de gringolândia. Mariscal é destino certo de quem visita a capital equatoriana, e o melhor lugar para ficar, na minha opinião. Me hospedei no hostel Posada Del Maple. O quarto de solteiro inclui TV a cabo, banheiro privado e um ótimo café da manhã.Mariscal Sucre

O cruzamento conhecido como Plaza Foch ou Mariscal Foch é o centro da agitação, com dezenas de bares e restaurantes com mesas ao ar livre, simplesmente lotado de quinta a domingo, dia e noite. É ali também que são cobrados os valores mais altos.Mariscal Sucre

Mariscal Sucre

A dica é aproveitar o happy hour que começa ao meio-dia e se estende até às 19h, com muitas bebidas sendo duas pelo preço de uma. Alguns estabelecimentos mantém as promoções mesmo à noite, mas apenas para um drink diferente em cada dia da semana.

Um dos lugares que mais gostei, tanto pela música, quanto pela comida e bebidas, foi o Azucar, em plena Plaza Foch. Muito bom!Mariscal Sucre

Mariscal Sucre

Perto dali fica o Centro de Artesanias Mariscal, uma ótima pedida para os presentinhos dos amigos. A Avenida Rio Amazonas, também no bairro, tem cafés e outras várias lojas de artesanato.

Mariscal Sucre também está perto de tudo. A menos de 20 minutos do aeroporto, outros poucos do TeleferiQo e a uma agradável caminhada do Centro Histórico. Fique lá!

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Leave your comment

  1. Adolfo disse:

    Pois é, eu também nunca poderia imaginar que Quito era assim! Na verdade, eu nem pensava muito como poderia ser a cidade. As ruas, pelo menos da "gringolândia", são limpas e cheias de árvores! A rua da sua pousada era muito bonita, parecia aquela rua de Colonia, no Uruguai, que a gente andou de carro de golfe. Agora, o que tinha no café da manhã? Fiquei curioso! Vi tanto esses bares que parece até que eu já conheço. E esse happy hour que começa meio dia hein? hahaha Demais essa praça, inclusive os telões e com direito à bandeira do Brasil! Parabéns pelo blog, comps! Sensacional!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *