Parque das Aves em Foz do Iguaçu: Como ir e o que esperar

Quando entramos no Parque das Aves, em Foz do Iguaçu, aquela sensação de que estamos em um local em que os animais estão presos já vai logo embora. A começar pelo fato de que 50% das aves que estão ali foram resgatadas do tráfico e, provavelmente, possuem alguma sequela, e 43% nasceram no próprio parque.

Ao todo são mais de 1300 aves de 143 espécies em uma área de 16,5 hectares de Mata Atlântica. A história do parque começou em 1993, quando a família Croukamp, que morava na Namíbia, ganhou um papagaio e se apaixonou por aves. Tempos depois eles se mudaram para o Brasil e decidiram criar o Parque das Aves.

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Reserve seu hotel em Foz com até 50% de desconto

Localizado do lado do Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as Cataratas, o parque possui flamingos, papagaios, corujas, tucanos, harpias, araras, urubus, gaviões, cobras, jacarés, tartarugas e muito mais.

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

As grandes atrações do Parque das Aves são os viveiros, que nos fazem realmente conviver com os animais. No Viveiro Pantanal, há tucanos e garças. No Viveiro Floresta, os tucanos convivem com sabiás e gralhas. Há ainda o maior viveiro do mundo especializado em araras e um borboletário cheio de borboletas e beija-flores.

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

No passeio, ainda é possível descobrir curiosidades, como a presença de um espelho bem grande para que os flamingos tenham a sensação de que há mais animais do que realmente tem no local onde eles ficam.

Andar pelo parque já é uma atração, já que as trilhas são cheias de árvores lindas. Entre um passo e outro, é possível encontrar jacarés, tartarugas, jiboias e até sucuri. Dá ainda para tirar uma foto com uma arara na mão no final das atrações.

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Saí de lá com a sensação de que aquelas aves estão sendo muito bem tratadas para que haja preservação de espécies e recuperação de animais que foram traficados. Tudo isso num ambiente com o mínimo de intervenção humana e o máximo de cuidados.

Vale a pena incluir o Parque das Aves  no roteiro de viagem para Foz do Iguaçu, inclusive para quem estiver com crianças. Aliás, quem estiver acompanhado dos pequenos já saiba que no fim do passeio há uma lojinha que deixa qualquer criança louca.

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

Parque das Aves (Foto: Esse Mundo é Nosso)

+ Veja todos os posts de Foz do Iguaçu
+ Saiba como é a visita noturna às cataratas
+ Onde ficar em Foz: Dicas de hotéis recomendados

PARQUE DAS AVES EM FOZ DO IGUAÇU

Av. das Cataratas, KM 17.1 – Foz do Iguaçu (PR)
Todos os dias | 8h30 – 17h
Cheque os preços no site oficial
Telefone: (45) 3529-8282
Site oficial

* Os jornalistas viajaram a convite do Cataratas do Iguaçu S.A., mas todas as opiniões dadas aqui são pessoais e isentas.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

4 Comments

  1. Adolfo disse:

    Oi, Diogo.

    Obrigado pelo comentário.

    Acredite que dê tempo sim. O aeroporto já é caminho é mais próximo das cataratas e do Parque das Aves do que a cidade. Então, isso já é um bom sinal.

    No próprio parque, pra chegar até as Cataratas demora quase 1h porque tem regras de limite de velocidade para os próprios ônibus que circulam lá dentro. Então, vale você se informar lá na porta pra saber quanto tempo você demoraria para ir e voltar e ficar um pouquinho lá contemplando a natureza.

    Como o Parque das Aves fica bem próximo às Cataratas, você consegue decidir na hora em qual dos dois você pode ir.

    Espero ter ajudado.

    Adolfo

  2. Diogo disse:

    Boa noite. Muito obrigado pelo texto, muito informativo.
    Eu e minha namorada vamos fazer uma escala em Iguaçu, no dia 15 de setembro. Nosso voo chega às 11:55 e o próximo sai às 19:00. Gostaria de saber, por gentileza, se com esse tempo (aproximadamente 6 horas) a gente consegue visitar as cataratas, mesmo que rapidamente. Ou se vale a pena visitar apenas o parque das aves.
    Muito obrigado.

  3. Vagner de Souza disse:

    Visitei Foz agora em janeiro (2018). Fui ao parque das aves e percebi um borboletário quase deserto. Além disto, para quem visita com o intuito de tirar fotos com as araras mansas no braço, fique ciente de que não há mais esta possibilidade, o que frustrou a mim e outras pessoas que lá estavam. Seria bom deixar bem claro isto, já que muitos vão até lá com este intuito.

  4. Thiago disse:

    Achei muito caro R $40,00 por pessoa comparado com os outros pontos turisticos de Foz, como cataratas e usina. Nao recomendo nesse valor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *