O que fazer em Madrid: Roteiro a pé pelas principais atrações

A capital da Espanha é cheia de atrações e nunca falta o que fazer em Madrid. Mas são tantos pontos turísticos a serem visitados que em alguns momentos você se sente meio perdido, ainda mais se tiver pouco tempo na cidade.

Compartilhamos nesse post um roteiro a pé pelas principais atrações, que pode ser feito em um ou dois dias, dependendo do seu ritmo. Se preferir, também é possível fazer alguns dos deslocamentos de metrô, por exemplo. Veja o mapa no final do post para entender o percurso e as estações.

+ Faça a cotação do seguro saúde obrigatório pra Europa

O QUE FAZER EM MADRID: ROTEIRO A PÉ

PLAZA DE LA PUERTA DEL SOL
 Estação de metrô: Sol

Comece o passeio por essa praça, considerada centro da Espanha. Além da linda arquitetura, ela é um importante ponto de conexão. São três linhas de metrô e muitas de ônibus que passam por aqui. Por isso, o ritmo por aqui é sempre frenético. A Plaza de la Puerta del Sol é também o local onde os madrilenhos celebram o Ano Novo e cenário para as principais manifestações populares.

O que fazer em Madrid: Puerta del Sol (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

IGLESIA E CHOCOLATERIA SAN GINÉS

Siga pela Calle Mayor e vira à direita na Calle Coloreros. Ali fica a Iglesia de San Ginés, uma das mais antigas de Madrid, e a tradicionalíssima Chocolateria San Ginés, que já ganhou um post aqui. Não deixe de fazer uma rápida parada ali pra provar um dos doces mais típicos da cidade, o churros com chocolate quente.

Onde comer o famoso churros de Madrid: Chocolateria San Ginés (Foto: Divulgação)

 

PLAZA MAYOR

Um dos maiores símbolos de Madrid, essa praça medieval já foi palco de touradas e atos bárbaros da Inquisição. Hoje é rodeada por prédios com varandas, lojas e restaurantes. Uma boa opção para almoçar é o Museo del Jamón, que serve uma paella incrível, além dos próprios jamóns (presunto cru espanhol), claro. Os preços cobrados nas mesinhas ao ar livre na praça são mais altos do que para quem frequenta os balcões internos.

O que fazer em Madrid: Plaza Mayor (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Madrid: Plaza Mayor (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

MERCADO DE SAN MIGUEL

Deixe a Plaza Mayor pela Calle Mayor ou Calle Cava de San Miguel até encontrar o famoso Mercado de San Miguel, que funciona ali desde 1916. Em 2010 ele abriu todo repaginado e hoje é um dos locais mais gostosos para conhecer a gastronomia madrilenha. É possível pegar uma taça de vinho em uma das bancas e circular por todo o mercado até encontrar algumas tapas para beliscar (saiba mais).

PLAZA DE LA VILLA

Perto dali, seguindo pela Calle Mayor, você chegará à Plaza de la Villa, uma pequena praça cercada por alguns dos prédios mais antigos da cidade, entre eles a antiga sede da prefeitura.

O que fazer em Madrid: Plaza de la Villa (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

CATEDRAL DE MADRID E PALACIO REAL DE MADRID

Siga descendo pela Calle Mayor até chegar à imponente Catedral de la Almudena, chamada de Catedral de Madrid.

O que fazer em Madrid: Catedral de Madrid (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Logo ao lado fica a Plaza de la Armería, de frente para o suntuoso Palacio Real de Madrid, residência oficial do Rei da Espanha desde 1738, apesar de ele atualmente usá-lo apenas em recepções e eventos oficiais. Se quiser, dá pra visitar o palácio por dentro e ver todo seu luxo. Os ingressos podem ser adquiridos pela internet.

O que fazer em Madrid: Palacio Real de Madrid (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Madrid: Palacio Real de Madrid (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Do lado de fora e com entrada gratuita ficam dois grandes jardins do palácio, o Campo del Moro e Jardines de Sabatini, cheios de fontes e esculturas. Como eles ficam abaixo do nível da rua, é possível ter uma bonita vista do alto com o Palacio Real ao fundo.

 

PLAZA DE ORIENTE
 Estação de metrô: Opera

De frente para o palácio, mas do outro lado da rua, a Plaza Oriente tem um lindo paisagismo e guarda estátuas que representam os reis espanhóis. No outro extremo da praça fica o Teatro Real, a maior casa de ópera de Madrid.

O que fazer em Madrid: Plaza Oriente (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

PLAZA DE ESPAÑA
 Estação de metrô: Plaza de España

Siga poucos metros pela Calle de Bailén até chegar à Plaza de España, um ótimo ponto para descansar um pouco as pernas debaixo da sombra das árvores. Perto dali, do outro lado da rua, fica o surpreendente Templo de Debod, um templo egípcio do século IV a.C. em plena Espanha. Ele foi doado na década de 1960 pelo governo do Egito.

O que fazer em Madrid: Plaza de España (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

GRAN VÍA
 Estações de metrô: Plaza de España, Santo Domingo, Callao e Gran Vía

A Gran Vía é uma das principais avenidas de Madrid, uma espécie de Avenida Paulista daqui. Dá pra passar muitas horas caminhando por ela, observando as enormes vitrines das lojas das marcas mais famosas do mundo até encontrar um cantinho para comer alguma coisa. Já no final dela fica, quase na Plaza de Cibeles, fica o Edifício Metropolis, um dos primeiros arranha-céus da cidade.

O que fazer em Madrid: Gran Vía (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Algumas lojas que valem a pena visitar são a Zara, H&M, Mango e a enorme El Corte Inglés, uma loja de departamentos que tem até um supermercado (fica na Plaza del Callao).

 

PLAZA DE CIBELES
 Estação de metrô: Banco de España

Praticamente no final da Gran Vía, fica essa famosa rotatória, que tem no centro uma fonte de 1782, se converteu numa das praças mais bonitas da cidade, cercada por importantes prédios históricos. O que atrai mais visitantes é o Palacio de Comunicaciones, que desde 2011 passou a se chamar Palacio de Cibeles. Hoje é a sede da prefeitura de Madrid.

O que fazer em Madrid: Plaza de Cibeles (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Além de um espaço cultural, com exposições e uma programação de eventos, o prédio tem um mirante com vista panorâmica da Plaza de Cibeles. Se preferir, pode gastar uns bons euros no refinado Restaurante Palacio de Cibeles, que também tem uma vista linda lá de cima.

O que fazer em Madrid: Plaza de Cibeles (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

PUERTA DE ALCALÁ

Uma das cinco antigas portas reais que davam acesso a Madrid, esse ícone da cidade, mostrado em vários filmes, fica na rotatória da Plaza de la Independencia. Foi construída no século XVIII em substituição à antiga porta que ali ficava desde o século XVI.

O que fazer em Madrid: Puerta de Alcalá (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

PARQUE DE EL RETIRO
 Estação de metrô: Retiro

A poucos metros da Puerta de Alcalá, seguindo pela Calle de Alcalá, um verdadeiro oásis verde bem no meio de Madrid. São diversos jardins e fontes, além de palácios. O local mais conhecido do Parque de El Retiro é o Estanque Grande, um lago onde é possível praticar remo e pedalinho.

O que fazer em Madrid: Parque de El Retiro (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Outra atração é o belo Palacio de Cristal, um prédio de 1887 construído em ferro e cristal que hoje abriga mostras e exposições.

O que fazer em Madrid: Parque de El Retiro (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

MUSEO DEL PRADO

Bem de frente para o parque, saindo pela Plaza del Parterre, fica o Museo Nacional del Prado. Quem gosta de arte e história pode passar horas nesse que é um dos mais importantes museus do mundo. Para conhecer todos os detalhes da visita, sugiro que consulte o blog Turomaquia, da Patricia de Camargo, pra mim uma das mais entendidas jornalistas quando o assunto é o Prado.

O que fazer em Madrid: Museo del Prado [Foto: Larry Wentzel (CC BY 2.0)]

Larry Wentzel (CC BY 2.0)

E aqui termina nossa sugestão de o que fazer em Madrid num roteiro a pé pelo centro. Para retornar, a partir do Prado, você pode pegar o metrô Banco de España na Plaza de Cibeles ou então o Atocha, no Paseo del Prado.

 

MAPA DO ROTEIRO

Tem mais sugestões? Compartilhe com a gente nos comentários!

+ Visita ao Santiago Bernabéu, o estádio do Real Madrid

+ Como ir do aeroporto ao centro da capital espanhola

+ Onde ficar na cidade: dica de hotel na Gran Vía

+ Dica de hotel barato perto do metrô

+ Todas as dicas pra você curtir a capital da Espanha

 

 

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

6 Comments

  1. Werisleyk Oliveira disse:

    Show de bola esse roteiro, dicas bem legais, parabéns, com certeza vou fazer um bom uso dele!!

  2. Beatriz disse:

    Amei o roteiro! Vou segui-lo com certeza. Parabéns! Percebi que em alguns lugares vc menciona o metrô. Isso quer dizer que devo pegar o metrô pra chegar a esses lugares? Esse roteiro da pra fazer inteiro andando em um só dia?

  3. Andrea disse:

    Olá,

    Encontrei o site de vocês por acaso, achei bem legal.

    No roteiro a pé,deixo como sugestão para quem vai até o final da Gran Via visitar também o museu Thyssen-Bornemisza, que é belissimo e bem organizado.

    Também é possível descer a rua em direção a estação Atocha e conhecer o Reina Sofia.

    Para os chocolatras, um outro lugar muito bom para saborear sobremesas é a Valor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *