Por que é tão importante conhecer pessoas quando viajamos

A vida é uma rotina. Não temos como fugir disso. Acordamos, trabalhamos, almoçamos, trabalhamos mais, jantamos e dormimos. Mais ou menos assim todos os dias. E é assim pra quase todo mundo. E nessa rotina acabamos convivendo sempre com as mesmas pessoas.

Os mesmos papinhos na mesa do bar com os colegas de trabalho, de faculdade, amigos de infância. Pessoas que, por algum motivo, têm certa relação com a gente e que, muito provavelmente, compartilham de muitas das nossas convicções e ideias.

Por que é tão importante conhecer pessoas quando viajamos (Foto via Shutterstock)

Foto via Shutterstock

A vida é assim. A gente vai crescendo e vai separando quem quer como amigos e quem não quer. Quem se parece com você e quem é totalmente o oposto. No trabalho e nos grupos de faculdade, por exemplo, ainda somos obrigados a dividir espaço com pessoas que certamente não entrariam na nossa listinha. Mas nos dias de folga e de lazer acabamos sempre com os mesmos.

E isso é normal, claro. Queremos estar com quem gostamos. Mas, muitas vezes, isso acaba nos limitando. Porque quase sempre os assuntos serão os mesmos, o círculo social também. Falaremos do dia a dia parecido que levamos, de amores, do chefe e mal de muita gente em comum.

Por que é tão importante conhecer pessoas quando viajamos (Foto via Shutterstock)

Foto via Shutterstock

Por isso que conhecer pessoas quando viajamos é tão importante. Porque quando estamos longe da nossa zona de conforto, do nosso feijão com arroz, somos obrigados a ouvir e falar com gente que não sabemos os gostos e que, às vezes, pelo jeito de se vestir já dá para ver que não tem nada a ver com a gente.

Não precisamos forçar uma amizade em uma viagem. Mas precisamos ouvir e conhecer. Estar abertos para o novo. E isso é muito enriquecedor. Os assuntos vão ser muito mais interessantes do que falar mal do chefe ou de alguém que você conhece. A troca será rica de verdade. Assim, dá para descobrir novas realidades, novas culturas, novas formas de pensar.

Não é necessário concordar com tudo que a pessoa estiver falando. Nem discordar sempre que for contrariado. Apenas deixar ouvir e ser ouvido. Poder se permitir a conhecer outras realidades. Aliás, muitas vezes você conhecerá pessoas que entrariam, ou que até entrarão, naquela listinha de preferidos.

Por que é tão importante conhecer pessoas quando viajamos (Foto via Shutterstock)

Foto via Shutterstock

De qualquer forma, não importa se estas pessoas estarão com você depois do desembarque na sua cidade. O que vale é a transformação, por menor que seja, que elas terão feito em você. Um pedacinho de cada uma delas estará para sempre na sua rotina. Além de que os assuntos com os seus amigos do dia a dia ficarão muito mais interessantes quando você contar sobre as pessoas que passaram pela sua vida enquanto viajava.

+ Como passei a comprar menos para viajar mais
+ Quanto custa a sua felicidade? Ela tem preço?
+ Podem tirar tudo de mim, menos as viagens que eu fiz

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

Adolfo Nomelini

Jornalista formado pela PUC-SP e pós graduado em Comunicação em Mídias Digitais, é apaixonado por música, coxinha, televisão, seus óculos e internet. Trabalha há 8 anos com conteúdo online e passa boa parte do tempo "jogando o corpo no mundo, andando por todos os cantos e, pela lei natural dos encontros, deixando e recebendo um tanto".

1 Comment

  1. Patri Costa disse:

    Você encontra algumas agência sim que fazem o roteiro pelas Cidades Históricas? obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *