10 Motivos para conhecer Jujuy, no norte da Argentina

Montanhas multicoloridas, salares, povoados construídos com adobe, rios cristalinos, festas populares, folclore, música e tradição fazem de Jujuy, no noroeste da Argentina, um dos destinos mais desejados por aventureiros dos quatro cantos do mundo.

A província de Jujuy, rica em história e beleza natural, convida os turistas a percorrer pelas suas quatro principais regiões, desbravando as estradas cênicas e dando check’s nos principais atrativos, como o Cerro de los 7 Colores, a Quebrada de Humahuaca e as Salinas Grandes. Para inspirá-los a conhecer o destino, criamos uma lista com 10 dos principais motivos que nos fizeram voltar de Jujuy com vontade de ficar um pouco mais.

10 MOTIVOS PARA CONHECER JUJUY

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

 

SALINAS GRANDES, CONHECIDAS COMO SALAR DE JUJUY

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

A 72 km de Pumamarca estão localizadas algumas das paisagens mais inquietantes da região. Localizado em Puma, uma das quatro regiões de Jujuy, as Salinas Grandes, também conhecidas como Salar de Jujuy, encantam os visitantes. São mais de 12 hectares de um branco intenso, que com o céu azul e as montanhas multicoloridas formam um dos cenários mais belos da viagem. Óculos de sol, casaco para o frio e muita água é recomendado ter de sobra na mochila! Aqui, não esqueça de fazer as tradicionais e engraçadas fotos em um salar.

 

PUMAMARCA E O CERRO DE LOS 7 COLORES

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

Pumamarca, conhecida como o coração da Quebrada de Humahuaca, é dona de ruas de terra batida e casas de adobe. O pequeno povoado está abraçado pelas montanhas multicoloridas da região, entre elas o famoso Cerro de los 7 Colores, um dos maiores pontos turísticos da província de Jujuy. Diferente das tradicionais montanhas marrons, o cerro possui uma mescla de cores, onde se destacam: amarelo, vermelho, laranja, verde, marrom, lilás e violeta, formando-o em um verdadeiro arco-íris de pedra.

 

TOREO DE LA VINCHA – A ÚNICA TOURADA DA AMÉRICA DO SUL

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

Esqueça os maus tratos aos animais da tourada de San Sebástian, na Espanha. Em Casabindo, a tourada é simbólica e faz parte das comemorações do dia da padroeira da cidade, a Virgen de la Asunción. Realizado todos os anos no dia 15 de agosto, o Toreo de la Vincha é uma das festas mais tradicionais da região.

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

O dia começa com uma peregrinação da Virgen de la Asunción com as imagens dos padroeiros dos pueblos vizinhos, transformando a manhã em um momento de muita fé e tradição. Após a procissão, é dada a largada para a tourada, onde qualquer um pode se inscrever, e o ponto alto é quando o toureiro retira da cabeça do touro uma fita com moedas que é dado em seguida como oferenda para a santa.

 

CELEBRAÇÕES A PACHAMAMA

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

Se você gosta de interagir ao máximo da cultura local, programe-se para conhecer Jujuy em agosto, mês de homenagem a Pachamama, a mãe terra. Durante todo o mês é possível ver e participar de cerimônias onde os moradores de Jujuy agradecem a Pachamama com dezenas de oferendas que são depositadas em buracos cavados na terra, em um ato cheio de mistérios e tradição, guiado pela pessoa mais velha/sábia da região.

 

GASTRONOMIA

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

Do asado de cordero a la estaca ao gratinado de llama, todos os pratos que experimentamos em Jujuy foram uma atração à parte para os que gostam de viajar também pelo paladar. A gastronomia típica do noroeste da Argentina mantém uma forte influência aborígene, onde os pratos são feitos na maioria das vezes com milho, batata, quinoa e carnes de llama, vaca, cordeiro, porco e galinha. Desses ingredientes saem pratos deliciosos, como as empanadas, locro e o asado de llama. Para as sobremesas, os destaques ficam para o quesillo com mel, os queijos de cabra e os buñuellos banhados com mel de cana.

 

TILCARA: UM POVOADO NO MEIO DAS MONTANHAS

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

Capital arqueológica da província de Jujuy, Tilcara, localizada a 84 km de San Salvador de Jujuy, é um refúgio de artistas, músicos e poetas. Fundada em 1586, o pequeno povoado, assim como Pumamarca, é abraçado pelas montanhas, é conhecido como principal polo cultural da Quebrada de Humahuaca. De toda a região, Tilcara se destaca pelas inúmeras lojas de artesanato, bares descolados, restaurantes e outras opções para distrair os turistas, aqui sem dúvidas é a melhor opção para ficar hospedado em Jujuy.

 

PAISAGENS NAS ESTRADAS

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

Se existisse um prêmio para classificar as estradas mais bonitas do mundo, Jujuy estaria sem dúvidas entre os 10 primeiros colocados. As estradas, que estão novas e em ótimas condições, são acompanhadas por cornisas, montanhas, salares, guanacos e llamas. Em alguns momentos, as estradas cortam as montanhas que de longe lembram os movimentos de uma serpente. Se estiver planejando uma road trip pela Argentina, não deixe de passar por Jujuy.

 

MÚSICA: VIVA JUJUY

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

Música para todos os lados! Assim é Jujuy, um destino musical que é dono de lindas danças folclóricas e berço de grandes nomes da música argentina. Por lá, ouvimos na rádio, no restaurante e em uma apresentação na praça principal de El Carmen a canção Viva Jujuy, interpretada por Mercedes Sosa  em uma versão mais original, mas também pode ser ouvida pela banda Los Tekis, em uma pegada mais atual. Também ouvimos por todos os lados o clássico Malagueña Salerosa. No mês de agosto é comum encontrar jovens pachamameando e tocando flautas e outros instrumentos locais nas comemorações a mãe terra.

 

OS JUJUYEÑOS: MELHORES PESSOAS

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

Com um jeito simples, prestativo e com a história dos seus ancestrais na ponta da língua, o povo de Jujuy é caloroso, simpático e acolhedor. Nos pueblos, o primeiro contato é com o sorriso, mas logo em seguida uma conversa será iniciada sem hora para acabar. Se você quiser investir em uma boa prosa, basta ir em uma sorveteria, sentar em um banco da praça,  entrar em uma lojinha de artesanato ou parar em uma das barracas de comida de rua.

 

QUEBRADA DE HUMAHUACA

De longe as cores da Quebrada de Humahuaca chamam a atenção de quem passa apreciando a paisagem da janela do carro. A Quebrada, como é chamada pelos mais íntimos, é um lugar ideal para aventureiros que estão planejando viver uma aventura a pé, a cavalo, de carro, moto ou bike. Nos povoados de Pumamarca, Maimará, Tilcara e Humahuaca, as casas são feitas com adobe, as igrejas são históricas e há muitas ruínas pré-hispânicas para os que apreciam arqueologia. No dia 21 de junho se celebra o Inti Raymi (Festa do Sol) junto ao monolito que marca o Trópico de Capricórnio, outro evento importante da região e que sem dúvidas vale a pena ser vivido.

10 motivos para conhecer Jujuy (Foto: Átila Ximenes/Esse Mundo é Nosso)

+ Descubra mais destinos na Argentina
+ Veja dicas de Buenos Aires

Por Átila Ximenes
* Viajamos para Jujuy a convite do Visit Argentina e o Turismo de Jujuy.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

2 Comments

  1. Judith disse:

    Realmente a província de Jujuy é lindíssima com história , cultura e paisagens únicas, recomendo incluir Salta na viagem. Fomos de carro, estrada boa, fomos pela província do Chaco é uma reta, só tem que cuidar que às vezes tem animais na pista. Viagem de dia.

  2. Monica disse:

    Que incrível! Eu não conhecia esse lugar, para ser sincera estou ouvindo falar mais dele de uns tempos para cá. Quantos dias no mínimo você acha que tem que ficar lá? Estou vendo umas passagens em promo e está tentador ^^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *