Mina da Passagem: uma experiência única a 120m de profundidade

Uma das atrações imperdíveis da região de Ouro Preto está, na realidade, próxima da vizinha Mariana, a primeira capital de Minas. Lá fica a Mina da Passagem, a maior mina de ouro aberta à visitação pública do mundo. O lugar foi fundado no início do século XVIII e de lá foram retiradas aproximadamente 35 toneladas de ouro até a década de 1980, quando foi desativada para exploração do mineral.

Mina de Ouro da Passagem

Mina de Ouro da Passagem

Esta foi a segunda parada minha e do meu amigo Adolf pelas Cidades Históricas de Minas durante o feriado de Finados. Chegamos ao lugar vindos de Tiradentes, a cerca de 2 horas dali.

A descida é feita através de um trolley, um trenzinho que percorre 315m e chega a 120m de profundidade. Confesso que dá uma sensação meio claustrofóbica no começo do percurso, mas o alívio vem assim que se atinge uma das enormes galerias. A temperatura é estável durante o ano todo, entre 17 e 20 graus.

httpv://youtu.be/3JkfZTHIrwY

Mina da Passagem

Mina da Passagem

Lá embaixo existe ainda um lago natural de águas transparentes, formado depois que as bombas que retiravam a água da parte mais profunda da mina foram desligadas, onde é possível fazer mergulhos (não incluso no ingresso).

Lago na Mina de Ouro da Passagem

Lago na Mina de Ouro da Passagem

De volta à superfície, existe um pequeno museu, loja de artesanatos e restaurante.

Onde fica: Passagem – entre Ouro Preto e Mariana
Como chegar: O acesso é feito de carro pela MG-262 ou de ônibus circulares vindos de Mariana ou Ouro Preto
Horário: De segunda a domingo, das 9h às 17h
Preço: Em média R$25 (salgado, mas vale a pena); estudantes pagam meia.

Confira também nosso roteiro em Ouro Preto

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

5 Comments

  1. marinês disse:

    Valeu as dicas…pretendo ir com minha família até Belo Horizonte e depois alugar um carro lá.

  2. Milena Franco disse:

    Adorei o seu blog, Rafael. Um dos poucos pesquisados realmente completo e informativo. Quero viajar para Minas e fazer o roteiro das cidades históricas, mas não sei qual a melhor cidade para me hospedar e de lá partir para as circunvizinhas. Estou indo sozinha, a princípio. Tem mais dicas, nesse sentido? Muito obrigada, Milena.

    • Oi Milena, muito obrigado pela visita e comentário!
      Acho que você pode montar sua base em Ouro Preto, que é a cidade com mais estrutura e atrações. De lá pode ir em passeio bate-volta para a vizinha Mariana. Se estiver de carro, siga depois pra Tiradentes. A estrada passa por Congonhas do Campo, onde o interessante é só visitar os apóstolos de Aleijadinho mesmo, numa parada rápida na viagem. Reserve de um a dois dias completos pra Tiradentes, é uma delícia!
      Qualquer dúvida, só falar!
      Abraços

      • Milena Franco disse:

        Muito obrigada, Rafael. Talvez, vá sozinha mesmo e sem carro…rs. Já curti a página de vocês no Facebook. Agora serei completamente fiel! Muito bom o trabalho. Parabéns para vocês! Abraço e boas viagens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *