A 78Km de Belo Horizonte, no Circuito do Ouro, a cidade de Congonhas sedia um dos Patrimônios Culturais da Humanidade (título recebido em 1985): o Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos. O grande atrativo da cidade está neste complexo, que não exige mais de um dia para conhecê-lo. A dica é visitar o lugar quando estiver de passagem pelas cidades históricas, normalmente no caminho entre Ouro Preto e São João del Rei/Tiradentes.

Embora a Basílica, as capelas dos Passos e do Santíssimo, e a Sala dos Milagres sejam lindas, todos os olhos ali se voltam para os 12 Profetas esculpidos em pedra sabão, obra de Antônio Francisco Lisboa – o Aleijadinho.

A história do Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos está ligada a um suposto milagre. Tudo começou na metade do século XVIII quando o português Feliciano Mendes, um dos mineradores da época, contraiu uma grave doença e, graças às preces ao Senhor de Matosinhos, alcançou a cura. A partir daí, Feliciano passou a se dedicar inteiramente à construção de um santuário. As obras, que levaram quase 120 anos, continuaram mesmo após sua morte e deram origem a um patrimônio visitado por milhares de pessoas todos os anos.

Eu e meu amigo Adolf fizemos uma rápida passagem pela cidade durante nosso mochilão pelas Cidades Históricas de Minas Gerais. A parada foi rápida, já que foi durante a viagem entre Ouro Preto para minha cidade natal, São Vicente de Minas. Mas durou o suficiente para admirar o complexo e, principalmente, as obras do mestre Aleijadinho.

+ Saiba mais sobre Congonhas no Descubra Minas

+ Veja tudo das Cidades Históricas mineiras

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.

4 respostas

  1. Estou precisando de uma ajuda para montar um roteiro com 7 dias fazendo um roteiro pelas cidades históricas de Minas Gerais a começar por Belo Horizonte, onde vou ficar duas diárias e as outras quatros vou ficar em Ouro Preto devido serem as duas cidades com mais infraestruturas e proximidades das outras cidades históricas. Qual é a sua sugestão para eu montar o meu roteiro. Um abraço

    1. Oi Damião, tudo bem?
      Você então já está com todas as noites decididas? Se sim, uma pena, pois você talvez tenha que deixar Tiradentes de fora, já que um bate-volta de Ouro Preto pode ser bem cansativo (cerca de 2h em cada trecho). O ideal seria ficar ao menos uma noite lá.

      Mas de acordo com o que você falou, vale curtir BH nos dois primeiros dias (em um deles você pode até dar um pulo em Sabará, que é uma cidade histórica vizinha). No dia em que for para Ouro Preto, já pode combinar de visitar, no meio do caminho, o Inhotim. Com base em Ouro Preto, você pode visitar: Mariana, Congonhas e Lavras Novas. Caso queira fazer o bate-volta, dá também pra ir para São João del Rei e Tiradentes.

      Abraços e boa viagem

  2. Acho que o melhor de viajar de carro sem compromisso é isso. A gente decidiu de parar em Congonhas meio que por acaso, de repente. E pensar que a maioria das pessoas acha que Congonhas é só aeroporto. O mais legal é que antes de passar pela cidade, a gente conheceu de perto outras obras do Aleijadinho e acabamos deixando essa tão importante pro final. A única parte triste é estar tão perto e tão longe de BH hahaha! Mas um dia eu chego lá (literalmente). Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Reserve seu hotel aqui
Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.