Tão desconhecida de muitos, Manila, a capital das Filipinas, é uma metrópole de 12 milhões de habitantes localizada no Sudeste Asiático. Nunca havia pensado em visitar a cidade, mas a chance surgiu quando viajei para o paraíso de Boracay, uma pequena ilha com mar azul de tirar o fôlego.

Foi então que veio a dúvida: O que fazer em Manila? Apesar de ser uma gigante cidade, caótica e com um trânsito de deixar São Paulo no chinelo, a capital filipina despertou em mim vários sentimentos: surpresa, indignação, estresse… é o que compartilho neste post.

 

MANILA

O que fazer em Manila, Filipinas (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Essa é uma cidade de contrastes. E olha que nós brasileiros já estamos meio acostumados com eles. Manila é uma metrópole que não para, enorme, onde se locomover é uma das tarefas mais difíceis. Já tinha lido muito sobre como era complicado viajar pelas Filipinas, mas foi aqui que realmente senti isso na pele. Foi aqui que a burocracia filipina se mostrou pior que a do Brasil, foi aqui que mais briguei com taxistas num único dia, foi aqui que encarei a hora do rush no metrô que me faz agora pensar toda vez antes de reclamar dos trens de São Paulo. Mas também foi a mesma Manila que me batia que me acarinhava. Em alguns momentos pareciam surgir oásis, lugares que me fizeram pensar que valeu a pena parar por um dia num local tão distante e tão desconhecido.

O que fazer em Manila, Filipinas (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Uma curiosidade que é muito vista pelas ruas é o “jeepney”, um transporte público adaptado dos jeeps herdados do exército americano após a Segunda Guerra. Confortáveis não são, mas são um graça, né?

O que fazer em Manila, Filipinas (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

O QUE FAZER EM MANILA

 

MAKATI

O que fazer em Manila, Filipinas (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Escolhi como base o distrito de Makati, na Grande Manila, que é a região mais moderna e com melhor estrutura hoteleira. É o coração financeiro da cidade, com arranha-céus modernos, ruas arborizadas, praças, parques, shoppings e restaurantes. Sem dúvida é um local muito agradável, que pode ser facilmente percorrido a pé e que faz você esquecer rapidamente do caos de outras áreas.

 

 

GREENBELT

O que fazer em Manila: Greenbelt (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Ainda em Makati, o Greenbelt é um gigantesco complexo com cinco shoppings também conhecido como Ayala Center. Dois desses centros de lazer são a céu aberto, com um ambiente bem agradável, rodeado de bares e restaurantes.

O que fazer em Manila: Greenbelt (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Os Greenbelt’s 3, 4 e 5 são os mais badalados, com lojas de grifes internacionais e restaurantes de alta gastronomia. Também são as melhores pedidas para o happy hour ou para curtir a noite. Interessante que todos esses shoppings, que ocupam quadras e quadras do bairro, são interligados com passarelas ou passagens subterrâneas, o que facilita o trajeto a pé. O único porém fica na revista feita pelos seguranças a cada hora que você entra ou sai de um centro de compra para o outro.

O que fazer em Manila: Greenbelt (Foto: Esse Mundo É Nosso)

É um local muito agradável, embora eu não seja fã de shoppings. A estrutura é muito boa e o fato de alguns deles serem abertos tornou esses lugares muito bons para passear, comer e aproveitar a noite.

 

 

AYALA TRIANGLE GARDENS

O que fazer em Manila: Ayala Triangle (Foto: Esse Mundo É Nosso)

No coração do distrito financeiro de Makati, o Ayala Triangle Gardens é um parque com centenas de árvores cercado por arranha-céus. Ao redor do gramado ficam diversos restaurantes com ótimas opções para todos os gostos.

O que fazer em Manila: Ayala Triangle (Foto: Esse Mundo É Nosso)

 

 

INTRAMUROS

Herança da colonização espanhola, Intramuros é uma cidade amuralhada que – muito de longe – lembra Cartagena, na Colômbia. A diferença é que aqui a conservação não é das melhores. Dentro dos muros estão casarões, igrejas e fortes que serviram ao governo espanhol. Há também passeios de charretes e triciclos, além de guias que oferecem o serviço no local. Mas munido de um mapa é fácil percorrer as ruas, embora você se sinta em alguns momentos intimidado pelos moradores dos cortiços.

O que fazer em Manila: Intramuros (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Manila: Intramuros (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Manila: Intramuros (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Manila: Intramuros (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Manila: Intramuros (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Manila: Intramuros (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Como chegar a Intramuros: Entrei em um táxi em Makati e pedir para ir até a cidade amuralhada. Ao ouvir o destino, o motorista alegou que havia muito trânsito no horário, que levaríamos mais de duas horas para chegar e negou a corrida. Tentei novamente e o segundo taxista fez o mesmo. A terceira tentativa também foi frustrante quando o motorista disse não conhecer o local. Indignado, descobri por conta própria, embora a recepcionista do meu hotel dissesse que não havia como ir de transporte público, que era possível ir de metrô, aqui chamado de MRT e LRT, dependendo do tipo da linha. Peguei a Linha 3 do MRT na estação Ayala, anexa ao shopping SM Makati. Segui até a estação EDSA Pasay onde fiz a baldeação para a Linha 1 do LRT até a Central Station. Dali, a caminhada é de menos de 10 minutos até Intramuros, tendo que cruzar grandes e difíceis avenidas. Evite o horário de pico do metrô ou, assim como eu, voltar quando o dia já está escurecendo.

 

De toda forma, foi um dia agradável em Manila, apesar dos perrengues com a locomoção. Makati sem dúvida é um oásis e vale muito ser explorada, assim como é a melhor área para se hospedar. Os shoppings da região também têm preços convidativos, principalmente as grandes lojas de departamento.

+ Consulte hotéis em Makati e faça sua reserva

+ Veja mais dicas para planejar sua viagem às Filipinas

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

12 respostas

  1. Olá Rafael , não sei se ainda está nas philipinas, irei passar 1 mês por na região de makati e mandaluyoung . Vc sabe me dizer só pontos turísticos que realmente tenho que conhecer e se é possível encontrar comunidade brasileira ? Encontrar brasileiros amigáveis ? Pois estou em uma amiga mas ela é modelo e já mora a 2 anos aqui , mais não tem tempo de sair comigo por conta do trabalho ! Poderia me ajudar kk ? Obrigado

    1. Oi, Otávio, tudo bem?
      Infelizmente fui há alguns anos e não conheço nenhuma comunidade brasileira. Mas o bairro de Makati é bem interessante pra você quando estiver sozinho, já que tem alguns bares e público jovem.

      Abraços e ótima viagem!

    1. Oi Paula, tudo bem?
      Eu não conheço pessoalmente nem por relatos praias legais perto de Manila não. No caso, o que é mais comum é dali você voar para Boracay ou Cebu, por exemplo, que aí sim são lindas.

      Abraços

    1. Oi Martin, tudo bem?
      Não é uma cidade muito cara, não. Mas não é das mais baratas nas Filipinas. Eu não acho Manila interessante. Vale conhecer mesmo apenas se estiver de passagem. É uma enorme metrópole e com centro histórico bem maltratado.

      Abraços e boa viagem

  2. Boa tarde,
    Ficarei num apartamento mesmo em frente ao aeroporto de Manila… É seguro andar de transportes públicos em Manila, mesmo à noite?
    Obrigada.

  3. Boa tarde!Estou indo passar um dia em Manila e queria conhecer o Intramuros. Quanto tempo ao todo vocês levaram para chegar utilizando o MRT e o LRT?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.