O que fazer em Zagreb, a bela capital da Croácia

Importante centro de conexão aérea e ferroviária da Croácia, a capital Zagreb é muitas vezes menosprezada pelos turistas que visitam o país e seguem direto para as praias do Mar Adriático. Decidimos ficar na cidade e conhecê-la mesmo que em apenas um dia.

Mas o que fazer em Zagreb? A capital de pouco mais de 800 mil habitantes ainda tem aquele clima esperado por quem visita o Leste Europeu, com prédios históricos, igrejas, ruelas e monumentos. Junto da rica história, some excelentes e modernos cafés, bares, restaurantes e lojinhas. Um prato cheio pra ser descoberto mesmo que em pouco tempo.

Só por curiosidade, a cidade tornou-se capital da Croácia apenas em 1991, já que nos tempos de Iugoslávia a capital era Belgrado (Sérvia).

+ Encontre o melhor preço no Seguro Viagem pra Europa

O QUE FAZER EM ZAGREB, CROÁCIA

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O centro histórico, onde estão as principais atrações, é dividido em duas partes, chamadas de Cidade Alta e Cidade Baixa. Dá pra percorrê-las a pé ou, caso prefira, de tram, os bondes elétricos que circulam por todos os cantos.

CIDADE ALTA

IGREJA DE SÃO MARCOS

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O telhado colorido dessa igreja é um dos símbolos da Croácia. A visitação é permitida em alguns horários de acordo com as missas. Perto dali fica o curioso Museu das Relações Cortadas e o Museu de Arte Naïv.

 

TORRE LOTRŠČAK

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Essa torre medieval tem não apenas uma das vistas mais lindas de Zagreb do alto dos seus mais de 300 degraus como uma tradição curiosa pouco falada nos guias de viagem. Chegue sempre pouco antes do meio dia para assistir ao canhão que desde o século XIX anuncia a hora aos moradores da cidade. No momento da “explosão” eu estava no alto da torre e o susto foi grande. Acho de baixo, da rua, seja mais interessante ver o estouro (veja no vídeo abaixo). O ingresso custa 20Kn.

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O acesso pode ser feito pela rua da Igreja de São Marcos ou por um funicular que liga a Cidade Baixa à Alta desde o fim do século XVII.

+ Hotéis com desconto e cancelamento grátis na capital croata

PRAÇA KAPTOL

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Essa famosa praça sedia a Catedral da Assunção da Virgem Maria, de 1899, com suas torres que podem ser vistas de praticamente qualquer lugar. No interior ainda há resquícios da igreja medieval que ocupava o espaço até um forte terremoto ter destruído praticamente tudo no século XVII.

 

PORTA DE PEDRA

O que fazer em Zagreb, Croácia [Foto: Suradnik13 (CC BY-SA 4.0)]

Esse portão medieval chamado de Kamenita Vrata hoje se transformou em um santuário.

 

RUA TKALČIĆEVA

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Essa charmosa ruela é dominada por bares, cafés e restaurantes com mesas ao ar livre. Fica bem animada nos dias de sol, principalmente nos fins de semana, além de ser um dos melhores points da noite de Zagreb também. Gostamos muito do bar Medvedgrad, com pratos a partir de 50Kn e cerveja artesanal.

 

CIDADE BAIXA

TRG JOSIPA JELAČIĆ

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Essa praça é o coração de Zagreb, cerca de bares, restaurantes e grandes lojas de departamento.

 

MERCADO DOLAC
Há quase um século, esse espaço perto da praça Josipa Jelačića vende frutas, embutidos, laticínios e artesanato. É um bom local pra provar a culinária croata. Na parte mais baixa, perto da praça, as flores são a atração.

 

PARQUE ZRINJEVAC

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Seguindo pela Rua Zrinjevac a partir da praça principal, chega-se ao parques Zrinjevac, uma grande área verde que se estende quase até a estação de trem da capital. Nos arredores ficam importantes prédios, como o Museu de Arqueologia e a Suprema Corte. No centro do parque fica a Academia Croata de Ciências e Arte.

 

PARQUE KRALJA TOMISLAVA

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

Caminhando mais uma quadra ainda em sentido da estação, chega-se ao Parque Kralja Tomislava, outra bonita área verde. No centro do gramado fica bonito prédio do Pavilhão de Arte. O entorno desse parque é bem movimentado, principalmente por conta da Estação de Trem de Zagreb e do grande número de trams que passa por ali.

O que fazer em Zagreb, Croácia (Foto: Esse Mundo É Nosso)

+ Encontre seu hotel em Zagreb com desconto
+ Todas as dicas pra você viajar pra Croácia

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Rafael Carvalho

Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

10 Comments

  1. Maria do Carmo Bittencourt de Oliveira disse:

    Zagreb me surpreendeu. Esperava uma cidadezinha antiga com um centrinho antigo mas é muito mais que isso. Há inúmeros museus, alguns privados bem interessantes e outros com acervo de porte. As lojas e mercados são modernos e os preços para nós brasileiros, é tentador. Em todo lugar tem bistrôs e bares de vinho e queijo em mesinhas simpaticas ao ar-livre. A cidade é super limpa e o povo extremamente educado e disposto a ajudar. Andei muito de transporte público, fui na estação de trem, rodoviária e aeroporto, fui em lojas, em mercados e tive bastante contato com a população com meu inglês bem deficiente. A cidade longe do centrinho histórico é maravilhosa com largas avenidas , jardins cuidados e imensos e prédios modernos. O aeroporto é maravilhoso e novo. A rodoviária bem simplezinha, como uma rodoviári de interior e idem para a estação ferroviária mas tem tudo que precisa, menos wi-fi que não tem gratuita como em outras cidades turisticas.

  2. JOSÉ RICARDO DE CAMPOS RIBEIRO disse:

    Resposta para Adriana, acho vc deu foi azar ,pois fui muito bem tratado em todos os lugares que fui.

  3. Adriana disse:

    Olá!
    Os croatas com certeza são o povo mais escroto e mal educado que eu já vi. Só querem seu dinheiro! São incapazes e dizer bom dia, boa tarde, com licensa ou desculpa.
    Minha experiência em Split foi a pior: me sentei num degrau na frente da catedral no palácio Deocleciano e imediatamente veio um garçom do bar em frente perguntar se eu ia beber algo, eu disse que não e ele mandou eu sair dali. Eu me recusei pois é um lugar público e ele então se sentou em cima de mim e começou a me ofender. Jogou meu chapéu e mapa longe, me chamou de prostituta e que se eu não saísse dali ele ia me chutar. Procurei um policial ao redor e nada! Queria ser homem pra meter um murro na cara do FDP! Depois vi que não fui a única. Existem vários relatos parecidos no Google pra este lugar (Lvxor cafe Split).
    Outra experiência terrível foi com o parque Karka perto de Sibenik. Eles cobram 200 kunas de entrada (120 reais) por dia por pessoa mas não controlam a quantidade de visitantes. Depois que vc paga percebe que tem milhares de pessoas no lugar e, detalhe, você só pode entrar na água em um determinado local, que é pior que o piscinão de Ramos! Ah sim, vc paga 120 conto pra entrar mas não pode usar o banheiro, se quiser fazê-lo tem que pagar novamente!! Racinha desgraçada essa croata!!!!

  4. Luiz Cardoso disse:

    Gostei muito das dicas. Gostaria de saber, na sua opnião, quantos dias seriam o ideal em Zagreb?

  5. cirleia disse:

    BOA TARDE
    vc pode me dar dicas para as cidades de Zagrebe, Budapeste ,Praga, Viena e Bratislávia ?

    Irei em julho 15 a 29
    Obrigada
    Cirleia

  6. Vera disse:

    Gostei muito da forma como voce põe os principais lugares para se visitar.
    Estaremos em Zagreb no dia 17 de setembro, vindo de Belgrado e Ljubliana e ainda iremos a Dubrovnik.
    Acho que vamos gostar muito. Mandaremos notícias
    Vera e Otto Cerny

  7. Arquivo Mundo disse:

    A comparação entre as duas cidades estão muito boas, de fato, é bem isso mesmo.
    Entretanto, achei Split ainda mais cara que Dubrovnik, se isso for possível. haha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *