Quando li a dica do Ricardo Freire sobre ser melhor ficar hospedado em Puerto Iguazu, do lado argentino da Tríplice Fronteira, não imaginava que seria tão verdade. Depois de um dia em Foz do Iguaçu, já deu pra perceber que a cidade era grandona e não muito amistosa para ficar rodando a pé…

Foi por isso que, depois de um dia em Foz do Iguaçu, logo pela manhã, eu e Adolf pegamos um dos vários circulares que cruzam a fronteira (R$3 ou $5 pesos) e nos mandamos para a “fofura empoeirada”, uma descrição que li num blog e faz jus a Puerto.

+ Consulte os horários dos ônibus entre Foz e Puerto Iguazu

Foz do Iguaçu - Puerto Iguazú
Ônibus que liga Foz do Iguaçu a Puerto Iguazú

Ficamos hospedados no Che Legarto Hostel (US$60 diária para 2 solteiros em quarto privativo com banheiro), que tem uma ótima localização, café da manhã, bar e ótimos serviços. Mal chegamos à recepção e já garantimos nossos passeios para o dia seguinte nas cataratas. Mas isso conto mais pra frente!

Puerto Iguazú
Che Lagarto Puerto Iguazú

Mercado de Puerto Iguazu

Puerto Iguazú
Mercado de Puerto Iguazú

 

Como estávamos com fome e sem 1 peso no bolso, saímos em busca de dinheiro e comida, e logo de longe já “farejamos” o Mercado de Puerto Iguazu. Não é bem um mercado, pois são barracas a céu aberto, mas vale muito a visita para quem gosta de queijos, salames, azeitonas e outros pratos de acepipes a partir de R$15. Ah, a moeda não foi problema, eles aceitam qualquer coisa, seja real, peso ou dólares. Muito gostoso sentar em uma das mesinhas na rua, pedir uma Budweiser gelada e escolher a dedo o que comer…

Rodando pela cidade

Puerto Iguazu
Máquina de água quente

O Terminal Urbano de Ônibus, no centro da cidade, é o ponto referência em Puerto Iguazu e perto dele ficam os melhores bares, restaurantes, lojas e, claro, os cassinos.

Aproveitamos a tarde para andar, andar e andar. Uma questão de reconhecer o território!

Foi então que coisas curiosas começaram a aparecer, como uma máquina de água quente para o chimarrão. Basta colocar uma moedinha de $1 peso…

Pelas ruas, muito bom entrar nas típicas lojinhas de conveniência argentinas e comprar cerveja, doces, balas. Seja o que for, eles vendem!

Puerto Iguazu
Casino de Puerto Iguazu

Hito Tres Fronteras

Marco Três Fronteiras
Marco Três Fronteiras

Alguns falam que visitar o Hito Tres Fronteras ou Marco Três Fronteiras não é um programa válido, mas é muito interessante você ver realmente onde está a tal Tríplice Fronteira. Na foto abaixo estamos na Argentina, com Paraguai à esquerda e o Brasil à nossa direita. Pra quem gosta de caminhar, dá pra ir a pé.

Puerto Iguazu
Marco Três Fronteiras

Casinos

Puerto Iguazu tem 3 cassinos. Um de luxo, um em um hotel e outro no centro. Depois de muita cerveja e ping pong no hostel, nós escolhemos terminar a noite no Casino Café Central, que não cobra pra entrar e, bem diferente de um outro que fui no Chile, tem jogadas a partir de $0,25, ou seja, R$0,13. Não é permitido tirar fotos, mas driblamos!

Puerto Iguazu
Casino em Puerto Iguazu
Puerto Iguazu
Casino em Puerto Iguazu

[slideshow]

Sobre o Autor
Rafael Carvalho
Mineiro fã de frango com quiabo e de uma boa cerveja, mora atualmente em São Paulo. É formado em Rádio e TV, pós-graduado em Jornalismo e trabalha há mais de 12 anos com Conteúdo Digital. Já passou por empresas como SBT e Jovem Pan FM. Apaixonado por viagens, fundou o Esse Mundo É Nosso e roda o Brasil e o mundo o ano todo sempre em busca de dicas para serem compartilhadas.
0 resposta
  1. Oie rafa, estou querendo ir à Argentina no mês 11.gostaria q tu mim indicasse um hotel baratinho,pois vai eu meu filho de 16 anos meu irmão e a esposa.queremos dividir o msm quarto.indica pra mim querido.

  2. Alguém é capaz de me ajudar, por favor
    Ola!! Gostava de ir a Foz do Iguaçu e depois dar um pulinho ate Argentina…..
    Como ter informação atualizada do Che Legarto Hostel, já pesquizei na net e consta que esta fechado, qual será o valor do ónibus hoje (2015)… abraços

  3. Eu fui pra Puerto Iguazú em 2010 e fiquei hospedada em Foz no Hotel Rouver, área central (R$ 50,00 a diária, recomendadíssimo). Lá no Hotel me falaram da tal feirinha em Puerto Iguazú, mercado, de queijos, salames, vinhos e azeitonas. Vou expressar minha opinião, pois vivemos em um país democrático, ninguém precisa concordar ou não. Não sou daquele tipo nojentinha que torçe o nariz pra qqer coisa, pelo contrário, sou do povo e adoro experimentar! Só que nesse caso a impressão foi a pior possível. Eu e minha mãe fomos no dito mercado e fiquei com trauma de comer azeitona que tanto gosto. Motivo: a falta de higiene! Nunca senti tanto nojo ao ver comida na minha frente. O mercado é um corredor escuro, de chão batido, com crianças comendo em pratos sujos no chão. As azeitonas em barris, com salame, aquele salame já branco do sal, Deus me livre! As únicas coisas legais que me lembro e que adorei foram o refrigerante de pomelo, os alfajores e o povo de lá, a maioria simpática e receptiva! mas a dita feira: quero distância, decepção total! A cidade estava vazia, tvz por ser depois do almoço, quando eles fazem a siesta. É legal visitar lugares diferentes, pois vc amplia sua visão de mundo e passa a dar valor as pequenas coisas que tem em sua cidade! Mas, valeu a experiência!

    1. Eu lembro das picadas que comemos ali… rsrsrs… Nem me importei não. Aliás, o que fez passar mal foram os alfajores… kkkk… Meus meninos comeram muito e um deles ficou com dor de barriga de tanto comer alfajor. E é claro, as famosas empanadas…. Comemos muito também. Uma curiosidade é que os motoristas de táxi jogavam xadrez enquanto esperavam os passageiros. Achei o máximo. Meu filho Dedé jogou com um deles. Perdeu uma e depois ganhou outra. Super curti Puerto Iguazu. To com um blog novo contando minhas experiências de mãe mochileira: maemochileira.blogspot.com.br

  4. Estou indo p. Puerto Iguazú, infelizmente não a passeio, por isso
    estou vendo tudo o que encontro sobre a cidade.
    Valeu pelas dicas.
    Darcilene

  5. Olá!!!
    Estou indo pra Foz com uma amiga em agosto e pretendo fazer exatamente isso… passar algumas noites em Puerto! Mas estou preocupada com a moeda… Tem casas de câmbio confiáveis no centro de Puerto?

    Obrigada! E muito bom todos os seus relatos…estou adorando cada um deles.

    Abraços.

    1. Olá, Diana! Muito obrigado pela visita!
      Você vai adorar a região da Tríplice Fronteira, me surpreendi muito! Você não terá dificuldades para trocar dinheiro em Puerto Iguazu. Existem casas de câmbio e eles também aceitam real e dólar. Eu costumo sacar na moeda local direto da minha conta corrente (não tem aquelas taxas exorbitantes dos cartões de créditos). Basta você olhar com o seu banco para liberar o seu cartão, ver a taxa que eles cobram e sacar em qualquer banco do lugar que você for visitar. Neste caso, você já saca em pesos argentinos.
      Abraços, boa viagem e, qualquer dúvida, é só falar!

  6. ola amigo tudo bem adorei seu relato sobre a argentina se tiver mais fotos,e puder mandar agradeço tive na entrada da argentina e nao entrei mas quero voltar em abril 2011.q cidade vcs sao. abraços feliz natal e prospero ano novo.aguardo resposta

  7. Pode não parecer, mas como poucos quilômetros fazem tanta diferença, né? E a gente já sentiu isso dentro do próprio ônibus. Mas eu percebi mesmo que a gente estava na Argentina qdo li a placa da obra da presidente Cristina Fernández de Kirchner. E pouco depois qdo vi um lugar que vendia Empanadas hahaha. Isso sem contar que por sorte descemos bem em frente ao albergue. "Será que o ônibus não passa perto do albergue?". "É na av. Brasil". "Onde será que é?". "Calma! Acho que é aqui! Vamos desceerrrr!" hahaha. E o elevador doido com defeito que parecia cenário de filme de terror? E lendo isso de "Mal chegamos à recepção e já garantimos nossos passeios para o dia seguinte nas cataratas", fiquei com saudade! Lembrei da gente chegando no quarto cheio de papéis, animados, pensando no passeio, ligando a tv, jogando a mochila e indo andar pela rua. A primeira parada foi na loja do lado, cheeeeia de coisa boa de comer e beber. Mal sabíamos que em breve chegaríamos ao paraíso dos queijos, azeitonas e cerveja, e que as TVs estariam ligadas no Domingo Legal. Lembra do copo sujo de batom e cheio de pó? E a mulher que deu um preço e dps quis cobrar a mais? FDP! Andar pela cidade foi muito bom! Ainda bem que nós dois gostamos disso. Andamos, andamos, andamos. Conhecemos a cidade toda, bebemos, comemos chocolate, sua perna até sangrou hahaha, procuramos banheiro e fomos parar na rodoviária. Depois descobrimos que a rodoviária era do lado do hostel, mas demos tanta volta para chegar nela pela primeira vez. E as fotos na Triplice Fronteira? Deixamos a câmera atrás e viramos hahaha! Fora a briga com a vendedora "Mal educado é você que nem dá boa tarde" ahahaha. E exautos, ainda paramos no bar para conversar, haja assunto né, companheiro? E o ping pong foi mais um momento sensacional… No cassino, vários momentos impagáveis! "Adolf, tô rico" hahahaha! "RAFAEL, a gente não vai tirar outra foto". O segurança: Vcs tiraram foto? Eu: NÃÃÃO! Segurança: Nem com o celular? Eu: Não! Você: Não! Não! Só to arrumando a meia hahahahahhaa! Mal sabíamos que a diversão só tava começando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Melhor preço para Seguro Viagem

Sobre Nós
Rafael Carvalho

Somos Adolfo Nomelini e Rafael Carvalho, dois jornalistas que trabalham com conteúdo digital há mais de 10 anos. Aqui você encontra nossas dicas de viagens pelo Brasil e o mundo.