O que fazer em Singapura: Dicas para curtir a cidade-estado

Mal desembarcamos no melhor aeroporto do mundo, e já tivemos uma certeza: não faltaria o que fazer em Singapura. A cidade-estado de pouco mais de 5 milhões de habitantes, uma das com melhor Índice de Desenvolvimento Humano do mundo, tem atrações para todos os gostos e bolsos.

Depois de alguns dias desbravando a região, listamos aqui dicas para você aproveitar todos os pontos turísticos. O melhor? O sistema de metrô é super eficiente e é a melhor opção para circular por aqui.

O QUE FAZER EM SINGAPURA

RODA GIGANTE

Já que a dúvida é o que fazer em Singapura que tal começar por uma das maiores rodas gigantes do mundo? Os números comprovam toda essa fama da Singapore Flyer: são 65 metros de altura, o que equivale a um prédio de 42 andares. A roda-gigante pode levar 784 passageiros simultaneamente, Em dias claros, a vista panorâmica pode alcançar 45Km de distância, sendo possível ver parte da Malásia e da Indonésia.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

As cápsulas medem 4m por 7m e levam até 28 pessoas confortavelmente. Uma volta demora 30 minutos. Quando fomos, não havia mais ninguém na cápsula com a gente. Para quem gosta de belas vistas e altura, é um ótimo passeio. De lá dá para ter noção total também do circuito de Fórmula 1 do GP de Singapura.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Para adquirir nossos ingressos, o TripAdvisor nos convidou para experimentar uma novidade. No próprio site deles, é possível pesquisar sobre as atrações e comprar o ingresso para elas. Nós fizemos isso e foi ótimo. Escolhemos o The Singapore Pass, que dá direito a ingressos para algumas atrações da cidade gastando menos do que o valor original, e foi superfácil trocar pelo ingresso na entrada da roda gigante.

+ Veja como adquirir seu Singapore Pass

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Endereço: 30 Raffles Avenue
Horário: Aberto das 8h30 às 22h
Como chegar: Estação The Promenade (Circle Line, CC4) – Saída A
Ingresso: S$ 33.00 (cerca de US$ 23,00)

+ Veja o post completo sobre a roda gigante

MARINA BAY

Se você estiver em dúvida sobre o que fazer em Singapura, andar pela Marina Bay poderá te ajudar. A baía é linda, moderna e cheia de gente praticando esportes. Fiquei surpreso em ver como eles são saudáveis. Passear por lá sem rumo é o melhor que se tem para fazer. Dá para ver o imponente hotel Marina Bay Sands, parar para tirar fotos no Merlion, passar pelo ArtScience Museum (ou pelo menos observar sua famosa flor de lótus), comer e beber em alguns dos bares ou restaurantes e ainda entrar no shopping para fazer compras.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como chegar: Estação Bayfront do MTR

 

+ Lembrou do Seguro Viagem pra Ásia? Ache o melhor preço

MERLION

A estátua símbolo de Cingapura fica na baía da Cidade-Estado e a visita é gratuita. Essa figura mitológica é metade peixe e metade leão. Quem gosta de fazer fotos engraçadas, irá se divertir fingindo que está tomando banho ou água da fonte do Merlion.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Endereço: Marina Bay (Estação Raffles Palace do MRT)

 

GARDENS BY THE BAY

Outra atração imperdível de Singapura é o Gardens By The Bay, um jardim futurista que faz o maior sucesso entre turistas e moradores. Com mais de 100 hectares de área verde, bem próximo da famosa Marina Bay, o Gardens By The Bay faz parte do plano do Governo de transformar a cidade-Estado em uma “cidade jardim”.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso) O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

As superárvores são estruturas artificiais que chegam a 50 metros de altura e estão cobertas por vegetação natural. Em alguns casos, elas estão interligadas por pontes suspensas. Na mais alta delas há um restaurante no topo. Essas superárvores exibem modelos raros de plantas, como orquídeas exóticas. Além disso, células fotossensíveis absorvem a luz solar para iluminá-las no período da noite. Para entrar no jardim e ver as árvores do chão não é preciso pagar nada. Já para subir e andar nas pontes é necessário comprar um ingresso (pela internet custa S$ 28 – cerca de US$ 20).

+ Veja o post completo sobre o jardim

Horário: aberto das 5h às 2h (estufas: das 9h às 21h)
Como chegar: Estação Bayfront do MRT
Mais informações: Site oficial
Outras dicas: proibido fumar em todo o parque; use roupas leves pois faz muito calor; há facilidades para pessoas com dificuldades de locomoção

PISCINA

A piscina de borda infinita mais famosa do mundo fica em Singapura e está no topo do hotel Marina Bay Sands. Mas, como já contamos aqui no blog, se você não estiver nele, esqueça “cada mergulho é um flash”, já que somente hóspedes podem curtir a piscina.

+ Reserve ao menos uma diária pra curtir a piscina do Marina Bay Sands

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

No mesmo andar do hotel, há um Skyview, mas não caia na pegadinha. Quem sobe lá não consegue avistar a piscina. Se não estiver hospedado ali, a dica é reservar uma ida ao bar Cé La Vi, que fica no topo do prédio, é aberto ao público e tem a vista da borda infinita.

+ Saiba tudo sobre a piscina mais famosa do mundo

 

CLARKE QUAY

Às margens do Singapore River, o Clarke Quay é um dos melhores centros de entretenimento, vida noturna e compras de Singapura. Lá é possível comer em redes como Hooters, em restaurantes mexicanos, chineses e pizzas no estilo italiano. Além disso, há shoppings e lojas para quem quer fazer compras. Um dos locais que o barco que passeia pela cidade sai é de lá. Para chegar é superfácil, já que há uma estação do metrô chamada, inclusive, Clarke Quay.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Saiba mais sobre o Clarke Quay

Como chegar: Estação Clarke Quay do MTR

 

PASSEIO DE BARCO

Ver Singapura de dentro da água é tão incrível quanto ver por fora. Os passeios de barco duram cerca de 30 minutos e atravessam os pontos mais importantes da Cidade-Estado. Os prédios ganham ainda mais beleza e, pagando um pouco mais, é possível ver o famoso show de luzes de dentro do barco. Assim como fizemos com o ingresso da Roda Gigante, usamos o The Singapore Pass para o passeio de barco. Adquirimos o passe através do TripAdvisor.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Veja mais informações sobre os passeios de barco

CHINATOWN

A Chinatown de Singapura é linda e cheia de detalhes. Mesmo assim, não deixa de ter os produtos chineses que tanto amamos comprar. É ótimo para levar lembrancinhas da cidade. Tem canetas, camisetas, chaveiros, imãs… Tudo por preços muito bons. Além disso, a Chinatown Food Street é uma verdadeira praça de alimentação a céu aberto. Para chegar lá é só descer na estação de metrô Chinatown.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como chegar: Estação Chinatown do MTR

 

TEMPLO SRI MARIAMMAN

Como Singapura é uma cidade multicultural, ali na Chinatown está o mais antigo templo hindu do país. O Templo Sri Mariamman é uma ótima chance de conhecer essa cultura. Você pode inclusive participar dos rituais nos fins de tarde sem pagar nada por isso, mas se decidir fotografar o interior do Sri Mariamman terá de desembolsar alguns dólares (Estação de metrô Chinatown).

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Saiba mais sobre o templo

Endereço: 244 South Bridge Rd
Como chegar: Estação Chinatown MTR

 

LITTLE INDIA

Também de fácil acesso pelo metrô, a Little India não tem o charme da Chinatown, mas é uma boa oportunidade para se conhecer os costumes indianos nesta cidade multicultural. Vale a pena se tiver tempo de sobra.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como chegar: Estação de metrô Little India

 

SHOW DE LUZES WONDER FULL

Há muito o que fazer em Singapura também sem gastar nada. E isso é ótimo, pois essa é uma cidade bem cara. Uma das atrações mais famosas acontece na Marina Bay. É o famoso show de luzes Wonder Full, uma mistura de luzes, lazer, sons e músicas que conta a história da vida. O espetáculo, que dura 13 minutos e ocorre na Praça de Eventos do Promenade, acontece na água com os prédios de Singapura de fundo.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Veja os horários dos shows

PRAIAS

Nem todo mundo sabe, mas em Singapura há praias bonitas (e artificiais, claro). Sentosa é uma ilha e possui diversas atrações como parque de diversões, restaurantes, campos de golfe e, claro, praias. Para chegar lá é superfácil. É só ir de metrô até a estação Harbour Front e de lá pode pegar o Sentosa Express, um monotrilho que faz uma parada na Universal Studios, ou seguir de teleférico.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Saiba mais sobre o estado da diversão de Singapura

 

ORCHARD ROAD

Não falta mesmo o que fazer em Singapura. Além de atrações turísticas, compras também têm espaço garantido por lá. Uma avenida cheia de lojas de marcas famosas (e caras) e shoppings. Bom para quem quer gastar muito ou simplesmente olhar as vitrines e ficar por dentro das novidades e tendências. O jeito mais fácil de chegar é descendo na estação Orchard do metrô.

O que fazer em Singapura (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Como chegar: Estação Orchard do metrô

 

+ As melhores opções para se hospedar na região
+ Veja todas as nossas dicas sobre a Cidade-Estado

+ Confira 12 atrações gratuitas para fazer por lá

Tem mais dicas de o que fazer em Singapura? Conta pra gente nos comentários!

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *