Floating Market Damnoen Saduak: Mercado flutuante em Bangkok

Mesmo a uma hora de carro de distância de Bangkok, o Floating Market Damnoen Saduak, um dos mais famosos dos inúmeros mercados flutuantes da Tailândia, é uma experiência completamente diferente. Todos os dias, centenas de vendedores abrem suas bancas às margens dos canais de água e levam seus produtos de barco até os clientes.

Esse comércio já foi realidade por aqui, hoje o que resta é mais uma exibição para turistas. Nem por isso deixa de ser interessante. Ao invés de venderem para os próprios tailandeses, os comerciantes miram agora as necessidades dos gringos.

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Barcos com frutas, cervejas, salgadinhos e souvenirs congestionam os canais de Damnoen Saduak.

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Você pode ainda alugar um barco a remo com condutor por ฿150 por pessoa (U$5) e percorrer os canais em busca de algum produto ou iguaria. Normalmente são mulheres que guiam as canoas.

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Muitos tours partem de Bangkok rumo ao Floating Market. Acho que não vale a pena tentar ir sozinho, já que o passeio completo custa só ฿400 (cerca de US$11). O meu tour incluía também uma volta de barco pelos canais, mas fora da região do mercado. A voadeira passou pelas casas dos moradores locais, um verdadeiro labirinto de córregos super interessante.

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Para quem está interessado em compras, fiquei surpreso que os preços, embora o local seja super turístico, são mais em conta que em Bangkok. Então se quiser levar lembrancinhas (autênticas ou não) esse é o lugar.

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Não vá embora antes de provar o delicioso sorvete de coco, que vem na própria casca e com pedaços da fruta e sai por só ฿50 (menos de US$2).

Mercado Flutuante em Bangkok - Floating Market (Foto: Esse Mundo É Nosso)

MERCADO FLUTUANTE DE BANGKOK

Onde: Damnoen Saduak, Tailândia
Quando: Diariamente, pela manhã

+ Curta nossa página no Facebook

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

26 Comments

  1. Lily Pestana disse:

    Fiquei curiosa por saber o que você comprou e comeu por lá! E de lá você foi ao mercado sobre trilhos, certo? Daí, que horas o passeio voltou?
    Beijos,
    Lily

    • Oi Lily, comi apenas sorvete e bobagens mesmo, nada em especial.
      Na minha segunda viagem, fui sim daqui pro mercado do trem, já que comprei o tour com os dois passeios. Voltamos por volta das 14h.

      bjos

      • Lily Pestana disse:

        Bom saber, Rafa!
        Pois estou pensando em fazer esses dois passeios, voltar para me arrumar e assistir ao pôr do sol no Sky Bar e depois jantar na Sala Rim Naam no MO! kkkk… maratona, mas já que volta às 14h, deve dar tempo, certo?
        Beijos,
        Lily

  2. Cristine disse:

    Olá…adorei o blog e confesso que me surpreendi com os preços.
    Gostaria de saber como é a comunicação ai…meu inglês é beeeeem básico por isso morro de medo de não conseguir me comunicar. Será que tem guias brasileiros ai? 🤔

    • Oi Cristine, tudo bem?
      Muito obrigado! Você consegue se virar sim com inglês básico e ajuda de um aplicativo como Google Translate. Infelizmente não conheço nenhum guia pra indicar, sinto muito.
      Abraços

  3. Fernando disse:

    Pretendo ir pra Bangkok em Janeiro/2017. Queria saber se da pra combinar em um dia só a visita ao mercado e o Templo dos Tigres, Elefantes (Mueang Sing Elephant Village) e a Ponte do rio Kwai??
    Valeu

  4. Vivianne disse:

    Onde comprar o passeio por 10 dolares!!! Email de contato da agencia por favor!!!

  5. Carolina disse:

    Achei fantástico seu blog…. entrei pra conhecer mais sobre a tailândia e me peguei lendo sobre tantos outros destinos que quase que largo tudo e vou passar 1 ano viajando pelo mundo! rs

    Bom, queria saber, como se acessa esse mercado? Vi que eh 1h de bangcoc….

    Em qual epoca do ano vc foi? Sei que o ideal eh nov-mar…. Vou viajar por 25 dias e tenho tres opcoes… fev, marco ou abril…. Os voos estao no msm preco nas tres epocas, mas pensei que abril por ja nao ser alta temporada os hoteis e passeios estejam mais em conta… meu medo sao as tais chuvas e enchentes! Alem do calor, claro!

    O que vc indica?

    • Muito obrigado, Carol, fico muito feliz mesmo! Ainda vem muito post sobre o Sudeste Asiático por aí!
      Eu fui em maio, estava quente, ainda não tão cheio, e não choveu quase nada. Então acho que em abril você não vai pegar chuva. Acho uma boa! O único porém é o calorão, mas a cerveja barata faz você superar rs.
      Abraços, seja bem-vinda e volte pra contar tudo 🙂

  6. Sabrina disse:

    Ai, sempre quis ir pra esses países mais "exóticos" e passear por esses lugares legais. Parece que você entrou em um daqueles livros de fantasia com outros mundos e tals, mas isso já é viagem demais da minha parte hahuauha. A única parte que não me chamou atenção foi esse sorvete de côco aí, já que eu não gosto da fruta. Mas de resto, lindo!
    Deve ser uma experiência incrível!

  7. Roberta disse:

    Nossa, adorei. Esse sorvete é um convite, deu água na boca! Abraços

  8. fastpassviagens disse:

    Lindo demais, um sonho, parabéns pela viagens e reportagem. Beijos mil

  9. Diogo Avila disse:

    Olá, que empresa de tour você usou?

  10. Douglas disse:

    Tive um Deja Vu agora! Uma das mulheres parece com uma que nós fotografamos (não vale dizer que tailandesa é tudo igual).

    Você foi de long tail boat? Shame on you! Os tailandeses que vivem do canal odeiam a bagunça que os motores fazem na água…

    Abraços!!

  11. Sabrina disse:

    Muito interessante, nunca vi igual. Até vende bolsas!!!! rs!!!!! o sorvete está com uma cara deliciosa…….

  12. Adolfo disse:

    Que legal!!! Adorei este mercado. O mais engraçado é que parece que vende de tudo, né? Até bolsa!! Mas como é? Você fica andando no barco e parando de "banca" em "banca"? Muito legal mesmo! Aproveite a viagem e continue contando tudo aqui no blog.

  13. Dani disse:

    Ah, Rafa… eu não fui não mercado, nem tomei esse sorvete de coco (que sequer vi à venda, mas que agora fiquei com vontade! rs). Porém, tomei a água de coco daí, que inclusive é extremamente doce e bem diferente do coco brasileiro, né?
    Beijão e aproveite! 🙂

    • Rafa disse:

      Oi Dani, estou adorando!!!! E é normal, não tem como a gente conhecer tudo né? Que bom que você viu o sorvete, é pra você parar de me fazer inveja nas suas viagens hahaha. Confesso que tenho tomado mais Chang que água de coco rs. Bjao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *