Mirante de Joinville: Como chegar à vista mais bonita da cidade

A visita ao Mirante de Joinville é uma das principais atrações da cidade catarinense. Do alto dos 250 metros do Morro da Boa Vista é possível ter uma visão panorâmica de 360 graus de quase toda a cidade e da Baía da Babitonga. Em dias de céu claro, dá até mesmo pra ver o mar e cidades vizinhas.

O acesso acontece pela entrada do Zoobotânico e só pode ser feito a pé (haja fôlego!), de bicicleta ou nas linhas de ônibus exclusivos que sobem o morro. Abaixo explicamos como chegar e o que esperar da visita.

+ Encontre os melhores hotéis de Joinville com descontos

VISITA AO MIRANTE DE JOINVILLE

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Divulgação/Prefeitura de Joinville)

Comece o passeio pela Trilha Ecológica, que tem início pertinho do ponto de ônibus, já no alto do morro. As plataformas suspensas permitem uma caminhada em meio à Mata Atlântica, em contato direto com a natureza. No trajeto, que não dura mais de 10 minutos, é comum avistar alguns animais, principalmente saguis.

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

A trilha termina numa versão menor do Mirante de Joinville, apelidada de “Janela do Mirante”. Dali dá pra ver a parte mais central da cidade e a vista é linda.

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Para acessar o mirante principal, é preciso subir alguns lances de escada. Há acessibilidade para cadeirantes e idosos, que podem usar um elevador instalado no local.

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Construído em concreto armado a 14,5 metros do solo, o Mirante de Joinville tem dois lados de contemplação, o que permite uma vista de 360 graus da cidade.

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O lado virado para a Baía da Babitonga é um dos mais interessantes, já que uma parte do piso é de estrutura metálica vazada e dá um friozinho na barriga.

Visita ao Mirante de Joinville (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Na parte de baixo do mirante, no começo das escadas, há banheiros e bebedouro.

COMO CHEGAR AO MIRANTE DE JOINVILLE

Como dissemos no começo do texto carros particulares não são permitidos, dá pra vir a pé, de bicicleta ou de ônibus. Táxis só podem subir de segunda a sexta-feira, mas não podem esperar os passageiros, a menos que sejam veículos adaptados para cadeirantes.

| A PÉ
A subida é puxada, mas é comum ver gente caminhando ou até mesmo praticando exercícios. Há calçada e alguns bancos de apoio. Se for encarar, não esqueça de trazer água e protetor solar.

| DE BICICLETA
Se a subida pode exigir até mesmo que você empurre a bicicleta em alguns momentos, a descida é uma delícia. Claro que é preciso respeitar a sinalização de pedestres e carros.

| ÔNIBUS PRO MIRANTE DE JOINVILLE
Uma linha exclusiva faz o transporte até o alto do Morro da Boa Vista. Ela parte do Terminal Urbano Central, passa pelo centro e ainda faz paradas no pórtico de acesso ao mirante, no Zoobotânico e segue até o mirante.

A passagem custa a partir de R$4, podendo variar se foi adquirida com antecedência ou não (veja valores do transporte público na cidade). O retorno não é cobrado. Os ônibus para o mirante circulam nos seguintes horários:

– De segunda a sexta, das 7h40 às 17h (intervalos de 40min)
– Sábados, domingos e feriados, das 8h às 18h40 (intervalos de 20min)

O passeio ao Mirante de Joinville vale a pena para turistas de todas as idades. Tente ir num dia de céu claro para poder curtir bem o visual.

 

SERVIÇO
Endereço: R. Pastor Guilherme Rau – Saguaçu
Horários: Diariamente, das 7h às 19h
Entrada: Gratuita

* O jornalista viajou a convite da Prefeitura de Joinville, mas todas as opiniões dadas aqui são isentas e refletem sua real experiência.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *